dcsimg

Saiba como virar juiz

A profissão de juiz atrai candidatos que buscam altos salários e estabilidade. Veja o que estudar para construir uma carreira nesta área tão disputada!

direito

O juiz desempenha papel extremamente importante na sociedade. Ele tem a função de analisar e julgar processos, tomando decisões que impactam diretamente a vida das pessoas ou empresas envolvidas em cada caso. Por ser um cargo de grande responsabilidade, é exigida sólida formação acadêmica e experiência profissional para exercê-lo.

Quem pretende seguir a carreira de juiz precisa se formar em Direito, trabalhar um tempo na área jurídica e depois se candidatar a uma vaga em concurso público. Ao todo, são necessários pelo menos oito anos de preparação para ingressar nesta carreira.

A dedicação, no entanto, vale muito a pena! Os salários dos juízes estão entre os mais altos do País. A profissão conta com estabilidade e grande reconhecimento. Os juízes podem ainda planejar a carreira e buscar progressão à medida que adquirem experiência, ocupando postos com mais responsabilidade ou conseguindo transferência para cidades maiores.

Conheça melhor esta profissão, confira a formação necessária e o que mais você deve fazer para virar juiz!

A carreira de juiz

No Brasil, o juiz é um funcionário público estadual ou federal, dependendo do cargo que ocupa. Ele pode atuar na justiça especializada, como a trabalhista, a eleitoral e a militar, ou ainda na justiça comum. Sua rotina de trabalho envolve a análise de processos, tomada de decisões, emissão de despachos, realização de audiências e atendimento de advogados.

Este profissional pode trabalhar em diversas áreas de atuação, as chamadas “varas”. Nas cidades menores é comum existir uma única vara, que reúne diferentes tipos de ação. Nas cidades maiores há varas específicas para receber cada tipo de processo. As varas da Infância e Juventude, Cível, de Família e Criminal são alguns exemplos.

Embora a remuneração dos juízes seja bastante atraente, com salários iniciais de R$ 20 mil, em média, a profissão exige bastante dedicação, atenção e discernimento. Há um número excessivo de processos que aguardam julgamento no País, sobrecarregando o trabalho nesta área, em todas as esferas processuais. Outra questão é a responsabilidade de decidir e proferir sentenças em meio a conflitos de interesses. Muitas vezes a tarefa de julgar os fatos apresentados resulta em grande pressão emocional para os juízes. Por isso é importante ter certo preparo e bagagem profissional para ingressar nesta carreira.

O que é preciso fazer para virar juiz

Confira o passo a passo para ingressar nesta profissão:

  1. Em primeiro lugar, você deve fazer um curso superior de Direito.
  2. Depois de formado, precisa acumular três anos de experiência profissional na área jurídica.
  3. Por último, deve prestar um concurso público.

É um longo caminho. Cinco anos de graduação, três de trabalho e mais um tempinho para conseguir passar no concurso para uma vaga de juiz. O exame é composto por provas orais e escritas sobre matérias do Direito.

Depois de conseguir aprovação no concurso público, o candidato ainda precisa frequentar uma escola de magistratura para aprender os aspectos técnicos da profissão e desenvolver competências específicas.

No início da carreira, o profissional ocupa o cargo de juiz substituto. Ele atua em cidades menores, ao lado de um juiz titular, para adquirir experiência. Só depois de dois anos nesta função é que pode buscar uma transferência para cidades maiores, até ser promovido a Juiz de Direito.

O curso de Direito

A formação em Direito é a base essencial para a construção da carreira de juiz. Atualmente é um dos cursos superiores mais procurados do País. Há cerca de 1,3 mil graduações em Direito reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) em faculdades públicas e privadas de todo o Brasil.

Esse bacharelado tem duração de cinco anos e acontece de forma presencial. Algumas faculdades oferecem Direito em período integral. É uma graduação que exige bastante leitura e apresentação de trabalhos. Nos primeiros semestres, os alunos estudam a fundo disciplinas das Ciências Humanas, como Sociologia e Ciência Política.

A partir do terceiro ano, entram no currículo disciplinas sobre as diferentes áreas do Direito, como Civil, Penal, Empresarial e Trabalhista.

São comuns também atividades práticas ao longo da formação, nas quais os alunos atuam como juízes ou advogados em julgamentos simulados.

É necessário fazer estágio e apresentar um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) ao final da graduação.

Onde estudar para virar juiz

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Direito:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Quanto ganha um juiz?

Pretende se tornar juiz? Para atuar em qual área? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin