dcsimg

Saiba como e quando acessar a lista de espera do FIES 2018

A lista de espera pode motivar muitos candidatos que não conseguem sua vaga logo de cara. Saiba mais sobre ela e outras novidades do FIES 2018!

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é o maior programa de financiamento do ensino superior no Brasil, oferecendo milhares de vagas todo semestre.

A concorrência é acirrada, mas quem não for chamado na primeira convocação não precisa perder as esperanças. É que o FIES dá mais uma chance para os candidatos, a lista de espera.

Quer saber como funciona?

Então confira agora mesmo o guia que preparamos sobre a lista de espera do FIES 2018. Conheça também o que vai mudar no processo seletivo e algumas sugestões de faculdade onde você vai poder estudar com esse benefício do governo federal!

Calendário do FIES 2018

As datas do FIES 2018 ainda não foram divulgadas pelo Ministério da Educação (MEC). Mesmo assim, analisando as edições passadas do programa é possível ter uma ideia de quando o processo seletivo vai acontecer.

As inscrições devem abrir na primeira quinzena de fevereiro. O prazo costuma ser de apenas quatro dias, de terça a sexta-feira. Os resultados são divulgados logo na segunda-feira após o término das inscrições.

Mas calma: essa primeira lista é a dos pré-aprovados, que ainda precisarão cumprir algumas etapas para concluir o processo de financiamento

A primeira delas é o cadastro em outro sistema, o SisFIES. Depois, é hora de ir pra rua: primeiro à faculdade escolhida, onde o candidato validará os documentos, e depois à instituição financeira, onde assinará o contrato. O FIES dá um prazo (geralmente de poucos dias) para realizar todos esses trâmites.

Assim que as datas da primeira edição do FIES 2018 forem definidas, você vai ficar sabendo aqui. Fique ligado!

Quando sai a lista de espera do FIES 2018?

A lista de espera do FIES vai sendo divulgada aos poucos e fica disponível logo após o resultado. Para a edição do primeiro semestre do FIES 2018, a previsão é que a lista de espera possa ser acessada a partir da terça-feira seguinte ao encerramento das inscrições.

É importante saber que o MEC não publica um “listão” único, nem envia avisos aos candidatos que ficaram em lista de espera. É preciso acessar o sistema para verificar sua colocação. O processo de chamada de candidatos em lista pode durar até algumas semanas após o início das aulas. Entenda melhor a seguir.

Como funciona a lista de espera do FIES?

No FIES, quem bobeia perde a vez e cede a vaga para o próximo colocado.

É por isso que a lista de espera fica ativa por tanto tempo.

Um candidato pré-selecionado pode, por exemplo, deixar de apresentar um documento ou simplesmente abandonar o processo de inscrição pela metade, seja por qual for o motivo. Com isso, vão abrindo novas vagas.

A participação na lista de espera é automática, definida pela colocação dos candidatos – não é preciso pedir para participar da lista.

Como acessar a lista de espera do FIES 2018

Só dá para saber se você ficou ou não na lista de espera acessando o site oficial do FIES. É preciso informar seu CPF e a senha previamente cadastrada.

Lembramos mais uma vez: o programa não envia nenhuma mensagem direta ao candidato avisando se ele foi pré-aprovado ou se ficou em lista de espera. É preciso acessar constantemente o site de inscrições.

Caso seja convocado, você terá um prazo curto fazer o cadastro no sistema SisFIES. Em seguida, terá também um prazo para comprovar documentos na faculdade e assinar o contrato de financiamento em uma agência bancária conveniada.

Algumas mudanças importantes do FIES 2018

O FIES vem passando por várias adaptações ao longo do tempo. Para a edição de 2018, muitas regras mudam em relação ao ano anterior.

Antes, por exemplo, o programa trabalhava com apenas um tipo de contrato, que cobrava taxas de juros de 6,5% ao ano e era destinado a candidatos com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Agora, são três diferentes modalidades de contrato, de acordo com o perfil de cada estudante: um deles está voltado para alunos das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste com renda familiar bruta mensal de até cinco salários mínimos por pessoa. A taxa de juros é de 3% ao ano.

Em outro modelo de contrato, não há cobrança de juros, apenas a correção da inflação. A renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa para concorrer a essa modalidade.

Há ainda um terceiro tipo de contrato, destinado a quem tem renda familiar bruta mensal de até cinco salários mínimos por pessoa. O MEC já adiantou que taxa de juros deve ficar em torno de 6,5% ao ano.

O FIES 2018 apresenta também outra mudança significativa. Agora, o candidato vai começar a pagar a dívida assim que conseguir trabalho depois de se formar (antes havia um prazo de carência fixo, de 18 meses).

Faculdades que participam do FIES

São muitas as instituições de ensino superior que participam do FIES. Todas elas foram previamente analisadas pelo MEC e obtiveram boas avaliações em quesitos como corpo docente, infraestrutura e projeto pedagógico.

A seguir, apresentamos uma pequena lista com sugestões de faculdades que costumam oferecer vagas no FIES:

Descobriu que não atende a algum requisito, perdeu o prazo ou não passou no FIES? Não jogue a toalha! A lista de faculdades que acabamos de recomendar pode ter a saída para você. Nessas instituições, dá para conseguir descontos, pagamentos facilitados, financiamentos sem burocracia e ainda entrar sem precisar fazer vestibular, apresentando apenas a nota do Enem. É ou não é para se animar a correr atrás do diploma?

Veja também:

Saiba como e quando ver a lista de aprovados do FIES 2018

Está com esperanças de conseguir o FIES logo de cara ou acha que vai ficar na lista de espera? Já escolheu o seu curso? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin