dcsimg
Engenharia Elétrica: carreira e mercado de trabalho

Engenharia Elétrica: carreira e mercado de trabalho

A Carreira em Engenharia Elétrica

Atualmente é difícil imaginarmos nossa vida sem energia elétrica. Ligar um interruptor de luz, assistir televisão, fazer uma ligação pelo celular ou guardar comida na geladeira, todas essas ações dependem do trabalho do engenheiro elétrico, ou engenheiro eletricista.

O engenheiro elétrico é responsável por planejar, construir e manter sistemas capazes de gerar, transmitir e distribuir energia elétrica. Seu objetivo é levar energia elétrica a toda a população de forma segura e com qualidade.

Ele pode atuar em diferentes áreas, como por exemplo:

  • Construção Civil – Atua na projeção dos circuitos elétricos necessários para a construções ou reformas e define os materiais a serem utilizados. Elabora plantas de indústrias de geração de energia.
  • Automação – Planeja e desenvolve estruturas de automação elétrica para indústrias. Faz adaptações na planta elétrica de edifícios para comportarem sistemas automatizados.
  • Fornecimento de Energia Elétrica – Atua na criação de hidrelétricas, usinas eólicas e solares. Define o dimensionamento de turbinas e contribui em sistemas de armazenamento e redes de transmissão.
  • Telecomunicações – Atua na construção de sistemas de telefonia e de transmissão de dados. Contribui no processo de fabricação de aparelhos de telefonia.
  • Eletroeletrônica – Participa do desenvolvimento de sistemas e componenetes eletrônicos. Cria placas eletrônicas que garantem o funcionamento de vários equipamentos de uso doméstico ou industrial.

Para exercer a profissão, além de diploma superior em uma instituição de ensino credenciada pelo MEC, o engenheiro precisa obter um registro no CREA (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) de seu estado.

Perfil do profissional formado em Engenharia Elétrica

Quem deseja seguir carreira em Engenharia Elétrica deve gostar de Matemática, Física e Tecnologia.

Curiosidade e interesse por solucionar problemas são outras características importantes deste profissional.

Conhecimentos em inglês ajudarão o engenheiro elétrico a estar sempre atualizado com relação às novas tecnologias e tendências do setor.

Mercado de trabalho para quem faz Engenharia Elétrica

O mercado de trabalho para engenheiros elétricos está aquecido. Grandes obras de infraestrutura, a expansão da área de telecomunicações e investimentos em energia renovável têm contribuído para a crescente demanda por profissionais na área de Engenharia Elétrica.

Algumas das empresas que mais contratam este profissional são:

  • Usinas
  • Subestações
  • Linhas de Transmissão
  • Empresas de Telecomunicações
  • Construtoras
  • Indústrias que fabricam sistemas elétricos e de automação

Um engenheiro elétrico pode trabalhar em órgãos públicos (como secretarias, ministérios e instituições municipais, estaduais e federais) e também na iniciativa privada.

Sobre o curso superior em Engenharia Elétrica

A graduação em Engenharia Elétrica possui a habilitação de bacharelado e duração de 5 anos. É possível encontrar este curso na modalidade a distância.

A estrutura curricular do bacharelado em Engenharia Elétrica possui disciplinas generalistas de Matemática, Física, Química e Computação. Também aborda matérias mais específicas da profissão nas áreas de:

  • Eletrônica
  • Sistemas de Energia Elétrica
  • Telecomunicações
  • Sistemas de Controle
  • Processamento de Sinais
  • Eletrônica de Potência

O curso de Engenharia Elétrica possui muitas atividades práticas em laboratório. Ao final do curso o aluno deverá realizar um estágio supervisionado na área.

Onde estudar Engenharia Elétrica

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Engenharia Elétrica:

Veja também:

Quanto ganha um engenheiro elétrico?

Você gostaria de seguir carreira na área de Engenharia de Elétrica? Deixe seu comentário aqui.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin