dcsimg

Quando começam as inscrições pro Enem 2016?

Quando começam as inscrições pro Enem 2016?

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), quem diria, já não é apenas uma prova que avalia a qualidade da educação brasileira, objetivo principal de quando foi criado. O Exame cresceu, passou por uma bela reformulação em 2009 e hoje é uma importante porta de acesso para o ensino superior.

Por isso, se você está pensando em fazer uma faculdade para turbinar sua carreira, vale muito a pena participar do Enem em 2016. Ao contrário do que muita gente pensa, o Exame não é só para quem está concluindo o ensino médio. Qualquer pessoa pode fazer a prova para tentar uma vaga em universidades públicas e privadas de todo o País, ganhar uma bolsa de estudos, conseguir financiamento estudantil a juros baixos e até obter o certificado de conclusão do ensino médio.

O Ministério da Educação (MEC) divulgou as datas do Enem deste ano e é bom ficar de olho no cronograma para não perder essa oportunidade.

Confira quando começam as inscrições do Enem 2016, quais as principais datas do Exame, quem pode participar e como usar o desempenho dessa prova para dar uma guinada na vida profissional!

Quando abrem as inscrições para o Enem 2016?

As inscrições para o Enem 2016 começam às 10h de 9 de maio e vão até as 23h59 do dia 20 de maio. O período total é de 11 dias, mas isso não significa que você deva deixar para a última hora. O melhor mesmo é se organizar e fazer a sua inscrição logo nos primeiros dias.

Quem pode fazer o Enem 2016?

O Enem não é restrito a estudantes do ensino médio e nem tem limite de renda ou de idade para participar. De maneira geral, qualquer pessoa que queira prestar a prova pode se inscrever.

A organização do Enem prevê atendimento especializado para:

  • Idosos
  • “Sabatistas” (guardadores de sábado por motivos religiosos)
  • Grávidas
  • Lactantes (mães que estejam amamentando)

Deficientes também podem fazer o Enem. São várias as condições previstas no edital do Exame. Conheça algumas:

  • Autismo
  • Baixa visão
  • Cegueira
  • Deficiência auditiva
  • Deficiência física
  • Deficiência intelectual (mental)
  • Déficit de atenção
  • Discalculia
  • Dislexia
  • Surdez
  • Surdocegueira
  • Outras condições especiais

Caso você precise de atendimento especializado, é muito importante marcar essa opção quando se inscrever no Enem. Dependendo da condição do participante, o atendimento pode incluir:

  • Tradutor/intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras)
  • Sala de fácil acesso
  • Prova em braile
  • Prova com letra super ampliada (fonte de tamanho 24 e com figuras ampliadas)
  • Prova com letra ampliada (fonte de tamanho 18 e com figuras ampliadas)
  • Mobiliário acessível
  • Leitura labial
  • Guia/intérprete para pessoa com surdo cegueira
  • Auxílio para transcrição
  • Auxílio para leitura

Pessoas que estiverem cumprindo algum tipo de pena privativa de liberdade (em cadeias, penitenciárias, casas de detenção, etc.) também podem fazer o Enem 2016. O Exame tem um edital à parte e as provas acontecem em dias diferentes do Enem principal.

Como fazer a inscrição para o Enem 2016?

A inscrição do Enem não tem mistério. Basta usar um computador conectado à internet e seguir o passo a passo:

  1. Acessar o site oficial do Enem.
  2. Digitar seu CPF, informar os dados pessoais solicitados e preencher algumas informações sobre a escola onde você vai concluir o ensino médio (caso ainda esteja matriculado).
  3. Escolher, na lista de municípios, onde prefere fazer o Enem. Escolha um local de prova próximo a você.
  4. Indicar, se for o caso, se você precisará de algum tipo de atendimento especial, se fará o Exame na condição de sabatista e se vai usar o Enem para obter o certificado do ensino médio.
  5. Confirmar o cadastro.

Após a confirmação do cadastro, você deve imprimir o boleto para pagamento da taxa de inscrição, caso não se enquadre nas categorias de isenção da taxa (saiba mais a seguir).

Quanto custa a inscrição do Enem 2016?

A taxa de inscrição do Enem 2016 é de R$ 68,00. Você terá até o dia 25 de maio para fazer o pagamento do boleto em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos Correios de todo o Brasil. Não marque bobeira! Assim que confirmar seu cadastro, imprima o boleto e pague a taxa o quanto antes para não correr o risco de perder o prazo. Só poderá fazer a prova do Enem quem estiver em dia com essa obrigação.

O Enem prevê isenção da taxa de inscrição para dois casos bem específicos:

  • Participantes de baixa renda: devem solicitar a isenção da taxa no momento da inscrição. É obrigatório ter feito todo o ensino médio em escola pública (ou em escola privada como bolsista integral) e ter renda familiar mensal de no máximo um salário mínimo e meio por pessoa. A isenção de pagamento da taxa de inscrição do Enem por motivos financeiros não é automática. É necessário preencher o formulário de carência socioeconômica, disponível na página de inscrição do Enem. A instituição organizadora, o Inep, não exige o envio de documentos para comprovar renda no ato da inscrição, mas poderá pedir comprovantes em outro momento.
  • Estudantes de escolas públicas: quem estiver concluindo o ensino médio em uma escola pública devidamente declarada ao Censo Escolar da Educação Básica está automaticamente isento do pagamento da taxa de inscrição do Enem. Não é necessário solicitar a isenção, basta informar os dados da escola no ato da inscrição.

É importante lembrar que candidatos isentos da taxa no ano anterior que não compareceram ao Exame terão que pagar a inscrição caso queiram fazer o Enem 2016.

Como usar o Enem para obter o certificado do ensino médio?

Não é segredo para ninguém que no Brasil quanto maior for o seu nível de escolaridade, maiores as chances de progredir na carreira e conquistar melhores salários.

Quem parou de estudar por algum motivo e não pretende se matricular de novo em uma escola regular de ensino médio pode usar o Enem 2016 para comprovar que conhece os conteúdos cobrados nessa etapa da educação, obtendo assim o certificado de conclusão do ensino médio.

Veja como fazer:

  1. Você precisará ter 18 anos ou mais até a data da primeira prova do Enem 2016.
  2. É obrigatório marcar a opção de obter o certificado do ensino médio na hora de se inscrever para o Enem. Assinale também em qual Instituição Certificadora você irá buscar seu documento, caso cumpra os demais requisitos.
  3. Seu desempenho no Enem 2016 precisará ser de pelo menos 450 pontos em cada uma das provas objetivas (Linguagens e Códigos, Matemática, Ciências Humanas e Ciências da Natureza) e 500 pontos na redação.

Quando será a prova do Enem 2016?

Em 2016, as provas do Enem acontecem nos dias 5 e 6 de novembro (sábado e domingo).

No primeiro dia os participantes respondem 90 questões de Ciências Humanas e Ciências da Natureza. No segundo, 90 questões de Linguagens e Códigos e Matemática, além da redação.

Universidades que aceitam o Enem 2016

Vai fazer o Enem 2016 para turbinar a carreira? Então saiba que o número de universidades públicas e privadas que aceitam o desempenho no Exame não para de crescer!

Nas públicas, a nota do Exame é usada para classificar candidatos a vagas em cursos superiores de todo o Brasil por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Nas particulares, é possível participar de dois programas do Governo Federal de acesso ao ensino superior voltados a pessoas de baixa renda:

  • Programa Universidade para Todos (ProUni): oferece bolsas de estudos parciais e integrais em faculdades privadas bem avaliadas pelo MEC.
  • FIES: financiamento estudantil a juros baixos e prazo longo para pagamento da dívida.

Conheça algumas faculdades que aceitam a nota do Enem:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Descubra se vale a pena fazer Enem para turbinar a carreira

Vai fazer o Enem em 2016 para conquistar novos horizontes em sua carreira? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin