dcsimg

Ciência Sem Fronteiras: Fui aprovado e agora? Tire suas dúvidas

Foi aprovado no Ciência Sem Fronteiras e tem dúvidas sobre passaporte, compra de passagens, exame de proficiência e outras coisas? Confira nossas dicas!

Dúvidas são muito comuns para os estudantes que irão viajar para o exterior pela primeira vez. Muitos se encontram nessa situação, principalmente com as oportunidades oferecidas pelo programa Ciências Sem Fronteiras (CsF). Abaixo se encontram algumas das dúvidas mais comuns.

Passaporte

O passaporte e o visto são de responsabilidade do estudante beneficiado.

Para conseguir retirar o passaporte, o interessado deverá preencher um formulário eletrônico na página da Polícia Federal e comparecer a um posto de atendimento, em horário previamente agendado, munido dos seguintes documentos:

  • Documento de Identidade, para maiores de 12 anos;
  • Cadastro de Pessoa Física (CPF);
  • Título de Eleitor e comprovantes de que votou na última eleição ou, em caso de ausência dos comprovantes, o interessado deverá comprovar por meio de declaração da Justiça Eleitoral que está em dia com as obrigações eleitorais ou que justificou a falta na votação;
  • Comprovação de estar em dia com as obrigações militares. Os candidatos que devem comprovar essa situação são os do sexo masculino que tenham entre 19 e 45 anos;
  • Os que forem naturalizados brasileiros deverão apresentar o Certificado de Naturalização;
  • Comprovante do Guia de Recolhimento da União (GRU) referente ao pagamento da taxa para emissão do documento.
  • Caso haja passaporte comum ou de emergência, independente de estar válido ou não, deve ser apresentado. A omissão do mesmo causará pagamento dobrado da taxa.

Justificar votos

Os estudantes que irão passar um ano fora correrão o risco de não participar de eleições que irão decidir o futuro governante da cidade, do estado ou do país.

Para não ficar em dívida com a justiça eleitoral, uma solução é justificar o voto. Isso é feito de forma simples, basta enviar o requerimento de justificativa juntamente com a cópia do documento de identidade e o documento que comprove o motivo pelo qual não poderá estar presente na votação. Esse documento de comprovação pode ser a matrícula na instituição de ensino estrangeira, a cópia do passaporte, do cartão de embarque, etc.

Requerimento de Justificativa Eleitoral

A justificativa deve ser encaminhada para o cartório da zona eleitoral do estudante ou para a embaixada brasileira existente no país onde o estudante se encontra. O prazo para essa apresentação é de até 60 dias após a realização da votação ou de até 30 dias após o retorno do eleitor ao país.

Fique atento ao preencher o formulário! Dados incorretos ou ilegíveis não serão considerados válidos.

Representante Legal no formulário

O formulário de dados complementares, enviado para o candidato por e-mail, deve ser preenchido e encaminhado para o CNPq de forma eletrônica. Neste formulário, é solicitado que o candidato possua um responsável legal no Brasil. Esse representante deve ser maior de 18 anos e possuir Currículo Lattes.

Os Currículos Lattes do candidato e do representante devem se manter constantemente atualizados.

Exames de proficiência

Ser fluente em algum idioma, diferente da sua língua natal, é fundamental para todos os estudantes.

Possuir um certificado de proficiência em inglês é requisito básico para quem deseja fazer um intercâmbio em países que utilizam este idioma.

Apesar das escolas brasileiras de idiomas emitirem um certificado de conclusão de curso, ele não possui validade perante o Ministério da Educação (MEC) e as universidades e empresas de todo o mundo.

O TOEFL e o IELTS são dois dos exames mais famosos e que emitem um certificado válido. O TOEFL é o mais famoso e aceito por todas as universidades que exigem o inglês. O IELTS vem recebendo grande destaque e é aceito pelas universidades do Canadá, Irlanda, Nova Zelândia, Austrália, África do Sul, Reino Unido e vem aumentando gradativamente nos Estados Unidos.

Compra de passagem

Para o recebimento da bolsa, o candidato deve possui conta corrente em um banco do Brasil. Essa conta deve ser no nome do beneficiado e não pode ser conta conjunta ou poupança.

Para bolsas que terão duração de, no máximo, 6 meses, o benefício para compra de passagens de ida e volta será enviado em uma única parcela. As bolsas com duração de 7 meses ou mais, serão depositadas em duas parcelas.

Material didático

O CNPq destina determinado valor para que o estudante possa adquirir material didático, como notebook ou tablet. Esse benefício será pago em uma única parcela e deverá ser utilzado exclusivamente para a aquisição do material. A nota fiscal deverá ficar em posse do estudante, para que possa ser verificado futuramente.

Plataforma Carlos Chagas e Dados bancários

O candidato aprovado deverá inscrever os dados bancários brasileiros na Plataforma Carlos Chagas. É importante lembrar que os dados devem ser cadastrados no nome do beneficiado.

A Plataforma Carlos Chagas é uma base de dados que contém todas as informações referentes aos pesquisadores, estudantes, etc. que possuam vínculo com o CNPq.


IOF para compras no cartão de crédito

Ao utilizar o cartão de crédito no exterior, o estudante tem que ficar atento ao Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). A taxa para compras no exterior com o cartão de crédito é de 6,38%.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin