dcsimg

Descubra qual é o valor para fazer sua inscrição no ENEM 2017

A taxa de inscrição está mais alta esse ano, mas fazer o Enem ainda traz muitas vantagens. Confira tudo aqui!

O Ministério da Educação (MEC) finalmente publicou o documento mais esperado do ano: o edital do Enem 2017! Agora todo mundo já pode saber quando acontecem as provas, as mudanças que foram implementadas no Exame e os procedimentos de inscrição.

E por falar em inscrição, você já sabe quanto vai custar o Enem deste ano? Se ainda não, nós adiantamos uma informação: está bem mais caro que no ano passado, infelizmente.

Descubra a seguir quanto será necessário investir para fazer o Enem este ano e se você se encaixa nos critérios para pedir isenção do valor!

Valor da inscrição do Enem 2017

Vamos lá, respire fundo e encare: este ano a taxa de inscrição do Enem subiu bastante em relação a 2016. Para participar será preciso desembolsar nada menos que R$ 82!

Sim, é um aumento de quase 20% em comparação com o ano passado. Para muita gente, é um montante difícil de encarar.

Além de tudo, a taxa precisa ser paga à vista, sem qualquer possibilidade de parcelamento ou descontos.

O valor da inscrição, segundo o MEC, cobre apenas uma parte dos custos de aplicar um exame nacional do porte do Enem.

Sem falar que grande parte dos candidatos, cerca de 70% do total, são isentos do pagamento.

Onde e como pagar o valor da inscrição do Enem 2017

O boleto com a taxa de inscrição aparece para o candidato assim que ele finaliza a inscrição no Enem.

É preciso informar todos os dados solicitados, escolher o idioma da prova de língua estrangeira e indicar se precisa de atendimento especial. O sistema gera automaticamente a Guia de Recolhimento da União (GRU) nominal, com o valor a ser pago.

O candidato deve baixar e imprimir o boleto. Depois é só levar a qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência dos correios para efetuar o pagamento.

O prazo para pagar a inscrição do Enem 2017 vai até o dia 24 de maio. O MEC não vai conceder prazo extra.

Depois que o pagamento é processado pelo banco, a inscrição do candidato é efetivada. Ele pode acompanhar todo o processo pela página do participante do Enem.

Isenção da taxa do Enem 2017

Mesmo com algumas mudanças no formato do Enem desse ano, o MEC garantiu o benefício da isenção em alguns casos.

Veja quem tem direito:

  • Alunos de escola pública que estão no último ano do ensino médio ficam isentos automaticamente.
  • Qualquer pessoa em situação de vulnerabilidade social inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o CadÚnico.

Esse último item é uma novidade no Enem 2017. Antes, os candidatos preenchiam um formulário de carência socioeconômica e a checagem por parte do MEC era menos rígida. Agora o cenário mudou. Com o CadÚnico, o benefício será distribuído somente às pessoas que realmente precisam, estão registradas no cadastro e preencheram corretamente todas as informações. A renda familiar bruta mensal deve ser de no máximo um salário mínimo e meio por pessoa.

Quem ganhar isenção e não comparecer no dia das provas terá que apresentar uma justificativa oficial (atestados médicos, boletins de ocorrência, etc.) caso queira manter o benefício no ano que vem.

Como se inscrever para o Enem 2017

As inscrições para o Enem vão abrir a partir das 10h do dia 8 de maio e se estenderão até as 23h59 do dia 19 de maio. Perceba que o MEC dá mais de dez dias para todo mundo fazer todo o processo – prazo mais do que suficiente.

As inscrições só podem ser feitas pelo site oficial do Enem. Você vai precisar informar o número de alguns documentos, seu e-mail pessoal e um número de telefone válido.

A inscrição é um pouco comprida e cheia de detalhes, mas nada tão complicado.

Ah, e nunca se esqueça: o MEC não autoriza a inscrição por nenhum outro site que não seja o oficial.

O que está incluso no valor da inscrição do Enem 2017

O valor do Enem traz alguns benefícios. Além de fazer as provas, os candidatos podem participar, sem qualquer custo extra, de importantes programas de acesso ao ensino superior em todo o país.

Conheça:

  • Sisu: Oferece vagas em universidades públicas.
  • ProUni: Concede bolsas de estudos parciais e integrais em faculdades privadas de primeira linha.
  • FIES: Financia os estudos a juros baixos e prazo longo para pagar a dívida.

Além de ser critério de classificação desses programas do Governo Federal, a nota do Enem também serve para ingresso direto em universidades privadas.

Veja como será o Enem 2017

Em 2017 o Enem será um pouco diferente das edições anteriores. Você já está por dentro do que mudou? Se não, dê uma olhada no resumo a seguir:

  • As provas agora serão aplicadas em dois domingos consecutivos.
  • No dia 5 de novembro os candidatos vão fazer as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias e Redação.
  • No dia 12 de novembro (uma semana depois), vêm as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e Matemática e suas Tecnologias.
  • O tempo das provas é de cinco horas e trinta minutos no primeiro dia, quatro horas e trinta minutos no segundo.
  • O número de questões permanece igual: 180 (45 para cada uma das quatro provas objetivas).
  • Os gabaritos oficiais da primeira rodada saem no dia 8 de novembro; no da segunda, no dia 15 de novembro.
  • Os resultados finais devem ser divulgados na segunda semana de janeiro de 2018.

Saiba onde estudar com a nota do Enem

Conheça a seguir algumas instituições reconhecidas pelo MEC onde você pode estudar com bolsa do ProUni, financiamento do FIES ou conseguir vaga por meio de ingresso direto!

Veja também:

Saiba tudo sobre o calendário do Enem 2017

O que achou do valor da taxa de inscrição do Enem? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin