dcsimg

Descubra que nota você precisa tirar no ENEM pra passar em Pedagogia

Veja qual desempenho no Enem pode garantir vaga em Pedagogia pelo Sisu, ProUni, FIES e ingresso direto!

Pedagogia

Quem gosta da ideia de ensinar crianças, pensar em novas metodologias de ensino, produzir material didático e administrar escolas certamente está com os olhos voltados para o curso de Pedagogia.

A graduação é uma das mais populares no Brasil. Quem conseguir vaga em Pedagogia fará parte de um grupo que hoje conta com 656 mil pessoas – o terceiro curso com a maior quantidade de universitários no País, perdendo apenas para Direito e Administração.

E se você pensa que, com tanta gente assim, o campo profissional está saturado, uma boa notícia: ainda há carência de pedagogos em praticamente todo o Brasil, especialmente nas cidades menores.

O curso não aparece entre os mais difíceis de passar, dado o alto número de instituições que oferecem a graduação: são mais de mil, sendo que aproximadamente 86% estão na rede particular.

O desafio aqui é, portanto, conseguir entrar na rede pública. Enquanto sobram vagas nas faculdades privadas, nas públicas a média nacional é de 11 candidatos disputando um único lugar ao sol – e esse número pode ser muito maior, dependendo da instituição de ensino.

Descubra a seguir que nota você precisa tirar no Enem para passar em Pedagogia, quais são os principais processos seletivos que aceitam a nota do Exame e as dicas para garantir sua vaga!

Conheça as formas de passar em Pedagogia com a nota do Enem

Quem faz o Enem pode concorrer a vagas em universidades públicas, ganhar bolsas de estudos em instituições particulares, financiar o curso ou entrar direto na faculdade privada sem precisar fazer vestibular.

Se somarmos o número de edições de cada uma dessas alternativas, há pelo menos sete chances de entrar em Pedagogia por ano! Incrível, não é?

Veja os processos seletivos que aceitam a nota do Enem:

Sistema de Seleção Unificada (Sisu): escolhe alunos para estudar em universidades públicas de todo o Brasil. Anualmente, são centenas de milhares de vagas em todas as áreas do conhecimento. Todo mundo pode participar, basta ter feito o Enem mais recente e não ter zerado na redação. O Sisu abre inscrições duas vezes ao ano, sempre no início de cada semestre letivo.

Programa Universidade para Todos (ProUni): o programa de bolsas do Governo Federal permite que pessoas de baixa renda estudem em faculdades privadas de primeira linha. O Ministério da Educação estabelece os seguintes critérios para concorrer ao benefício: ter feito o Enem mais recente, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota maior que zero na redação, além de atender aos requisitos de renda e de formação escolar. O processo abre duas vezes ao ano.

Fundo de Financiamento Estudantil (FIES): Com o FIES o estudante pode financiar o curso a juros baixos e começar a quitar a dívida bem depois da formatura. É uma boa ajuda para quem está sem condições financeiras de bancar a faculdade particular. Conseguir o FIES, no entanto, ficou mais difícil. Para concorrer é preciso apresentar desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação de qualquer edição do Enem a partir de 2010. O financiamento também tem critérios de renda. O FIES acontece duas vezes por ano.

Ingresso sem vestibular: um número cada vez maior de faculdades particulares já aceita a nota do Enem como critério para selecionar novos alunos. Basta apresentar o desempenho e, caso atinja o mínimo exigido, efetuar a matrícula sem burocracia e sem precisar fazer vestibular.

Veja a seguir qual a nota de corte para conseguir vaga em Pedagogia nesses quatro processos seletivos:

Nota do Enem para passar em Pedagogia pelo Sisu

O bom número de vagas de Pedagogia nas faculdades públicas ajuda a dar uma aliviada na nota de corte do Sisu – quase sempre tão alta para passar na maioria dos cursos.

A média geral para entrar em Pedagogia tem sido de 600 pontos, aproximadamente.

As maiores notas de corte ficam no patamar de 730 pontos, enquanto as menores ficam entre 480 e 500 pontos.

Nota do Enem para passar em Pedagogia pelo ProUni

Aqui a média para descolar o benefício tem sido similar à do Sisu: 600 pontos!

A diferença está nas notas mais altas e mais baixas. No ProUni é possível entrar em Pedagogia com o mínimo exigido, 450 pontos. Tudo, claro, depende da faculdade e da cidade onde a bolsa é oferecida.

Já as notas mais altas podem até superar as do Sisu, às vezes chegando a 790 pontos.

Lembre-se de que a pontuação para passar muda a cada edição do programa e depende, basicamente, do desempenho dos demais candidatos interessados na mesma vaga de Pedagogia (mesma faculdade, campus, unidade, turno e modalidade de concorrência).

Nota do Enem para financiar o curso de Pedagogia pelo FIES

Quem pensa em solicitar o financiamento estudantil para Pedagogia terá que apresentar um desempenho de aproximadamente 530 pontos no Enem – essa tem sido a média para entrar na maioria das instituições participantes.

Mas há quem consiga o benefício apenas com o menor valor exigido, 450 pontos.

Nas faculdades mais disputadas a nota de corte se aproxima de 700 pontos!

Nota do Enem para passar em Pedagogia por ingresso direto

As faculdades privadas são livres para definir a pontuação mínima no Enem para conseguir vaga em Pedagogia. Muitas pedem apenas que o candidato não tenha zerado na redação. O ideal é consultar a instituição para saber as condições.

Para facilitar sua busca, apresentamos a seguir algumas faculdades bem avaliadas pelo MEC que oferecem curso de Pedagogia e aceitam a nota do Enem para ingresso direto, além de participarem do ProUni e do FIES:

Como garantir vaga em Pedagogia com a nota do Enem

Nos processos seletivos que aceitam a nota do Enem, a graduação em Pedagogia é considerada de dificuldade média – ou seja, não é preciso uma nota tão alta para passar.

Ainda assim é preciso foco e disciplina para fazer bonito nas provas. Aqui apresentamos algumas dicas para você:

  • Não deixe para se preparar na última hora. Estabeleça uma rotina de estudos já no começo do ano.
  • Uma das formas mais eficazes de se dar bem no Enem é resolver as provas anteriores (a partir de 2010). Além de se familiarizar com o grau de dificuldade do Exame, o candidato fica por dentro do formato das questões.
  • Durante a resolução, faça uma tabela e divida os assuntos em que você tem dificuldade alta, média e baixa.
  • Reforce os estudos naqueles conteúdos que você identificar como de média e alta dificuldade.
  • Mantenha-se sempre informado sobre os assuntos da atualidade e diversifique os pontos de vista. Isso vai ajudar a fazer uma ótima redação.
  • Reserve um tempinho para se exercitar, dormir bem e dedicar tempo às atividades de lazer. Seu cérebro vai agradecer!

Veja também:

ENEM ou Vestibular? Descubra qual a melhor opção para você

Vai entrar na disputa por uma vaga em Pedagogia com a nota do Enem? Conte aqui qual o processo seletivo mais interessante para você!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin