dcsimg

Telemarketing

Saiba como é a profissão de operador de telemarketing, quanto ganha esse profissional e como é o mercado de trabalho

telemarketing_interna

No setor de serviços, o Telemarketing é o ramo que mais cresce no Brasil. Existem, no País, mais de 1,5 milhão de operadores de telemarketing, profissionais geralmente jovens que encontram no atendimento ao cliente sua primeira oportunidade de emprego.

Veja, a seguir, o que faz um operador de telemarketing, quanto ganha esse profissional e como está o mercado de trabalho no setor.

O que faz um operador de telemarketing

Também chamado de atendente de call center, operador de televendas e atendente de SAC, entre outros, o operador de telemarketing é um profissional dedicado a atender clientes de empresas dos mais variados setores (indústria, comércio, serviços) por telefone, chat ou e-mail.

Existem dois tipos principais de telemarketing: ativo e receptivo. No telemarketing ativo, é o operador que entra em contato com o cliente, podendo promover e vender produtos e serviços, realizar cobranças, ou fazer o acompanhamento da venda.

No telemarketing receptivo, o operador atende o chamado do cliente para esclarecer dúvidas e fornecer informações sobre produtos e serviços, receber e registrar elogios e reclamações.

Tanto no telemarketing ativo como no receptivo, o operador precisa utilizar programas de computador para consultar informações, registrar o atendimento, concluir operações de vendas e realizar as solicitações dos clientes (como mudança de endereço e cancelamentos, por exemplo). Normalmente, o atendente precisa seguir um roteiro de atendimento, o “script”, e cumprir metas ligadas a vendas ou ao número de clientes atendidos e satisfeitos.

Requisitos para ser operador de telemarketing

Não é necessário ter diploma de nível superior para ser operador de telemarketing, basta ter concluído o Ensino Médio. Muitas vagas para operador de telemarketing não exigem que o candidato tenha experiência profissional e oferecem treinamentos na empresa depois da contratação. Por causa disso, trabalhar como agente de telemarketing é uma opção para jovens em busca do primeiro emprego.

Apesar de não ser obrigatório ter uma faculdade para exercer a profissão, o atendente de call center precisa reunir algumas habilidades e características comportamentais. Entre elas, podemos citar:

  • Familiaridade com computador (para usar o sistema de atendimento)
  • Boas maneiras ao usar telefone e chat
  • Voz clara, boa dicção e audição
  • Excelente comunicação verbal
  • Gostar de pessoas e saber lidar com os clientes
  • Maturidade emocional para manter a calma e a paciência mesmo em momentos de pressão
  • Flexibilidade para contornar problemas durante o atendimento
  • Saber trabalhar em equipe
  • Foco em resultados

O atendente de SAC, telemarketing ou televendas também precisa ter bons conhecimentos sobre os produtos e serviços da empresa que ele representa. Em boa parte das empresas, o profissional passa por um treinamento específico depois de contratado e nos primeiros atendimentos pode contar com a ajuda de um colega mais experiente ou supervisor.

Salário do Telemarketing

A remuneração inicial de um operador de telemarketing está em torno de um salário mínimo, podendo ser um pouco mais ou menos, dependendo da empresa, carga horária e região do País.

O Sindicato dos Trabalhadores do Telemarketing e Empregados em Empresas de Telemarketing da Cidade de São Paulo e Grande São Paulo (Sintratel), por exemplo, definiu o piso salarial de R$ 733,10 para operadores de telemarketing com jornada mensal de 180 horas e o piso de R$ 1.240,20 para supervisores com jornada mensal de 220 horas.

De acordo com o site de empregos Catho, um operador de telemarketing pode ganhar entre R$ 680,00 e R$ 1.200,00, com média salarial nacional de R$ 788,09. Outros cargos relacionados à área de telemarketing têm as seguintes médias salariais nacionais, segundo o site:

  • Operador de Televendas: R$ 801,88
  • Auxiliar de Atendimento: R$ 969,97
  • Assistente de Telemarketing: R$ 1.034,58
  • Assistente de Atendimento: R$ 1.157,57
  • Assistente de SAC: R$ 1.160,40
  • Instrutor de Telemarketing: R$ 1.321,78
  • Supervisor de Call Center: R$ 1.511,79
  • Supervisor de SAC: R$ 1.611,71
  • Coordenador de Atendimento ao Cliente: R$ 2.830,01
  • Gerente de Atendimento: R$ 4.513,53

Mercado de Trabalho do Telemarketing

O mercado de trabalho no setor de telemarketing oferece muitas oportunidades de emprego em todo o Brasil, principalmente na região Sudeste. Nos últimos anos, cresceu também o número de vagas no Nordeste do País, pois algumas empresas de atendimento abriram escritórios nessa região em busca de custos operacionais mais baixos.

Empresas de vários setores têm investido cada vez mais no relacionamento com o consumidor. Bancos, comércios de todo tipo, planos de saúde, operadoras de telefonia e TV a cabo, indústria de computadores e equipamentos e até mesmo órgãos públicos precisam de operadores de telemarketing, que podem tanto atuar dentro dos departamentos de SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) como em empresas terceirizadas.

Por não exigir experiência prévia na maior parte dos casos, nem ensino superior, a posição de atendente de telemarketing oferece a oportunidade de um primeiro emprego para jovens que estão ingressando no mercado de trabalho. De acordo com o Senac, que oferece cursos livres de operador de telemarketing, esse mercado também é atraente para profissionais que desejam voltar ao mercado (pessoas da terceira idade, aposentados) e oferece inclusão social para portadores de deficiência.

Com a globalização e os grandes eventos esportivos sediados no Brasil, como a Copa do Mundo e os Jogos Olímpicos, estão surgindo também novos postos de trabalho para profissionais bilíngues no telemarketing.

*Informações de dezembro de 2014.

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin