dcsimg

Tem FIES para Odontologia? Descubra

Sonha em fazer Odontologia mas está sem grana para pagar a faculdade? Confira agora mesmo se você pode tentar um financiamento do FIES!

O FIES é um financiamento do governo federal que ajuda o estudante a pagar a mensalidade da faculdade particular. Os juros são baixos e o prazo para pagar a dívida pode ser estendido por vários anos.

O programa só vale para cursos presenciais (aqueles tradicionais, em que o aluno precisa comparecer à faculdade de segunda a sexta, em horários fixos). Entre eles está o de Odontologia.

Só que conseguir o FIES para Odontologia exige do candidato uma alta pontuação no Enem. É preciso se preparar bastante, mas o esforço vale a pena: os profissionais da área contam com um bom mercado de trabalho e salários para lá de interessantes.

Descubra como conseguir o financiamento do FIES para o curso de Odontologia, quais são as notas de corte, quando se inscrever e em quais faculdades reconhecidas pelo MEC você pode estudar com a ajuda do financiamento!

É possível financiar um curso de Odontologia pelo FIES?

Sim, é totalmente possível financiar um curso de Odontologia pelo FIES. Muitas faculdades participantes do programa oferecem essa carreira, em todas as regiões do Brasil.

Odontologia, aliás, está entre os cursos mais procurados pelos estudantes em qualquer processo seletivo – não apenas o FIES, mas também o vestibular e outros programas do governo, como o ProUni (que oferece bolsas de estudos) e o Sisu (que oferece vagas em universidades públicas).

A consequência disso é que a nota de corte é alta: para conseguir uma vaga do FIES em Odontologia é necessário ter obtido uma boa pontuação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Explicaremos melhor esse assunto a seguir.

Que nota preciso tirar no Enem para conseguir FIES em Odontologia?

Um dos requisitos para se inscrever no processo seletivo do FIES é ter conseguido pelo menos 450 pontos na média das provas do Enem, sem ter zerado a redação. Porém, em cursos mais concorridos essa pontuação mínima não é suficiente para garantir vaga. É o caso da Odontologia.

As notas de corte de Odontologia costumam ser bem mais altas do que 450. Isso porque a procura é alta, com candidatos que apresentam alto desempenho no Enem. Além disso, as vagas para Odontologia não são assim tão numerosas.

Juntando esses fatores, o que vemos em edições mais recentes do FIES é que as notas de corte de Odontologia podem facilmente disparar para mais de 600 pontos. Mas esse é apenas um valor de referência.

Antes da abertura das inscrições no FIES não é possível determinar a nota de corte, já que a pontuação exata depende, como já dissemos, da quantidade de vagas, do número de inscritos e das notas que eles obtiveram no Enem.

Além disso, as notas de corte vão variando dia a dia, conforme as inscrições ocorrem. Os candidatos podem acompanhar essa variação no site do FIES durante o período em que o processo seletivo ainda estiver aberto. O cálculo das notas de corte parciais é feito pelo sistema em tempo real, para que os estudantes possam direcionar melhor suas opções segundo a nota obtida no Enem.

Quando se inscrever no FIES para Odontologia?

É possível se inscrever no FIES duas vezes ao ano. As inscrições costumam acontecer no início de cada semestre letivo, e o estudante tem que ser rápido, já que o período de abertura é de poucos dias.

A dica é: fique de olho no calendário dos grandes processos seletivos nacionais. O FIES costuma abrir inscrições logo após a divulgação do resultado do ProUni.

Quem pode pedir o FIES para Odontologia?

O FIES trabalha com dois requisitos essenciais para que o interessado possa pedir o financiamento: a renda familiar e a nota do Enem.

A pontuação no Enem, conforme já comentamos, não pode ser menor do que 450 na média geral das provas e o estudante não pode ter tirado zero na redação. Servem as notas de edições passadas do Exame, a partir de 2010.

O outro critério é a renda familiar bruta mensal, que não pode ultrapassar cinco salários mínimos por pessoa.

Faculdades de Odontologia que aceitam FIES

O FIES conta com centenas de faculdades participantes em todo o Brasil. Mas o número das que oferecem Odontologia é mais reduzido, já que esse curso exige uma grande infraestrutura de materiais, laboratórios, clínicas-escola, etc.

A vantagem é que todas as instituições que aceita o FIES passam antes pela avaliação do Ministério da Educação (MEC), que só permite entrarem no programa aquelas que tiverem bom nível de qualidade de ensino. Isso já garante uma formação de qualidade para você poder exercer a profissão!

Veja a seguir uma pequena relação que separamos com algumas instituições que participam do FIES e tradicionalmente oferecem o curso de Odontologia. Lembramos apenas que a lista de faculdades pode sofrer alterações a cada edição do programa. A relação definitiva mesmo só é divulgada quando as inscrições são abertas.

Veja também:

Conheça os cursos de Odontologia mais baratos do Brasil

E aí, ficou animado para pedir o FIES em Odontologia? Acha que tem boas chances? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin