dcsimg

Confira quais são as regras para participar do FIES 2017

Descubra como participar do processo seletivo para conseguir um financiamento do FIES em 2017!

FIES 2017Criado em 1999, o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Governo Federal destinado a ajudar brasileiros de baixa renda a pagarem uma faculdade particular. Os juros são mais baixos do que os praticados no mercado e o estudante só começa a quitar a dívida depois de formado.

É uma ajuda e tanto para quem está com o orçamento apertado e não quer mais adiar o sonho de fazer um curso superior para turbinar a carreira. O empréstimo do FIES está disponível para cursos presenciais em todas as áreas do conhecimento, pelos quatro cantos do Brasil, em faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC).

Descubra a seguir se você pode pedir um financiamento do FIES, o que é necessário para garantir o benefício em 2017 e algumas das principais faculdades participantes!

Vai ter outro FIES em 2017?

O FIES andou sofrendo tantas mudanças recentemente que os interessados em conseguir o financiamento do Governo Federal ficam de orelha em pé a cada comunicado do MEC. A crise político-econômica e as restrições orçamentárias também contribuem para o medo de que as regras mudem mais uma vez ou, pior, que a próxima edição do programa não aconteça.

Se você tem receio de que o FIES não aconteça no segundo semestre de 2017, pode ficar tranquilo. O MEC já divulgou que haverá 75 mil vagas para o segundo semestre de 2017.

Quais são as novas regras para o FIES em 2017?

Junto com o anúncio das novas vagas para 2017, o MEC divulgou também uma prévia do que vai ser o novo FIES. Mas não se preocupe. As novidades só passam a valer a partir de 2018.

Por enquanto, ficaram mantidas as regras da primeira edição do ano.

Em linhas gerais, a instituição de ensino precisa cumprir as seguintes regras para oferecer vagas no FIES 2017:

  • Assinar o Termo de Participação dentro do prazo determinado, com o detalhamento das vagas ofertadas – somente faculdades que aderiram ao FIES podem oferecer vagas.
  • As instituições só podem oferecer vagas do FIES em cursos autorizados pelo MEC, na seguinte proporção: até 50% para cursos com nota máxima (5), até 40% para cursos com nota 4, até 30% para cursos com nota 3. Cursos que foram recentemente autorizados pelo MEC também podem entrar, desde que não ultrapassem 25% das vagas.

Para o interessado em conseguir o FIES, essas exigências são uma ótima notícia: significam que apenas cursos bem avaliados pelo MEC ficam disponíveis para financiamento.

As regras de participação dos candidatos no processo seletivo não mudam. Pode pedir o FIES 2017 do segundo semestre quem:

  • Obteve pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação de qualquer edição do Enem a partir de 2010.
  • Tem renda familiar bruta mensal de no máximo três salários mínimos por pessoa.

Conforme vem acontecendo nas últimas edições, é responsabilidade do candidato:

  • Fazer a inscrição, pelo site oficial, dentro do prazo estipulado.
  • Preencher corretamente as informações solicitadas.
  • Consultar o resultado.
  • Realizar cadastro no SisFIES caso tenha sido pré-selecionado.
  • Cumprir os prazos de apresentação de documentos para seguir o processo de contratação do financiamento.

Como participar do FIES 2017

O primeiro passo para quem pretende pedir o FIES 2017 é verificar se atende aos requisitos de renda familiar e desempenho no Enem.

Quem cumprir os requisitos deve, no prazo determinado pelo MEC, fazer a inscrição no site oficial do FIES Seleção.

Enquanto durarem as inscrições, o sistema do FIES divulga as notas de corte – pontuação mínima para passar em cada vaga, de acordo com universidade, curso e turno escolhidos. Durante esse período, o candidato pode modificar suas opções, buscando vagas em que seu desempenho no Enem seja suficiente para entrar.

O resultado do FIES é divulgado poucos dias após o encerramento das inscrições. Cuidado com os prazos! Caso tenha sido pré-selecionado, será necessário preencher um cadastro em outro sistema, o SisFIES.

É nessa etapa que se iniciam os procedimentos para contratar o financiamento do FIES: reunir documentação, levar à faculdade, apresentar ao banco, etc. É super importante ficar atento aos prazos de cada etapa para não perder a vaga.

Quais são as datas do FIES 2017?

Fique de olho no calendário do FIES:

  • Consulta de vagas disponíveis: 24 de julho
  • Inscrições: 25 a 28 de julho
  • Resultado: 31 de julho

Vale a pena fazer o FIES 2017?

O FIES é uma mão na roda para quem não tem condições de bancar sozinho uma boa faculdade. De maneira geral pode-se dizer que sim, vale a pena fazer o FIES 2017 para conseguir cursar o ensino superior e, assim, aumentar suas perspectivas no mercado de trabalho.

No entanto, é importante lembrar que o FIES é um empréstimo estudantil. No prazo determinado pelo contrato, será necessário devolver o valor ao Governo Federal. Dependendo do percentual financiado, o estudante ainda precisa pagar uma parte da mensalidade à faculdade, além das parcelas trimestrais referentes aos juros.

As vantagens do FIES são:

  • Os juros são mais baixos do que os praticados no mercado.
  • O prazo para pagamento é longo.
  • A dívida só começa a ser quitada após a formatura.

Faculdades que participam do FIES

Confira algumas faculdades bem avaliadas pelo MEC que costumam participar do FIES:

Veja também:

Saiba que nota você precisa tirar no ENEM para conseguir FIES

Vai tentar uma vaga no FIES em 2017 para turbinar sua carreira? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin