dcsimg
Engenharia do Petróleo: curso e mercado de trabalho

Engenharia do Petróleo: curso e mercado de trabalho

A carreira em Engenharia de Petróleo

O engenheiro de petróleo detém um conhecimento amplo e específico de todas as etapas dos processos de extração de petróleo e gás. Entre suas atividades principais está a descoberta e exploração de jazidas de petróleo e gás natural. Para isso, combina conhecimentos da Engenharia de Petróleo com Geologia e Mineração.

O engenheiro de petróleo também pode atuar no acompanhamento da produção de derivados do petróleo, coordenando operações de beneficiamento. Seus conhecimentos também permitem que esse profissional trabalhe com a comercialização do petróleo, gás natural, combustíveis e outros.

O principal campo de atuação do engenheiro de petróleo certamente está nas empresas petrolíferas, indústrias petroquímicas e refinarias. Por se tratarem de empresas de grande porte, as possibilidades de crescimento também são grandes.

Um ponto em comum nas diversas atividades que este engenheiro pode exercer é a responsabilidade com as equipes de trabalho e a segurança das pessoas nos processos de extração.

Outra área que o engenheiro de petróleo pode atuar é o de consultoria de empresas, na qual pode orientar sobre aspectos ambientais e legais, aspectos de gestão, segurança do trabalho, transporte de combustíveis e armazenagem, entre outros.

O engenheiro de petróleo também pode contribuir no desenvolvimento de equipamentos, projetando e acompanhando os processos de produção de equipamentos utilizados em plataformas de extração e beneficiamento.

Perfil do profissional formado em Engenharia de Petróleo

Quem se interessa em seguir a carreira em Engenharia de Petróleo precisa gostar de estudar e se manter atualizado. Gosto por Ciências, Geografia, Geologia, Química e Física são fundamentais.

Por ser uma profissão muito ligada ao mercado internacional, dominar outros idiomas é muito importante.

Por vezes o engenheiro de petróleo trabalha com profissionais de outras áreas, como Geologia e Mineração, e por isso é preciso ter capacidade de se comunicar e trabalhar em equipes multidisciplinares.

Em alguns casos, o engenheiro de petróleo precisa trabalhar em plataformas em alto mar, ou em navios de beneficiamento e/ou transporte. Nesses casos é preciso estar disposto a passar semanas embarcado, isolado e concentrado no seu trabalho.

Mercado de trabalho para quem faz Engenharia de Petróleo

O mercado de trabalho para engenheiros de petróleo é muito aquecido e os profissionais não encontram grandes dificuldades em conseguir emprego logo após se formarem.

Além de ser um mercado crescente, a quantidade de mão de obra disponível é baixa, o que gera um alto nível de empregabilidade. Muitas empresas ainda investem na formação do profissional contratado, oferecendo cursos de especializações.

As principais reservas de petróleo e gás do país se encontram nas regiões Sul e Sudeste, principalmente na costa marítima dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Por esse motivo, nesses dois estados é que se encontra a maior parte da indústria de petróleo e gás e, por consequência, a maior quantidade de vagas.

Existem jazidas de petróleo por toda a costa brasileira, o que indica que mesmo sendo um mercado reduzido nos outros estados litorâneos, ainda existem oportunidades de emprego.

Sobre o curso superior em Engenharia de Petróleo

O curso superior em Engenharia do Petróleo dura quatro anos e inicia com as disciplinas básicas e comuns das Engenharias, como Matemática, Física e Química. Em seguida, o curso oferece disciplinas específicas da prática da profissão, tais como Fontes de Energia, Técnicas de Exploração, Ciências dos Materiais, Refino e Prospecção de Petróleo.

Para que o profissional tenha uma boa visão de negócios, o curso conta ainda com matérias de Marketing, Empreendedorismo, Gestão Ambiental e Direito Internacional.

Onde estudar Engenharia de Petróleo

Confira algumas das principais universidades reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso superior em Engenharia de Petróleo:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Curso de Engenharia do Petróleo

Você gostaria de seguir carreira na área de Engenharia de Petróleo? Deixe seu comentário aqui!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin