dcsimg

Descubra que nota você precisa tirar no Enem pra passar em Odontologia

A nota do Enem para passar em Odontologia varia de acordo com o processo seletivo. Veja a pontuação que pode garantir sua vaga!

Odontologia

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) causou uma grande transformação na forma de acesso à faculdade no Brasil. É que a nota do Exame virou a principal porta de entrada para o ensino superior. Com ela, dá para disputar vagas em universidades públicas, ganhar bolsas de estudos ou buscar financiamento a juros baixos em universidades privadas. Há até faculdades que utilizam a pontuação do Enem como critério para ingresso direto de novos alunos.

Já deu para perceber que a pontuação no Exame é crucial para definir como você vai construir sua carreira. Quanto maior sua nota, maiores as chances de se classificar em processos seletivos, principalmente em cursos mais disputados, como o de Odontologia.

Você tem ideia de quantos pontos precisa obter no Enem para garantir uma vaga ou uma bolsa neste curso? Confira a estimativa que elaboramos para quem pretende estudar Odontologia!

A importância da nota do Enem

A nota do Enem é o critério de classificação em diferentes processos seletivos: ProUni, Sisu, FIES e acesso direto. É importante saber que as notas de corte do Enem para passar em Odontologia variam bastante entre os processos seletivos e também a cada semestre.

A concorrência vai oscilar de acordo com as notas apresentadas pelos candidatos que estão disputando uma vaga em Odontologia na mesma faculdade, campus, turno e modalidade de concorrência (quando houver).

Como enfrentar a concorrência de Odontologia com a nota do Enem?

Quanto melhor for o seu desempenho no Enem, maiores as chances de conquistar seu objetivo – principalmente em cursos sempre tão concorridos, como o de Odontologia. Cada ponto a mais pode render algumas posições no ranking dos candidatos.

Faculdades de prestígio atraem mais candidatos e turbinam a concorrência. Você vai precisar de muitos pontos no Enem para chegar lá. Por outro lado, instituições menos conhecidas podem oferecer boas chances de entrar em Odontologia até para aqueles que não foram super bem nas provas. Um número menor de candidatos disputando uma mesma vaga torna a concorrência bem mais leve.

Confira quantos pontos você precisa para entrar nesta graduação nos diferentes processos seletivos!

Nota do Enem para entrar em Odontologia por meio do ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) concede bolsas parciais e integrais em universidades privadas. Quem quiser disputar uma bolsa para o curso de Odontologia deve tirar pelo menos 500 pontos na média geral do Enem. Se o objetivo for conseguir uma bolsa em faculdade bem conceituada, é necessário um desempenho um pouco mais expressivo para entrar no páreo: cerca de 700 pontos.

Nota do Enem para entrar em Odontologia por meio do Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) classifica alunos para vagas em universidades públicas em todo o País. A disputa para o curso de Odontologia é sempre acirrada. A graduação tem um custo alto e muita gente quer entrar em uma faculdade gratuita para aliviar o bolso! Por isso, para entrar por meio do Sisu é preciso dar show no Enem, acumulando pelo menos 700 pontos na média geral.

Veja as notas de corte para este curso em algumas faculdades, em edição recente do Sisu:

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – Rio de Janeiro (RJ) – 783,53
  • Universidade de Brasília (UnB) – Brasília (DF) – 754,62
  • Universidade Federal do Paraná (UFPR) – Curitiba (PR) – 746,74
  • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) – Juiz de Fora (MG) – 736,68
  • Universidade Federal de Pelotas (UFPEL) – Pelotas (RS) – 715,40
  • Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) – João Pessoa (PB) – 714,56

 

Nota do Enem para conseguir financiar o curso de Odontologia pelo FIES

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um empréstimo concedido pelo Governo Federal a juros baixos que os alunos começam a pagar só depois de formados. Vale para estudar em cursos presenciais de faculdades privadas. A disputa do FIES para Odontologia não é tão acirrada quanto a concorrência nos processos seletivos do ProUni e do Sisu. Dá pra conseguir o benefício com notas mais baixas no Enem, a partir de 470 pontos, em média. A lógica para classificação é a mesma: quanto maior sua pontuação, melhores as chances de passar. O FIES exige que o candidato atenda a requisitos de renda familiar para se inscrever.

Veja as notas de corte de quem conseguiu o FIES para Odontologia em algumas universidades pelo Brasil, em edição recente:

  • Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP) – Ribeirão Preto (SP) – 666,42
  • Universidade de Rio Verde (UNIRV) – Rio Verde (GO) – 601,54
  • Faculdade de Tecnologia e Ciências de Feira de Santana (FTC) – Feira de Santana (BA) – 591,48
  • Centro Universitário Fluminense (UNIFLU) – Campos dos Goytacazes (RJ) – 575,88
  • Faculdade de Macapá (FAMA) – Macapá (AP) – 478,26

Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) http://o1.qnsr.com/cgi/r?;n=203;c=1466437;s=11019;x=7936;f=201502241155360;u=j;z=TIMESTAMP; – Londrina (PR) – 472,22

Nota do Enem para ter acesso direto a uma vaga em Odontologia

Existem universidades privadas que selecionam alunos novos para o curso de Odontologia por meio da nota do Enem. Nestas instituições a pontuação no Exame pode ser o único critério para acesso direto. As regras variam entre cada faculdade e algumas só usam o Enem caso não preencham todas as vagas. É preciso consultar o edital para ver como funciona este processo e se há uma nota mínima para participar.

Conheça algumas universidades reconhecidas pelo MEC que podem utilizar a pontuação do Exame para acesso direto a uma vaga em Odontologia, além de participarem do ProUni e do FIES:

Veja também:

Odontologia: carreira, perfil e mercado de trabalho

Vai usar a nota do Enem para entrar em Odontologia? Já escolheu sua faculdade? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin