dcsimg

O Itamaraty e as Relações Internacionais

Conheça o papel do Ministério de Relações Exteriores, o famoso Itamaraty. Veja também a área de atuação do profissional de Relações Internacionais!

O Ministério das Relações Exteriores e o profissional de Relações Internacionais

O Itamaraty é um órgão governamental dentro do poder executivo, que é oficialmente conhecido como o Ministério das Relações Exteriores. É interessante não confundi-lo com o palácio do Itamaraty situado no Rio de Janeiro (que também já foi sede do ministério das relações exteriores no passado). O nome do ministério é bastante sugestivo, indicando sua importância nas relações diplomáticas com demais países. Desta forma, este ministério também é um dos focos principais dos jovens profissionais de relações internacionais, não somente pela oportunidade em trabalhar em um órgão governamental renomado, mas também na grande oportunidade de contato com diversas culturas e os desafios desta jornada.

Como citado acima, o Ministério das Relações Exteriores já teve sua sede no palácio do Itamaraty no Rio de Janeiro, porém, sua sede atual é no Palácio dos Arcos no Distrito Federal. Porém, o apelido continuou mesmo assim, sendo Itamaraty um sinônimo para o Ministério das Relações Exteriores (MRE).

Um aspecto relevante sobre o MRE é o dialogo existente com os demais órgãos do governo e demais organizações não governamentais, focando de forma objetiva as necessidades do país e vislumbrando a consciência da necessidade de mudanças e o caráter de troca de informações. Neste ponto, observa-se que o foco não é baseado de forma restrita a conduta diplomática externa, porém, é interessante ressaltar que os problemas internos tem grande reflexo externamente, sendo interessante a consolidação dos direitos e as reformas sociais. Outros pontos fortes de repercussão externa que são foco do Ministério de Relações Exteriores são:

  • Desenvolvimento de Tecnologia Nacional
  • Preservação do Meio Ambiente
  • Desenvolvimento e investimento na Ciência
  • Assistência aos necessitados
  • Investimento em outros pontos estratégicos para o desenvolvimento do país

Todo este aspecto de interação é muito viável, pois todos os órgãos públicos visam o desenvolvimento do pais de forma sustentável. E para o correto funcionamento da máquina pública, é necessário que todo o processo funcione como um organismo vivo, promovendo a dinâmica das ações de forma natural que direcionado a um conjunto de metas e objetivos.

O Ministério de Relações Exteriores (Itamaraty) também possui seu papel fundamental na política externa. Tal exercício é sempre almejado pelos profissionais de relações internacionais, e por muitas vezes são tais profissionais que atuam de forma estratégica na solução de problemas e acordos. Uma característica notável neste órgão público é sua fama pela responsabilidade nas negociações internacionais, sempre focado na ideologia brasileira. O Itamaraty representa o país de forma séria e sincera, visando estabelecer um cenário político estável e confiável no âmbito internacional. Neste aspecto, podemos citar os cursos de especialização em Relações Internacionais, que visa o aspecto diplomático, as convenções mundiais e o preparo para lidar com o cenário político nacional/internacional e o entendimento e respeito por diversas culturas.

Cronologia Histórica do cenário de Relações Internacionais

É interessante destacar o papel histórico dos diplomatas brasileiros diante o cenário mundial. Tais profissionais que seguiam carreira na área de relações internacionais eram responsáveis pelas políticas e negociações externas, vislumbrando muitas vezes um porta voz na comunidade internacional. A seguir, é destacado alguns diplomatas brasileiros de renome:

  • O Diplomata Visconde do Uruguai
    • Intensificou a necessidade de especialização dos demais diplomatas.
    • Responsabilidade nas negociações com império napoleônico e questões de fronteira no Brasil.
  • O Diplomata Barão do Rio Branco
    • Intensificou a necessidade de expansão do Ministério de Relações Exteriores, além de modernização do mesmo, para que fosse possível realizar encontros diplomáticos em níveis internacionais.
    • Foi responsável pelo o fim das negociações de fronteira e pelo formato territorial que conhecemos na atualidade.
  • O Diplomata Osvaldo Aranha
    • Atuou em tempos difíceis, durante a Segunda Guerra Mundial, coordenando o papel diplomático brasileiro durante a guerra.
    • Responsável por reformas no MRE e de acordos econômicos com os Estados Unidos.

Curiosidades sobre a origem do nome Itamaraty

Primeiramente, Itamaraty, ou mesmo, Palácio do Itamaraty, era a sede do Ministério das Relações Exteriores no Rio de Janeiro. Tal sede era em um belo casarão (estilo neoclássico), de cor pouco comum: rosa.

Este nome é de origem indígena, na língua guarani a palavra Itamaraty tem o significado de pedra rosa, ou pedra cor-de-rosa. Este é o fato de batismo do belo casarão, que possui a cor rosa em sua fechada.

Como o Palácio do Itamaraty (Rio de Janeiro) foi sede do ministério de relações exteriores por muitos anos (1899 até 1970) abrigando vários profissionais de relações internacionais ao longo dos anos, o nome do palácio foi diretamente ligado ao Ministério de Relações Exteriores, sendo assim apelidado como tal.

Atualmente o Palácio do Itamaraty ainda é utilizado pelo governo, sendo a sede oficial do MRE no Rio de janeiro.

É interessante que os alunos que almejam um cargo importante no governo, sobretudo no Itamaraty, tenham feito um investimento adequado em sua carreira. Da mesma forma que o Visconde de Uruguai vislumbrava para seus colegas de relações internacionais (diplomatas). É totalmente relevante um formação sólida na área, principalmente focada no cenário internacional, sendo imprescindível o contato com outros países e culturas.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin