dcsimg

Saiba tudo sobre o PEP, financiamento estudantil da Anhanguera

Descubra como utilizar o PEP para financiar até 70% do seu curso na Anhanguera!

PEP Anhanguera

Se você quer fazer uma faculdade e não tem condições de arcar com os custos de um curso particular, não desanime! Uma das maiores redes de ensino privado do Brasil oferece diversas alternativas para conquistar o diploma de nível superior sem estourar o orçamento.

Estamos falando do Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) que, além de participar de programas do Governo Federal como o ProUni e FIES, tem convênios com empresas, oferece descontos e tem um programa próprio de financiamento.

É o Parcelamento Estudantil Privado (PEP). Com ele o estudante da Anhanguera pode financiar até 70% do curso e começar a pagar a dívida só depois de formado!

É uma oportunidade e tanto para quem deseja construir uma carreira e melhorar as chances no mercado de trabalho.

O benefício é válido para diversos cursos e todos os alunos ingressantes têm o direito de participar – e o melhor: sem a obrigação de fazer o Enem, como é o caso do ProUni.

Veja a seguir como funciona o PEP Anhanguera, descubra quais são as vantagens, condições de parcelamento e o que fazer para facilitar o pagamento!

O que é o PEP Anhanguera?

O PEP é um parcelamento facilitado que a Anhanguera oferece a seus alunos. O objetivo é ajudá-los a pagar as mensalidades sem comprometer o orçamento familiar.

O aluno pode parcelar até 70% do valor das mensalidades. O benefício é válido para todo o curso e a contratação é feita diretamente na Anhanguera, sem burocracia e sem necessidade de ter conta em algum banco.

Como funciona o parcelamento do PEP Anhanguera?

Durante o curso o aluno paga apenas um percentual das mensalidades. O valor restante vai compondo o “saldo remanescente”, que será pago somente após a conclusão do curso.

A Anhanguera oferece duas opções de parcelamento: o PEP 30 e o PEP 50. Veja como funciona.

PEP 30

O parcelamento do PEP 30 acontece da seguinte forma:

  • No primeiro ano de curso o aluno paga apenas 30% da mensalidade.
  • No segundo ano ele deve pagar 40%.
  • No terceiro ano esse percentual sobe para 50%.
  • A partir do quarto ano (até a conclusão do curso) o aluno paga 60% da mensalidade.

O valor que não foi pago durante o curso é chamado de saldo remanescente. Não existe nenhuma cobrança de juros sobre este valor. No entanto, será aplicada a correção monetária conforme o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

O pagamento do saldo é feito a partir do mês seguinte à conclusão do curso. A parcela corresponde a 60% da mensalidade cobrada no último semestre. O aluno continua pagando este valor por mês até quitar completamente a dívida.

O valor da parcela é reajustado anualmente, conforme o IPCA.

PEP 50

O PEP 50 funciona de forma muito semelhante ao PEP 30. A diferença está no percentual das mensalidades que o aluno terá que pagar.

Durante todo o curso o aluno paga apenas 50% das mensalidades. A outra metade começa a ser paga um mês após à conclusão do curso.

O valor da parcela corresponde a 50% da mensalidade cobrada no último semestre. Assim como acontece no PEP 30, o aluno continua pagando este valor até quitar a dívida por completo.

Para contratar o PEP 50 é necessário ter fiador.

Importante! As vagas para o PEP são limitadas e apenas o valor das mensalidades é parcelado. Os custos de outros serviços (como segunda via de documentos, prova de segunda chamada, reprovação de disciplinas, etc.) devem ser pagos nas datas estabelecidas pela universidade.

Vantagens do PEP Anhanguera

Uma das principais vantagens do PEP é a facilidade de contratar o parcelamento, sem burocracia.

O aluno da Anhanguera já está pré-aprovado para receber o benefício – não é obrigatório ter conta em banco e nem ter participado do Enem. A contratação é feita diretamente na universidade.

Outro diferencial está na incidência de juros. Enquanto os financiamentos estudantis têm taxas de juros, o PEP é completamente livre desta cobrança.

Quem pode pedir o PEP Anhanguera?

O PEP é destinado aos novos alunos da Anhanguera. Quem está no primeiro semestre da faculdade ou quem acabou de transferir a matrícula pode solicitar o benefício.

Somente alunos de cursos de graduação na modalidade presencial podem solicitar o PEP. Por enquanto este recurso não está disponível para alunos de cursos EAD, nem de Medicina.

O parcelamento não é cumulativo com os programas do Governo Federal. Ou seja, quem recebe bolsa do ProUni ou financia o curso pelo FIES não pode utilizar o PEP.

Por outro lado, quem recebe desconto por trabalhar em uma das empresas conveniadas pode se inscrever no Programa normalmente.

Como contratar o PEP Anhanguera?

O procedimento para a contratação do PEP é muito simples. O primeiro passo é fazer o processo seletivo normal da Anhanguera. A universidade não faz nenhum vestibular específico para quem deseja parcelar o curso pelo PEP.

No dia de efetivar a matrícula, basta o estudante dizer que quer aderir ao PEP. O atendente irá orientá-lo sobre os procedimentos para a contratação.

Quem está matriculado em outra universidade pode transferir o curso para a Anhanguera e parcelar os semestres restantes pelo PEP. Basta dizer, no momento da matrícula, que tem interesse em contratar o parcelamento.

Veja também:

Saiba tudo sobre o Quero Bolsa e veja como obter uma bolsa de estudos.

Gostou da ideia de parcelar o curso? Vai tentar uma vaga na Anhanguera? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin