dcsimg

Descubra quando sai o resultado do ProUni 2016

Confira quando será divulgado o resultado e como saber se você conseguiu uma bolsa do Programa Universidade para Todos 2016!

prouni_small

Todo semestre, milhares de brasileiros tentam uma bolsa de estudos em faculdade particular pelo Programa Universidade para Todos (ProUni).

O ProUni 2016 usa a nota do Enem 2015 para selecionar novos bolsistas e a primeira edição acontece em janeiro. O processo todo acontece muito rapidamente: entre a abertura das inscrições e a primeira convocação dos aprovados, são seis dias corridos!

Se você está concorrendo a uma das bolsas do ProUni 2016 para dar aquela turbinada na carreira, confira nosso guia sobre o resultado do concurso!

Quando sai o resultado do ProUni 2016?

Na edição de janeiro de 2016, o cronograma segue o padrão dos últimos anos: as inscrições abrem numa terça-feira (19 de janeiro), encerram na sexta-feira (dia 22) e o resultado já sai na segunda (dia 25). Ou seja, em menos de uma semana já dá para saber se você passou na primeira convocação do ProUni.

Porém, caso não seja aprovado no dia 25, não perca as esperanças!

O ProUni 2016 tem duas chamadas:

  • Primeira chamada: 25 de janeiro de 2016.
  • Segunda chamada: 12 de fevereiro de 2016.

E o melhor: ainda tem a Lista de Espera. Veja a seguir quando abre a lista de espera e o que você precisa fazer para participar.

Quando é a lista de espera do ProUni 2016?

Depois que os candidatos convocados nas duas chamadas fizerem a matrícula, começa o período da lista de espera para ocupar as vagas que eventualmente estejam em aberto.

Na primeira edição do ProUni 2016 a lista de espera vai acontecer entre os dias 26 a 29 de fevereiro de 2016.

Como participar da lista de espera do ProUni 2016?

Quem quiser entrar na lista de espera do ProUni 2016 deve ter muita atenção para não perder o prazo. Isso porque o processo não é automático – é necessário se inscrever – e são poucos dias!

A participação na lista de espera do ProUni exige que o candidato se inscreva pela internet. É o que os organizadores chamam de “manifestar interesse”. Para isso, você precisa ter participado da mesma edição do Programa.

Você poderá manifestar seu interesse em participar da lista de espera na mesma página em que se inscreveu para o processo regular do ProUni.

Precisa fazer matrícula depois de passar no ProUni?

Sim! Nem todo mundo se atenta a esse detalhe, mas quem for pré-selecionado para uma bolsa de estudos do ProUni ainda precisa fazer alguns procedimentos para não perder a vaga.
Funciona assim:

  1. Você é pré-selecionado (na primeira chamada, segunda chamada ou lista de espera).
  2. O cronograma do ProUni prevê uns dias para você comparecer à faculdade, apresentar a documentação necessária e comprovar os dados informados na inscrição (documentos pessoais, comprovante de endereço, comprovantes de renda familiar, etc.). Cada faculdade pode exigir sua própria lista de documentos – ela aparece no sistema de inscrição do ProUni.
  3. Algumas faculdades aplicam um processo seletivo próprio antes de concluir a matrícula – essa informação também aparece no sistema de inscrição do ProUni.
  4. Quem, por alguma razão, não efetuar a matrícula no prazo estipulado, perde a vaga.

Os prazos para apresentação de documentos na faculdade para fazer a matrícula da primeira edição do ProUni 2016 são:

  • Para candidatos convocados na primeira chamada: 25 de janeiro a 1o de fevereiro de 2016.
  • Para candidatos convocados na segunda chamada: 12 a 18 de fevereiro de 2016.
  • Para candidatos selecionados via lista de espera: 8 e 9 de março de 2016.

Quem pode fazer o ProUni 2016?

Pode participar de qualquer uma das edições do ProUni 2016 (janeiro e junho) quem não tiver diploma de nível superior e tiver participado do Enem 2015, com média geral de pelo menos 450 pontos nas provas e nota maior do que zero na redação.

É obrigatório também satisfazer pelo menos uma das condições a seguir:

  • Ter feito o ensino médio completo em escola pública.
  • Ter feito o ensino médio completo em escola particular na condição de bolsista integral.
  • Ter feito parte do ensino médio em escola pública e parte em escola particular na condição de bolsista integral.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor da rede pública, integrante do quadro permanente, e concorrer a bolsa para cursos de licenciatura. Neste caso não é necessário cumprir requisitos de renda.

Os requisitos de renda familiar bruta mensal por pessoa são os seguintes:

  • Para concorrer a uma bolsa integral: até um salário mínimo e meio.
  • Para concorrer a uma bolsa parcial: até três salários mínimos.

Veja também:

Quantos pontos preciso tirar no Enem para conseguir o ProUni?

Está participando do ProUni 2016? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin