dcsimg
Ciências Atuariais: saiba mais sobre este curso

Ciências Atuariais: saiba mais sobre este curso

Ciências atuariais

Habilitação:
Atuário
Duração do Curso:
4 anos
Área:
Exatas
Atributos do Profissional:
Persistência e Raciocínio Lógico

A Carreira em Ciências atuariais

As Ciências atuariais são as ciências que estudam e analisam riscos dentro da área de Economia e Finanças.

Analisar riscos e expectativas através das Ciências Atuariais são de fundamental importância para o bom desenvolvimento econômico de uma empresa, instituição ou país, pois através dessas análises é possível prever os cenários futuros. Esta previsão (baseada obviamente em ciência e não pura especulação) é cuidadosamente desenvolvida com base em bancos de dados e também em Probabilidade e Matemática Financeira.

As Ciências atuariais, assim como acontece na Meteorologia (previsão do tempo), também podem errar suas previsões, no entanto tudo é programado para que estes erros sejam os menores possíveis.

O Bacharel em Atuaria (profissional de Ciências Atuariais) além de trabalhar analisando e quantificando riscos, também pode atuar em empresas de seguros avaliando danos e administrando financeiramente o caixa das empresas para garantir que elas consigam honrar seus compromissos (pagar tudo o que devem).

O profissional de Ciências Atuariais também pode atuar juntamente com Economistas e Contadores, realizando o balanço patrimonial e cuidando da Gestão Patrimonial das empresas, planejando compras, vendas e garantindo sempre a maior valorização possível dos patrimônios.

Embora pareça uma Ciência Moderna (é pouco conhecida no Brasil), as Ciências Atuariais já existem desde o Século XIX. Elas foram desenvolvidas na Inglaterra, a partir da criação da Teoria da Probabilidade dentro da Economia. A Inglaterra, na época, vivia um “boom” econômico e era o país mais rico e poderoso do mundo.

O Curso de Ciências Atuariais

O curso de Ciências Atuariais, é recomendado para quem realmente gosta de Matemática. Em suas diversas formas, ela estará sempre presente no curso de Ciências Atuariais, seja em Cálculo, Estatística ou então a fundamental Matemática Financeira.

Além da Matemática que vai ser muito cobrada, principalmente no primeiro ano (que tem Cálculo) e no segundo ano, a partir do terceiro ano muitas faculdades também oferecem disciplinas de Humanas para diversificar a formação do profissional de Atuaria.

Gramática, Redação e até mesmo Psicologia Básica são matérias que aparecem muito nesta altura do curso. A questão da língua Portuguesa, por sinal, é um fator fundamental para o profissional de Ciências Atuariais, afinal sua principal função é produzir relatórios para os executivos tomarem suas decisões.

No último ano, principalmente nas Universidades Federais é sempre necessário que o aluno escreva e apresente um trabalho original (Trabalho de Conclusão de Curso – TCC) para obter o diploma de Ciências Atuariais.

Após terminar seu curso, assim como acontece em algumas profissões, o Bacharel em Atuaria, só poderá trabalhar após fazer e passar na prova do Instituto Brasileiro de Atuária.

Grade Básica do Curso de Ciências atuariais

  • Cálculo;
  • Cálculo Numérico;
  • Estatística;
  • Matemática Financeira;
  • Estatística;
  • Língua Portuguesa;
  • Técnicas de Redação;
  • Psicologia Básica;
  • Contabilidade Básica;
  • Trabalhos Práticos Gerais de Ciências atuariais.

Melhores Faculdades de Ciências Atuariais

Abaixo listamos algumas faculdades que oferecem o curso de graduação em Ciências Atuariais com qualidade reconhecida pelas avaliações do Ministério da Educação (MEC) e, também, pelos resultados obtidos no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE). Confira:

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – Rio de Janeiro – RJ;
  • Universidade de São Paulo (USP) – São Paulo – SP;
  • Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) – Belo Horizonte – MG;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) – Porto Alegre – RS;
  • Universidade Federal da Paraíba (UFPB) – João Pessoa – PB;
  • Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL) – Varginha – MG;
  • Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – (PUCSP) – São Paulo – SP;
  • Centro Universitário das Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU) – São Paulo – SP;
  • Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUCMINAS) – Belo Horizonte – MG;
  • Faculdade de Educação Superior do Paraná (FESPPR) – Curitiba – PR.

A História dos Bancos

Moedas Antigas: A Primeira Forma Eficaz de Trocar e Guardar Riquezas

Bancos são instituições fundamentais para o Mundo Moderno, estamos sempre usando para sacar ou guardar dinheiro. Não se sabe ao certo qual foi o primeiro banco do mundo e nem onde surgiu ao certo, mas se sabe que a necessidade de guardar riquezas é ancestral, ela junto com a necessidade de juntar riquezas surgiu junto com a raça Humana.

A provável origem dos bancos e também da base das primitivas Ciências atuariais (as Ciências atuariais modernas só surgiram no século 19) os historiadores acreditam que está na velha Mesopotâmia. Como o Estado era forte e, principalmente, a Religião era forte, os profissionais de história acreditam que nesta época as pessoas tinham o costume de guardar as suas riquezas nos templos e palácios Imperiais.

Essa fonte de riqueza tornava por sinal a religião e o estado ainda mais fortes. No entanto essa prática às vezes era catastrófica, pois os inimigos frequentemente atacavam e roubavam esses templos, pois sabiam que estavam cheios de ouro e até mesmo comida.

Os bancos e também as Ciências Atuariais começaram a tomar sua forma moderna na época do Império Romano, nesta época o costume de guardar riquezas nos templos havia mudado e começaram a surgir os bancos mesmo, independentes da religião.

Nessa época inclusive surgiu o termo “banco”, que é amplamente usado em todas as línguas modernas (bank em Inglês e banque em Francês, por exemplo). No entanto, as práticas bancárias não evoluíram muito na época Romana, pois os Romanos não usavam papel moeda e sim de transações em ouro, limitando bastante o papel dos bancos.

As Ciências Atuariais e práticas bancárias só deram um novo salto no século IX, quando o líder muçulmano Harun Al-Rashid e os comerciantes Árabes desenvolveram o Sakk, que na era moderna é conhecido como cheque.

Feira Medieval: Grande Oportunidade de Fechar Negócios

No século XII com a evolução do comércio em escala mundial os cheques já eram tão usados quanto o dinheiro vivo. Comerciantes Árabes, Judeus e Europeus trocavam constantemente cheques com Chineses.

Durante a Idade Média, um novo costume surgiu, a realização das chamadas Feiras Medievais, onde toneladas de produtos eram vendidos e muitos negócios eram fechados. Esse novo hábito cultural evoluiu ainda mais os bancos, pois nessas ocasiões os comerciantes, banqueiros e líderes aproveitavam pra trocar grandes quantidades de cheques e dinheiro, também aproveitando para pagar uns aos outros.

As feiras Medievais aconteciam de tempos em tempos em algumas cidades estratégicas e eram um evento importantíssimo a nível continental.

Adam Smith: O Economista mais Influente de seu Tempo

A etapa final que deu aos bancos a sua definitiva forma moderna se deu na época do século XVII. Mais especificamente no ano de 1776, ano em que o lendário Economista Adam Smith escreveu sua obra prima, o livro A Riqueza das Nações, revolucionando o modo com que o mundo via o dinheiro e a riqueza.

Nessa época o Novo Mundo (Américas) estava dando um novo fôlego à economia mundial, tanto em reservas de ouro quanto em potencial de mercado. Surgiram, também nesta época, novas formas de atividades bancárias, como: bolsas de valores e novas instituições tais como empresas de seguros o que também impulsionou bastante as atividades de Ciências Atuariais.

Especializações da Carreira de Ciências Atuariais

Dependendo do perfil do profissional ele pode optar pelas seguintes especializações dentro das Ciências Atuariais:

Gestão Patrimonial

Especialização onde o profissional de Ciências Atuárias atua pesquisando, catalogando e avaliando o patrimônio da empresa. Ele pode atuar avaliando riscos, necessidades de cobertura de seguros e também na preparação de vendas e fusões de empresas, casos em que as empresas precisam que os seus dados patrimoniais estejam muito bem especificados.

Auditoria Atuaria

Nesta especialização, o profissional atua basicamente como um fiscal, fiscalizando a atividade financeira de empresas que trabalham com dinheiro e riscos (seguradoras, bancos etc).

Estatística Atuaria

Especialização onde o bacharel em Ciências Atuariais atua calculando valores de seguros, valores das prestações destes seguros e também o riscos deles serem pagos ou não em determinada região. Este profissional é fundamental para a produção de contratos em geral, apólices de seguros e também para determinar os preços dos planos de saúde.

Planejamento Atuário

Nesta especialização o profissional de Ciências Atuárias trabalha calculando as necessidades financeiras das empresas e quanto dinheiro elas vão precisar manter no caixa (o quanto vão ter que guardar ou economizar). É fundamental para toda empresa manter uma fonte segura de caixa, esse dinheiro pode ser usado para pagar dívidas, como garantia de empréstimos e também para contornar períodos longos de crise.

Carreira de Atuária: Aspectos Positivos

À medida que a Economia Brasileira vai se integrando e se entrelaçando com a Economia Mundial a necessidade de profissionais de Ciências Atuariais cresce consideravelmente. As empresas Brasileiras estão deixando de serem meras recebedoras de investimentos (passivas) para se tornarem fontes de investimentos (ativas), gastando e investindo em mercados estrangeiros, principalmente na África, que é pobre, mas tem um grande potencial de desenvolvimento de novos negócios.

Para poder investir com segurança é necessário analisar os riscos, é nesse momento que entram os profissionais de Ciências atuariais. Os mercados de Seguros, Planos de Saúde e Previdência Privada também tem gerado muitos empregos.

Carreira de Atuária: Aspectos Negativos

O principal aspecto negativo das Ciências atuariais é a competição que existe entre os profissionais da área, os Economistas e os Contadores. Assim como acontece em muitas carreiras não é raro que estes três tipos de profissionais estejam aptos para a mesma vaga. Isso aumenta e muito o nível de competição dentro do mercado de Ciências Atuariais.

[Procurando Crescer na Carreira? Encontre uma Faculdade ou Especialização!]

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin