dcsimg

Curso de Economia Doméstica

Conheça o curso de Economia Doméstica e fique por dentro das oportunidades e desafios da profissão e o impacto desta com o desenvolvimento da sociedade.

Economia Doméstica

Economia Doméstica

Habilitação:
Bach. Economia Doméstica
Duração do Curso:
4 anos
Área:
Humanas
Atributos do Profissional:
Responsabilidade e Honestidade
Salário Médio:
R$ 1654,00

O curso de graduação em Economia Doméstica teve seu início no ano de 1952, na Universidade Federal de Viçosa (UFV). Alguns anos depois, em 1971 foi criado o curso de Licenciatura em Economia Doméstica na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Este curso utiliza de técnicas e conhecimentos para garantir uma melhor qualidade de vida para as pessoas e comunidades.

Atuação no Mercado de Trabalho

O profissional de Economia Doméstica atua no planejamento, implantação e orientação de programas que prezam pelo desenvolvimento da sociedade. Estes programas abrangem tanto a saúde, alimentação, vestuário e habitação, quanto os direitos do consumidor e economia familiar. O Economista Doméstico acompanha e avalia os lançamentos de produtos no mercado e, com isso, elabora programas que irão apoiar o consumidor na hora do seu emprego no lar. Além do mais, ele desenvolve e fornece cursos nas comunidades onde a população possui uma renda menor, ensinando noções básicas de higiene, alimentação e economia, evitando o desperdício de alimentos e melhorando a nutrição. O profissional formado no curso de Engenharia Doméstica também gerenciam restaurantes e organiza os espaços nas organizações.

Graduação e Grade Curricular

O curso de Economia Doméstica tem duração média de quatro anos. Geralmente no 3º ano o aluno deve optar por Bacharelado ou Licenciatura. Entre as disciplinas que são fornecidas, encontram-se: Desenvolvimento da Criança, Economia Familiar, Princípios de Nutrição, Higiene, Noções de Calculo e Bioquímica, Administração, Educação Sanitária, Oficina de Design e Criatividade, Empreendedorismo, Administração do Serviço de Alimentação e Nutrição Aplicada. A execução do estágio supervisionado é indispensável, pois garante maior prática e aplicação do conteúdo desenvolvido durante o andamento do curso.

Melhores Faculdades

Apesar de ser um curso antigo, o curso de Economia Doméstica ainda é ministrado em poucas instituições de ensino superior do país. É importante que o aluno verifique se a universidade por ele escolhida possui reconhecimento do Ministério da Educação (MEC), pois somente assim o curso possui validade. As principais faculdades que oferecem o curso de Economia Doméstica com reconhecimento do MEC, são:

  • Universidade Federal de Viçosa (UFV) –Minas Gerais;
  • Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ ) – Rio de Janeiro;
  • Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN ) – Rio Grande do Norte;
  • Faculdades Integradas Coração de Jesus (FAINC) – São Paulo;
  • Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE ) – Pernambuco;
  • Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste) – Paraná;
  • Universidade Federal de Pelotas (UFP ) – Rio Grande do Sul;
  • Faculdade de Ciências Humanas Francisco Beltrão (FCHFB) – Paraná.

CFED

O Conselho Federal de Economistas Domésticos (CFED), libera em seu site diversas informações sobre esta profissão, incluindo o código de ética que tem por objetivo indicar os princípios e normas que vão guiar a conduta moral e profissional desta classe. De acordo com o Artigo 2º, o Economista Doméstico terá como valores básicos de conduta:

  1. Honestidade;
  2. Responsabilidade;
  3. Justiça Social;
  4. Seriedade;
  5. Liberdade;
  6. Fraternidade;
  7. Humanidade;
  8. Compromisso social com o desenvolvimento da pessoa humana;
  9. Trabalho.

Características que ajudam na formação de um bom profissional

É importante que ao iniciar um curso nesta área, o aluno tenha interesse por questões sociais e econômicas, facilidade de se comunicar e de lidar com pessoas, equilíbrio, capacidade de analisar problemas e dedicação. Aqueles que possuem estas características potencialmente vão obter mais sucesso na profissão, garantindo boas oportunidades de trabalho e uma melhor remuneração. Ao trabalhar com áreas que prezam o bem da sociedade é muito importante ter vocação e vontade de servir aos outros da melhor forma possível, desenvolvendo a qualidade de vida.

[Procurando Crescer na Carreira? Encontre uma Faculdade ou Especialização!]

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin