dcsimg

Saiba quais as 8 profissões que mais crescem no Brasil

Descubra quais carreiras estão em alta no País e veja onde estudar para se destacar no mercado de trabalho!

Profissões que mais crescem

No Brasil, as profissões mais promissoras atualmente estão nas áreas de construção civil, agronegócio, tecnologia, finanças, jurídica e vendas.

Essas carreiras não apenas oferecem bons salários – que podem chegar a R$ 90 mil em alguns casos! – como também têm ótima empregabilidade. Isso significa conseguir trabalho mais rapidamente, muitas vezes antes mesmo de obter o diploma.

Os cursos que formam os profissionais mais desejados do Brasil atualmente estão disponíveis em uma grande variedade de instituições públicas e particulares por todo o Brasil – alguns, inclusive, na modalidade a distância.

Se você está buscando se posicionar no mercado e quer entrar com o pé direito em uma área aquecida, veja a lista que preparamos com as 8 profissões que mais crescem no Brasil!

Profissões que mais crescem no Brasil

De acordo com diversas pesquisas de empresas de consultoria e recrutamento, estas são as profissões que mais crescem no Brasil atualmente:

1. Engenharia

O investimento em infraestrutura, o rápido desenvolvimento do mercado imobiliário brasileiro, a descoberta de jazidas de pré-sal e a realização de dois mega eventos esportivos no País (Copa do Mundo e Olimpíadas) são apenas alguns dos tantos motivos que transformaram o Brasil num grande mercado para engenheiros.

As especialidades mais disputadas são as que lidam com inovação nos setores de Engenharia Civil, Telecomunicações, Energia, Petróleo e Gás. Habilidades com gestão de pessoas são um bom diferencial e podem render salários de até R$ 50 mil.

O que estudar:

2. Tecnologia da Informação

Profissionais que cuidam da infraestrutura tecnológica de uma organização estão sendo cada vez mais requisitados. Os motivos são a crescente demanda por tecnologia e inovação nas empresas, a necessidade de reforçar a segurança e o investimento em armazenamento e gestão de dados.

As áreas que estão crescendo mais rapidamente são as de startups (pequenos projetos inovadores, com base tecnológica) e as médias empresas.

O salários são atrativos, podendo chegar a R$ 50 mil.

O que estudar:

3. Finanças e Contabilidade

Outra área que recebeu um grande impulso nos últimos anos foi a de Finanças e Contabilidade. Com a crescente necessidade de reduzir custos e aumentar a produtividade geral, as empresas passaram a buscar profissionais que pudessem ajudá-las a cumprir este objetivo.

Cenários de instabilidade econômica também exigem uma maior presença e acompanhamento desses profissionais. Esse é outro motivo para a carreira estar em alta.

O salário de um diretor financeiro experiente, em uma grande empresa, pode chegar a R$ 90 mil!

O que estudar:

4. Direito

Direito tributário, trabalhista, cível, de falência e recuperação judicial são as áreas que mais crescem no mercado corporativo brasileiro. Nos últimos anos, para evitar complexos processos judiciais, as empresas resolveram investir em segurança jurídica, o que inclui desde a garantia de que está cumprindo todas as obrigações legais até a forma correta de se posicionar diante de disputas envolvendo empregados.

Nessas áreas, os salários podem chegar a R$ 25 mil.

O que estudar:

5. Profissionais de Marketing e Vendas

Devido à evolução do mercado consumidor e inclusão de novos grupos sociais, o brasileiro passou a ser mais exigente com aquilo que consome. Com o desafio de entender sobre esse novo perfil, as empresas recorrem aos profissionais de Marketing para ajudá-las a alavancar as vendas e continuar a entender os anseios dos seus clientes, gerando fidelidade e antecipando tendências diante dos seus concorrentes.

As empresas com maior demanda pelo profissional de Marketing estão nos ramos: farmacêutico, de bens e serviços, tecnologia e bens de consumo.

Os salários são interessantes, podendo chegar a R$ 25 mil!

O que estudar:

6. Agronegócio

O agronegócio é um dos pilares mais importantes da economia brasileira. O crescimento da produção para atender ao mercado interno ou exportar aumentou a demanda por profissionais especializados na área.

Sai na frente quem se dedica a pesquisar modelos e tecnologias ligadas à melhoria de produtividade, fortalecimento de espécies, enriquecimento de solos e tecnologias envolvendo toda a cadeia produtiva do agronegócio.

Os salários para gestores de alto nível pode chegar a R$ 70 mil!

O que estudar:

7. Educação

As políticas de inclusão e expansão da rede de ensino fundamental, médio e superior no Brasil abriram um campo de atuação enorme para os professores. Tanto que hoje é uma das profissões com maior empregabilidade no País, chegando a impressionantes 94,13% de acordo com pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea).

Houve também um grande incentivo à formação em cursos de Licenciatura e de Pedagogia – este último está, inclusive, na lista dos que mais agregam alunos no Brasil, com 652 mil alunos atualmente.

O que estudar:

  • Cursos de Licenciatura (existem diversos cursos nessa modalidade como Educação Física, Química, Biologia, Letras, História, Geografia… Escolha a sua!)
  • Pedadogia

8. Meio Ambiente

O meio ambiente passou a ser um assunto de extrema importância para empresas e órgãos públicos de todos os portes e áreas de atuação. As mudanças climáticas, a pressão social por práticas mais sustentáveis e a necessidade de se preservar mananciais, matas nativas e animais provocaram uma grande procura por profissionais especializados na área.

As áreas mais aquecidas são gestão e planejamento, educação ambiental, certificação e recuperação de áreas degradadas.

O que estudar:

Fontes: Robert Half, Catho, Gejur – Gestão Jurídica Empresarial.

Onde estudar

Inúmeras universidades reconhecidas pelo Ministério da Educação oferecem cursos para formar profissionais nas áreas que mais crescem no País. Confira algumas delas:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Descubra quais as 7 profissões mais bem pagas

O curso que você quer fazer está entre os que mais crescem no Brasil? Sim? Não? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin