dcsimg

O que é o ProUni?

O ProUni oferece bolsas de estudo em faculdades particulares. Entenda como funciona o programa e descubra se você pode participar!

prouni_small

ProUni – Programa Universidade para Todos

O Programa Universidade para Todos  (ProUni) é uma iniciativa do governo Brasileiro que oferece bolsas de estudos em faculdades particulares para estudantes de baixa renda que ainda não tenham um diploma de nível superior.

Para muitos, o ProUni é a única oportunidade de fazer uma graduação para um diploma de nível superior e assim poder competir no mercado de trabalho.

As bolsas do ProUni podem ser de dois tipos, dependendo da renda do candidato:

  • Bolsas integrais: são de 100%, cobrindo o valor total das mensalidades. Ou seja, o aluno não paga nada para estudar na faculdade particular. Esse tipo de bolsa é reservado para quem tem renda familiar mensal de até um salário e meio por pessoa.
  • Bolsas parciais: são de 50%, cobrindo a metade do valor das mensalidades. A outra metade deve ser paga pelo estudante, que pode conciliar a bolsa parcial com o programa de Financiamento Estudantil do Governo Federal, o FIES (é preciso atender alguns requisitos para usar os dois benefícios juntos). Esse tipo de bolsa é para quem renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa.

O ProUni classifica os candidatos a uma bolsa usando como critério o desempenho dos candidatos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Quanto maior a nota do Enem, maiores as chances de conseguir uma bolsa.

As inscrições são abertas duas vezes por ano, no primeiro e no segundo semestre. Os interessados devem se inscrever gratuitamente pela Internet, no site oficial do Programa.

Quem pode se inscrever no ProUni?

Para participar do ProUni, é necessário ter feito a edição do Enem do ano imediatamente anterior (ou seja, a edição mais recente), não ter diploma superior e ter renda familiar mensal de até três salários mínimos por pessoa.

O ProUni exige um desempenho mínimo no Enem: pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação.

Além desses critérios, o candidato precisa se encaixar em um destes perfis:

  • Perfil 1: Ter cursado o ensino médio inteiramente em escolas públicas.
  • Perfil 2: Ter cursado o ensino médio inteiramente em escolas particulares com bolsa integral.
  • Perfil 3: Ter cursado parte do ensino médio em escolas públicas e parte do ensino médio em escolas particulares como bolsista integral.
  • Perfil 4: Ser portador de necessidades especiais.
  • Perfil 5: Ser professor contratado de escola pública, neste caso o professor pode concorrer a bolsas nos cursos de licenciatura, normal superior ou então pedagogia. No caso dos professores, o critério de renda não é considerado (pode ganhar mais de 3 salários mínimos).

Como é feita a inscrição para o ProUni

As inscrições do ProUni devem feitas somente pela internet, acessando o  site oficial do ProUni.

Para poder efetuar seu cadastro, você deverá informar o seu número de inscrição e senha do Enem do ano imediatamente anterior (edição mais recente do Enem). Em seguida, basta preencher as informações solicitadas e escolher duas opções de curso entre as vagas disponíveis.

Como funciona o ProUni

Enquanto as inscrições estiverem abertas, você pode entrar no sistema quantas vezes quiser para consultar as notas de corte e modificar suas opções de curso, se quiser. A nota de corte é a menor nota possível para conseguir uma vaga do ProUni em determinado curso, turno, faculdade e modalidade de concorrência.

Quando o prazo das inscrições é encerrado, o sistema do ProUni faz o cálculo e seleciona os candidatos com as melhores notas do Enem concorrendo a uma mesma vaga. O resultado sai em poucos dias.

O candidato selecionado pelo ProUni tem alguns dias para fazer sua matrícula na faculdade, levando toda a documentação necessária. Quem não faz a matrícula, perde a vaga. São pelo menos duas chamadas e, caso as vagas não sejam todas preenchidas, o ProUni abre um processo de “Bolsas Remanescentes”. Dessa forma, se você não passar na primeira ou segunda chamada, ainda pode ter uma chance de conseguir a bolsa.

O aluno beneficiado por uma bolsa integral do ProUni não precisa pagar a faculdade. Já aqueles que recebem bolsas parciais (50%) precisam pagar a outra metade das mensalidades para continuar a receber o benefício.

Universidades que participam do ProUni

São milhares de faculdades particulares de todas as regiões do Brasil que oferecem vagas pelo ProUni. Todas elas são reconhecidas pelo MEC e precisam ter avaliação positiva para entrar no Programa. O número de vagas e de faculdades varia a cada edição do ProUni e você pode consultar todos os cursos e universidades participantes na época das inscrições, no site do ProUni.

Conheça algumas das principais faculdades particulares reconhecidas pelo MEC que participam do ProUni:

Veja também:

O que é Sisu?

Você vai tentar uma bolsa do ProUni? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin