dcsimg

Saiba tudo sobre as vagas do Sisu 2016

Confira nosso guia completo sobre as vagas disponíveis no Sisu 2016!

Sisu

Se o seu plano para 2016 é entrar em uma universidade pública, fique de olho no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Este programa do Governo Federal está ganhando cada vez mais adeptos, com número crescente de vagas, candidatos e universidades participantes.

A grande sacada do Sisu é que ele é totalmente informatizado e usa a nota do Enem para classificar os candidatos. Não é necessário fazer nenhum tipo de prova!

São duas edições por ano: uma para ingresso no primeiro semestre e outra no segundo semestre.

O primeiro Sisu de 2016 acontece em janeiro e criamos para você o guia a seguir com tudo que é preciso saber sobre as vagas disponíveis nesse sistema!

Quantas vagas tem no Sisu 2016?

Em janeiro, o Sisu 2016 oferece 228 mil vagas em todo o Brasil. São 228 mil oportunidades de entrar em uma universidade pública de qualidade.

Quais são as universidades participantes do Sisu 2016?

As vagas da primeira edição do Sisu estão distribuídas entre 131 instituições públicas de ensino superior. Todas são reconhecidas pelo MEC e na lista constam universidades brasileira de prestígio, como por exemplo:

  • Universidade de São Paulo (USP)
  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Universidade Federal Fluminense (UFF)
  • Universidade Federal de Minas Gerais (FMG)

Quais são os cursos disponíveis no Sisu 2016?

A lista dos cursos disponíveis no Sisu 2016 é imensa! É possível encontrar praticamente qualquer curso superior, em todas as áreas do conhecimento.

Nele, encontramos aquelas graduações mais tradicionais e procuradas, como:

  • Administração
  • Medicina
  • Odontologia
  • Medicina Veterinária
  • Direito
  • Pedagogia
  • Psicologia
  • Nutrição
  • Engenharia
  • Enfermagem
  • Fisioterapia

Outros cursos, nem tão conhecidos assim, também podem ser encontrados no Sisu 2016. É o caso de Luteria (construção e manutenção de instrumentos musicais), Cooperativismo, Arquivologia e Gravura, apenas para citarmos alguns.

Seja qual for sua área de interesse, portanto, é bem provável que você encontre um curso oferecido pelo Sisu que atenda às suas necessidades.

Além disso, o tipo de graduação também é variado. São quatro possibilidades:

  • Bacharelado: curso superior generalista, com visão ampla de determinado campo do saber. Prepara o aluno para o exercício de atividade profissional, acadêmica ou cultural.
  • Licenciatura: curso superior que forma professores da educação básica.
  • Tecnológico: curso superior de formação especializada em áreas científicas e tecnológicas, voltado para as necessidades práticas do mercado de trabalho.
  • Área Básica de Ingresso (ABI): curso superior que permite, com uma única “entrada”, escolher entre duas ou mais formações acadêmicas após a conclusão de um ciclo básico de disciplinas. Por exemplo: com um único ingresso é possível escolher entre bacharelado ou licenciatura, ou entre habilitações diferentes de uma mesma graduação, como Letras.

Tem vagas para cotas no Sisu 2016?

Sim. A Lei de Cotas garante 50% das vagas para estudantes que tenham cursado todo o ensino médio em escolas públicas. Além disso, as universidades reservam uma parte dessas vagas para estudantes de baixa renda, pretos, pardos e indígenas.

As universidades participantes do Sisu podem ainda destinar vagas para suas próprias políticas de ações afirmativas.

A informação sobre o número de vagas reservadas de cada curso pode ser conferida no sistema de inscrições do Sisu.

Quem pode fazer o Sisu 2016?

Pode participar do Sisu qualquer pessoa que tenha feito o Enem 2015 e não tenha zerado na redação. Não há limite de renda nem de faixa etária.

Quando abrem as vagas do Sisu 2016?

O período de inscrições para a primeira edição do Sisu 2016 é de 11 a 14 de janeiro.

Como se inscrever para o Sisu 2016?

As inscrições para o Sisu 2016 devem ser feitas pela internet, no site do Sisu.

Para se cadastrar no sistema do Sisu e poder concorrer a uma das vagas, você precisa informar seu número de inscrição e senha do Enem.

Com isso, o sistema recupera automaticamente o seu desempenho no Exame. Não é necessário lembrar da sua nota.

Em seguida, você deve escolher até duas opções de curso entre as vagas disponíveis.

Quando sai o resultado do Sisu 2016?

O resultado do Sisu 2016 já sai no dia 18 de janeiro e pode ser consultado de três formas:

  • No site do Sisu – basta entrar na página do Sisu, digitar o login e senha (número de inscrição e senha do Enem 2015) e acessar seu Boletim de Acompanhamento.
  • Nas universidades participantes do Sisu 2016.
  • Na Central de Atendimento do MEC, pelo telefone 0800-616161.

O Sisu 2016 tem lista de espera?

Sim. Caso não tenha passado na primeira opção, você pode se candidatar a uma vaga pela lista de espera. Para isso, será necessário:

  • Manifestar interesse em participar da lista de espera, marcando a opção correspondente no sistema de inscrições do Sisu.
  • Escolher o mesmo curso que marcou como primeira opção no processo regular.

O prazo para manifestar interesse em participar da lista de espera vai de 18 a 29 de janeiro.

A partir do dia 4 de fevereiro as universidades começam a chamar os candidatos que conseguiram uma vaga pela lista de espera.

Alternativas para quem não passou no Sisu

Se você não conseguiu uma vaga na universidade pública pelo Sisu e não tem condições de bancar uma faculdade particular, não desanime!

Há pelo menos dois programas do Governo Federal que podem ajudar você a conquistar este sonho:

ProUni: O Programa Universidade para Todos concede bolsas de estudos a estudantes de baixa renda em universidades privadas. Para participar é obrigatório ter feito o Enem do ano imediatamente anterior, ter alcançado pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação.

Saiba mais em: O que é ProUni?

FIES: O FIES é um financiamento estudantil bancado pelo Governo Federal que oferece juros baixos e prazo a perder de vista. Para participar, é necessário ter feito o Enem a partir de 2010, ter atingido pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior do que zero na redação.

Saiba mais em: Como utilizar o FIES para pagar a faculdade?

Você vai tentar uma vaga no Sisu 2016? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin