dcsimg

O que é o aditamento do FIES?

Entenda o que é e como fazer o aditamento do FIES para não perder o seu financiamento!

fies-logo

O aditamento é a renovação do contrato de financiamento do FIES, um procedimento que deve ser feito todo semestre. Esta renovação serve para confirmar que o aluno continua em situação regular na instituição de ensino para a qual solicitou o financiamento, e também corrigir ou alterar dados do contrato. O processo é conduzido pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) de cada instituição e acontece no período de matrículas. O prazo para solicitação do aditamento é definido pela própria faculdade, dentro das regras estabelecidas pelo Ministério da Educação (MEC).

O aditamento do FIES é obrigatório. Entenda o que é e como fazer a renovação do contrato para não perder o benefício do FIES!

Como fazer o aditamento do FIES?

O aditamento é realizado por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFIES) no endereço sisfiesportal.mec.gov.br. A Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da sua faculdade solicitará a renovação do contrato. O estudante deve fazer a confirmação dos dados no sistema em até 20 dias a partir da data de conclusão da solicitação.

Se as informações do contrato estiverem corretas, o aluno deve retirar na CPSA uma via do Documento de Regularidade de Matrícula (DRM), que é assinado pelo presidente ou vice-presidente da Comissão. Este documento confirma que o aluno continua estudando na faculdade para a qual pediu o financiamento. Se o contrato trouxer algum dado incorreto, o estudante deve entrar em contato com a CPSA para fazer as correções e pedir o reinício do processo.

Qual é o prazo para fazer o aditamento do FIES?

A regulamentação do MEC estabelece que:

  • No primeiro semestre, o processo de renovação deve acontecer entre o dia 1 de dezembro do ano anterior e o dia 31 de março do ano corrente.
  • No segundo semestre, a renovação deve ser feita entre os dias 1 de julho e 31 de agosto do ano corrente.

Informe-se sobre os prazos da sua faculdade!

O que acontece se o aditamento não for realizado?

O aditamento semestral do FIES é requisito obrigatório para a continuidade do financiamento. O estudante que não fizer a renovação a cada semestre terá seu contrato cancelado. O aditamento precisa ser feito semestralmente, mesmo que a matrícula do curso aconteça uma única vez ao ano. É importante lembrar ainda que a renovação só é permitida se o aluno não estiver inadimplente, ou seja, estiver com todas as parcelas do FIES em dia (no caso de financiamento de 100%) da faculdade e com todas as parcelas do FIES e mensalidades em dia (no caso de financiamentos parciais).

O estudante que deixou de pagar uma mensalidade antes de contratar o financiamento deve quitar a dívida para conseguir realizar o aditamento. O FIES não tem caráter retroativo.

Se você perdeu os prazos para o aditamento do FIES, procure a CPSA da sua faculdade.

Qual a diferença entre aditamento simplificado e não simplificado?

Existem duas modalidades de aditamento do FIES: simplificado ou não simplificado.

O aditamento simplificado é aquele em que não há alteração de cláusulas no contrato do financiamento. Ele é renovado nas mesmas condições que no semestre anterior.

Já o aditamento não simplificado ocorre quando há mudanças no contrato, tais como: troca de fiador, alteração da faculdade em que o estudante está matriculado, necessidade de aumento do prazo de pagamento ou ainda atraso no pagamento da parcela trimestral de juros. Os primeiros passos para renovação são os mesmos para o aditamento simplificado, você terá que confirmar os dados no sistema e comparecer à CPSA da sua faculdade para obter o DRM. Em seguida, deve ir até a agência bancária onde assinou o contrato, juntamente com o seu fiador, levando todos os documentos exigidos no processo, para formalizar as alterações. O prazo para o aditamento não simplificado é de dez dias corridos, a partir do terceiro dia útil após a confirmação eletrônica do aditamento, feita por meio do SisFIES.

O que é o FIES?

O Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) é um programa do Ministério da Educação (MEC) que tem o objetivo de facilitar o acesso ao ensino superior em instituições privadas através da concessão de financiamento para o custeio dos cursos, com juros de 6,5% ao ano.

Como funciona o FIES?

O FIES ajuda a pagar a mensalidade de universidades privadas. O processo é dividido em três fases:

  1. Utilização: Do período em que o estudante começa a receber o benefício, até a sua formatura, deve pagar apenas os valores referentes aos juros do financiamento. O pagamento é feito em parcelas trimestrais.
  2. Carência: É um prazo concedido para que o estudante possa se organizar financeiramente antes de começar a quitar a dívida. Pode ser de vários meses e nessa fase só é preciso pagar as parcelas trimestrais referentes aos juros.
  3. Amortização:  Quando termina o período de carência, o estudante começa a pagar a dívida do financiamento. O prazo depende da duração do curso financiado.

Veja também:

Faculdades que aceitam o FIES

Conseguiu fazer o seu aditamento do FIES? Tem alguma dica para compartilhar com a gente? Deixe um comentário!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin