dcsimg

Usinas nucleares: conheça o poder atômico!

As Usinas Nucleares foram tidas como a grande inovação tecnológica do início do século XX, no entanto apesar das vantagens tem também muitas desvantagens. Conheça mais sobre as Usinas Nucleares.

Usinas Nucleares: O Poder dos Átomos a Serviço da Humanidade

Usinas Nucleares de Angra: O Projeto Nuclear Brasileiro está concentrado nelas.

As Usinas Nucleres, desenvolvidas a partir das novas Teorias da Física do início do século XX, foram apresentadas como um grande milagre tecnológico.

Extraindo a energia direto do coração dos átomos, os homens do início do século passado acreditavam que poderiam ter uma fonte limpa e abundante de eletrecidade por muito e muito tempo.

As Usinas Nucleares, de fato, foram um grande marco tecnológico humano e definitivamente levaram o nosso mundo da Era Industrial para a Era Moderna.

Alimentadas com Urânio, um combustível altamente poderoso, mas também muito perigoso do ponto de vista da Física e da Química, as Usinas Nucleares são capazes de gerar toneladas de energia a partir de umas poucas gramas de combustível.

No entanto, o que inicialmente parecia um sonho, se revelou em parte como um pesadelo.

As mesmas Usinas Nucleares que produzem energia limpa também podem ser usadas, segundo a Física, para obter Plutônio, a matéria prima das poderosas Bombas Nucleares.

A antiga União Soviética, por exemplo, projetou e construiu várias usinas nucleares modificadas para fins militares ( produção em massa de Mísseis Nucleares ).

Essas Usinas Nucleares Militares, do ponto de vista da Física tinham um funcionamento diferente das Usinas Nucleares pacíficas, geradoras de energia.

O principal produto gerado era o Plutônio, saindo também um pouco de eletrecidade como sub-produto.

Como Funciona uma Usina Nuclear

Ao contrário do que muitos pensam, em uma Usina Nuclear a energia não é obtida diretamente através do Urânio.

O Urânio é utilizado para produzir Energia Térmica ( calor ) e não Energia Elétrica.

O local onde o Urânio é processado, dentro da Usina Nuclear se chama Reator Nuclear, ele é o coração da usina, sua parte principal.

Partindo deste calor gerado pelo Reator Nuclear e levando em conta o princípio da Física que diz que uma energia de um tipo pode se transformar em energia de qualquer tipo, o calor gerado é canalizado e transferido para água que se transforma em vapor.

O vapor por sua vez é usado para movimentar algumas turbinas e essas sim geram energia elétrica fechando o círculo.

Ciclo de Funcionamento de uma Usina Nuclear

Ciclo de uma Usina Nuclear: do Urânio até a Energia Elétrica

É interessante lembrar que um Reator Nuclear não para nunca, nem mesmo quando é desligado !!

Ele continua funcionando impulsionado pelo Urânio que está dentro dele, um Reator Nuclear só para de rodar quando todo o Urânio interno acaba ( tanque vazio ).

É justamente o fato de um Reator Nuclear nunca parar que faz com que as Usinas Nucleares explodam em caso de acidente.

Usina Nuclear por Dentro

Esquema de uma Usina Nuclear, vista por dentro

Fonte da Imagem: Marinha do Brasil

Principais estruturas dentro do modelo de Usina Nuclear acima:

  • 1: Prédio do Reator Nuclear. Este prédio, altamente resistente é revestido por Aço e Concreto, para conter explosões ou ataques externos.
  • 2: Cúpula de Aço, principal escudo do Reator Nuclear.
  • 3: Reator Nuclear ( parte principal da Usina Nuclear ).
  • 4: Gerador de Vapor da Usina Nuclear.
  • 5: Tanque de Combustível ( barras de Urânio ).
  • 6: Turbinas, funcionam a partir do vapor gerado na estrutura 4.
  • 7: Geradores de Energia Elétrica da Usina Nuclear, são conectados diretamente nas turbinas.
  • 8: Resfriadores, evitam que Usina Nuclear tenha uma Super-aquecimento.
  • 9: Torre de Refrigeração, local por onde o vapor dágua residual das turbinas escapa.
  • 10: Central de controle, aqui fica o pessoal que trabalha na Usina: Físicos, Técnicos e Administradores.

Vantagens e Desvantagens das Usinas Nucleares

Confira abaixo os principais prós e contras dos reatores nucleares.

Vantagens das Usinas Nucleares

  • O Urânio, o combustível das Usinas Nucleres é um metal extremante abundante no mundo. As principais minas estão localizadas em países democráticos como o Brasil e Canadá.
  • Poucas gramas de Urânio geram muita energia, o que é excelente do ponto de vista da Física.
  • Usinas Nucleares praticamente não geram desperdício de energia, durante a sua operação, são muito produtivas.
  • Usinas Nucleares não geram CO2, que causa o Aquecimento Global.
  • Comparadas a outros tipos de usina de energia limpa as Usinas Nucleares são as usinas que ocupam menos espaço.

Desvantagens das Usinas Nucleares

  • Embora não gere CO2, as Usinas Nucleares geram muito lixo radioativo, este lixo não pode ser simplesmente jogado fora, tem que ser enterrado em caixas de concreto.
  • Usinas Nucleares defeituosas podem explodir e liberar uma grande quantidade de radiação ao seu redor, causando Câncer em humanos e matando plantas e animais.
  • O processo de beneficiamento do Urânio ( pegar o metal e transformar em combustível ) não é um processo limpo.
  • Usinas Nucleares modificadas podem ser usadas para fabricar Bombas Atômicas.
  • Usinas Nucleares são caras.

Usinas Nucleares pelo Mundo

Ao contrário do Brasil que tem na base da sua Matriz Energética as Usinas Hidrelétricas, alguns países do mundo apostaram muitas fichas na Energia Nuclear.

Na frança por exemplo, 75% de toda a energia do país vem de Usinas Nucleares, nos Estados Unidos esse número é de aproximadamente 25%.

Usinas Nucleares Existentes no Mundo

Países e suas Usinas Nucleares

Usinas Nucleares Ativas Usinas em Construção Energia Gerada % Nuclear das Fontes de Energia
Africa do Sul 2 1.842 MW 6,5%
Alemanha 20 22.017 MW 29,1%
Argentina 2 935 MW 11,8%
Armênia 1 376 MW 0,7%
Bélgica 7 5.527 MW 55,5%
Brasil 2 1 1.871 MW 3%
Bulgária 6 3.538 MW 46,4%
Canadá 21 1 14.907 MW 17,3%
China 3 2.167 MW 1,2%
Coréia do Sul 11 5 9.120 MW 36,1%
Cuba 2 0 MW 0%
Eslovênia 1 632 MW 39,5%
Espanha 9 7.124 MW 34,1%
Estados Unidos 109 1 98.784 MW 22,5%
Finlândia 4 2.310 MW 29,9%
França 56 4 58.493 MW 76,1%
Holanda 2 504 MW 4,9%
Hungria 4 1.729 MW 62,3%
Índia 10 4 1.695 MW 1,9%
Inglaterra 35 1 12.908 MW 25%
Iran 2 2.146 MW 9%
Japão 51 3 39.917 MW 33,4%
Lituânia 2 1 2.370 MW 85,6%
México 2 1 1.308 MW 6%
Paquistão 1 1 300 MW 12%
República Tcheca 4 2 1.648 MW 20,1%
República Eslovaca 4 4 1.632 MW 44,1%
Romênia 2 0 MW 0%
Rússia 12 4 19.843 MW 11,8%
Suécia 12 10.001 MW 46,6%
Suiça 5 3.050 MW 39,9%
Taiwan 6 4.890 MW 28,7%
Ucrânia 16 5 13.629 MW 37,8%

Fonte: Marinha do Brasil, dados relativos ao ano de 2010.

No Brasil, no caso, temos 2 Usinas Nucleares, elas só respondem por 3% da energia que usamos todos os dias.

Ao redor de todo o mundo os especialistas afirmam que existem cerca de 400 Usinas Nucleares.

Países que Mais Utilizam Energia Nuclear

Energia Nuclear pelo Mundo Afora

A Energia Nuclear é uma das principais fontes de energia da Era Moderna, principalmente nos Países Ricos.

Compartilhar

Facebook Twitter Google Linkedin