dcsimg

Documentos para o FIES

Confira a documentação que você precisa apresentar para conseguir o financiamento do FIES

fies-logo

O processo de contratação do financiamento estudantil do FIES começa com a inscrição no portal oficial do programa. Em seguida, você precisa apresentar uma série de documentos na faculdade e no banco onde assinará o contrato.

Fique atento aos documentos que você precisa para fazer o financiamento do FIES!

Documentos para o FIES: Faculdade

Depois de fazer sua inscrição no FIES, é necessário comprovar alguns dados na faculdade para dar andamento no processo. Toda universidade participante do FIES tem um departamento específico para isso, a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA).

É a faculdade que decide quais os documentos serão aceitos para comprovar os dados preenchidos na inscrição e a lista é divulgada no site do FIES. São três grupos de documentos:

  1. Identificação
  2. Comprovantes de Residência
  3. Comprovantes de Rendimentos

1. Identificação do estudante e dos membros do seu grupo familiar:

Para a comprovação de identidade, a CPSA pode pedir um dos seguintes documentos:

–       Carteira de Identidade fornecida pelos órgãos de segurança pública.

–       Carteira Nacional de Habilitação, novo modelo (com foto), dentro do prazo de validade.

–       Carteira Funcional emitida por repartições públicas ou órgãos de classe de profissionais liberais, desde que reconhecidas por Decreto.

–       Identidade Militar expedida pelas Forças Armadas ou forças auxiliares.

–       Registro Nacional de Estrangeiros (RNE), quando for o caso.

–       Passaporte emitido no Brasil.

–       Carteira do Trabalho e Previdência Social (CTPS).

2. Comprovantes de residência:

Para fazer a comprovação de residência, a CPSA pode solicitar um dos seguintes documentos:

–       Contas de luz, água, gás, ou telefone (fixo ou celular).

–       Contrato de aluguel em vigor, com firma do proprietário do imóvel reconhecida em cartório, com um dos comprovantes de conta de água, gás, luz ou telefone em nome do proprietário.

–       Declaração do proprietário do imóvel confirmando a residência, com firma reconhecida em cartório, acompanhada de algum comprovante de conta de água, gás, luz ou telefone em nome do proprietário.

–       Declaração anual do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF).

–       Demonstrativo ou comunicado do INSS ou da Receita Federal.

–       Contracheque emitido por órgão público.

–       Boleto bancário de mensalidade de plano de saúde, escola, condomínio ou financiamento habitacional.

–       Fatura de cartão de crédito.

–       Extrato ou demonstrativo bancário de empréstimo, aplicação financeira, corrente, poupança, ou outras contas bancárias.

–       Extrato do FGTS.

–       Guia ou carnê de IPTU ou IPVA.

3. Comprovantes de rendimentos:

Para comprovar a renda do estudante e dos membros do seu grupo familiar, a CPSA pode pedir diferentes documentos, dependendo do tipo de atividade ou fonte de renda. A comissão tem o direito de solicitar pelo menos um dos comprovantes e poderá exigir documentação extra para fazer a comprovação.

Assalariados

–       Contracheque.

–       Declaração de IRPF com recibo de entrega à Receita Federal e notificação de restituição.

–       CTPS registrada e atualizada ou carnê do INSS com recolhimento em dia, no caso de empregados domésticos.

–       Extrato do FGTS referente aos seis últimos meses.

–       Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos.

Atividade Rural

–       Declaração de IRPF com recibo de entrega à Receita Federal e notificação de restituição.

–       Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ).

–       Declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao estudante ou a membros de seu grupo familiar, quando for o caso.

–       Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos, da pessoa física e das pessoas jurídicas vinculadas.

–       Notas fiscais de vendas dos últimos seis meses.

Aposentados e Pensionistas

–       Três últimos comprovantes de recebimento de aposentadoria ou pensão, pelo menos.

–       Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos.

–       Declaração de IRPF com recibo de entrega à Receita Federal e notificação de restituição.

–       Extrato de pagamento dos últimos três meses emitido pela Internet.

Autônomos

–       Declaração de IRPF com recibo de entrega à Receita Federal e notificação de restituição.

–       Declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao estudante ou a membros de seu grupo familiar, quando for o caso.

–       Guias de recolhimento ao INSS dos três últimos meses, compatíveis com a renda declarada.

–       Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos.

Profissionais Liberais

–       Declaração de IRPF com recibo de entrega à Receita Federal e notificação de restituição.

–       Declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao estudante ou membros de seu grupo familiar, quando for o caso.

–       Guias de recolhimento ao INSS dos três últimos meses, compatíveis com a renda declarada.

–       Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos.

Sócios e Dirigentes de Empresas

–       Três últimos contracheques de remuneração mensal.

–       Declaração de IRPF com recibo de entrega à Receita Federal e notificação de restituição.

–       Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ).

–       Declarações tributárias referentes a pessoas jurídicas vinculadas ao estudante ou a membros de seu grupo familiar, quando for o caso.

–       Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos, da pessoa física e das pessoas jurídicas vinculadas.

Rendimentos de Aluguel ou Arrendamento de Bens Móveis e Imóveis

–       Declaração de IRPF com recibo de entrega à Receita Federal e notificação de restituição.

–       Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos.

–       Contrato de locação ou arrendamento devidamente registrado em cartório acompanhado dos três últimos comprovantes de recebimentos.

Documentos para o FIES: Banco

Após a comprovação das informações na faculdade, você receberá um Documento de Regularidade de Inscrição (DRI) e precisará levá-lo ao banco, juntamente com outros documentos, para assinar o contrato de financiamento do FIES.

Documentos do estudante:

–       Documento de Regularidade de Inscrição (DRI) emitido pela CPSA;

–       Termo de concessão ou de atualização do usufruto de bolsa parcial do ProUni, se for o caso;

–       Documento de identificação;

–       CPF próprio (se menor de 18 anos de idade não emancipado, CPF do seu representante legal);

–       Certidão de casamento, CPF e documento de identificação do cônjuge, se for o caso;

–       Comprovante de residência.

Documentos do fiador (no caso da opção por fiança convencional ou fiança solidária):

–       Documento de identificação;

–       CPF;

–       Certidão de casamento;

–       CPF e documento de identificação do cônjuge, se for o caso;

–       Comprovante de residência;

–       Comprovante de rendimentos, salvo no caso de fiança solidária.

Veja também:

Como utilizar o FIES para pagar a faculdade

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin