dcsimg

Veja a nota de corte de Jornalismo no Enem

É possível entrar em Jornalismo por diferentes processos seletivos que usam a nota do Enem. Saiba quantos pontos você precisa para passar em cada um deles!

Jornalismo

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tornou-se o principal meio de acesso à faculdade no Brasil. Com a nota do Enem você pode participar de seleções para universidades públicas, ganhar bolsas de estudo ou financiamento para pagar o curso superior. Algumas faculdades adotam também a pontuação do Exame como critério para ingresso direto de novos alunos.

Se você quer estudar Jornalismo, é importante conhecer as diferentes formas de conquistar uma vaga neste curso. Como ele costuma estar na lista dos mais disputados, ano após ano, é importante se sair bem no Enem para aumentar suas chances.

A boa notícia é que há chances de conseguir vaga nesta graduação mesmo quando a pontuação não está entre as mais altas. Veja as notas de corte para entrar em Jornalismo em diferentes processos seletivos que classificam os candidatos pelo resultado do Enem!

Como entrar em Jornalismo com a nota do Enem

A partir da nota do Enem é possível escolher diferentes caminhos para estudar Jornalismo. Veja quais são:

Inscrever-se no ProUni: O Programa Universidade para Todos concede bolsas de estudo parciais (50%) ou integrais (100%) em universidades privadas. Para participar é preciso atender ao requisito de renda e ter feito o Enem mais recente, com pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação.

Inscrever-se no Sisu: O Sistema de Seleção Unificada classifica alunos para vagas em universidades públicas e institutos federais. Para participar é preciso ter tirado nota maior que zero na redação do Enem mais recente. Algumas universidades exigem também uma pontuação mínima no Exame.

Inscrever-se no FIES: O Fundo de Financiamento Estudantil é um empréstimo concedido pelo Governo Federal a estudantes de baixa renda para pagar a universidade privada. Os juros são mais baixos que os praticados no mercado e os estudantes começam a quitar a dívida só depois de formados. Para participar é preciso atender ao requisito de renda familiar e ter obtido pelo menos 450 pontos na média geral das provas e nota maior que zero na redação de qualquer edição do Enem a partir de 2010.

Acesso direto a uma vaga: Há universidades privadas que aceitam a nota do Enem como critério para acesso direto a uma vaga. Essa forma de selecionar alunos vale para quase todos os cursos, mesmo aqueles mais concorridos, como Jornalismo. As regras variam muito entre as instituições. É preciso consultar o edital da faculdade escolhida. Algumas exigem nota mínima no Enem, entre outros requisitos. Fique atento!

Nota de corte de Jornalismo no ProUni

A nota de corte para conseguir bolsa em Jornalismo por meio do ProUni varia bastante, de 500 a 750 pontos. Nas universidades mais concorridas é preciso acumular pelo menos 700 pontos no Enem para entrar na disputa.

Mas dá para tentar uma bolsa com uma pontuação menos expressiva em instituições onde a concorrência por uma vaga não é tão grande. Em edição recente do ProUni a menor nota de corte para Jornalismo foi de 497 pontos.

Nota de corte de Jornalismo no Sisu

A concorrência costuma ser bem puxada no Sisu. Muita gente sonha em estudar em instituições públicas que contam com boa qualidade de ensino e reconhecimento no mercado de trabalho.

Para entrar em Jornalismo por meio do Sisu é preciso obter mais de 600 pontos no Enem, em média. Se o curso for bem avaliado pelo MEC e a faculdade tiver boa representatividade, são necessários mais de 700 pontos.

Estude bem o seu alvo e capriche no Enem para alcançar seu objetivo. Veja alguns exemplos de nota de corte para o curso de Jornalismo em edição recente do Sisu:

  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) – Florianópolis (SC) – 746,55
  • Universidade Federal de Uberlândia (UFU) – Uberlândia (MG) – 706,62
  • Universidade Federal do Maranhão (UFMA) – São Luís (MA) – 682,52
  • Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) – Campo Grande (MS) – 679,66
  • Universidade Federal de Sergipe (UFS) – São Cristóvão (SE) – 670,66
  • Universidade Federal do Amazonas (UFAM) – Manaus (AM) – 638,84

Nota de corte de Jornalismo no FIES

Conseguir um financiamento do Governo Federal para estudar Jornalismo em faculdade privada é uma meta acessível para estudantes de baixa renda. A nota de corte do Enem para conseguir se classificar no FIES fica em torno de 550 pontos. Com um pouco mais de foco e determinação, dá para chegar lá.

Confira alguns exemplos de nota de corte para conseguir o FIES para Jornalismo em faculdades reconhecidas pelo MEC:

  • Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP) – Piracicaba (SP) – 608,58
  • Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC Goiás) – Goiânia (GO) – 576,84
  • Centro Universitário Tiradentes (UNIT) – Maceió (AL) – 574,42
  • Faculdade Martha Falcão (FMF) – Manaus (AM) – 552,02
  • Centro Universitário de Maringá (UNICESUMAR) – Maringá (PR) – 544,22
  • Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO) – Niterói (RJ) – 543,40

Nota de corte de Jornalismo para acesso direto a uma vaga

Algumas faculdades privadas utilizam a nota do Enem para seleção direta de novos alunos. Não é preciso se inscrever em nenhum programa, basta apresentar o resultado para concorrer a uma vaga. A lógica é a mesma dos processos seletivos do Governo Federal: classificam-se os alunos com maior pontuação no Exame. Algumas faculdades exigem uma nota mínima no Enem, outras não. É comum encontrar as que pedem 500 pontos na média geral, pelo menos. Consulte com atenção o edital da universidade!

Veja algumas instituições reconhecidas pelo MEC que aceitam a nota do Enem como critério para ingresso no curso de Jornalismo, além de oferecerem vagas do ProUni e FIES:

Veja também:

Vale a pena fazer Jornalismo? Descubra

Quer entrar em Jornalismo com a nota do Enem? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin