dcsimg

Qual o salário de Enfermagem?

Você sabe qual o salário dos profissionais de Enfermagem? Conheça a média salarial desta profissão e como está o mercado de trabalho!

O profissional de Enfermagem atua na prevenção de doenças, no apoio a pacientes que se recuperam de enfermidades ou procedimentos cirúrgicos e na promoção de ações de saúde junto à população.

O mercado de trabalho para enfermeiros, auxiliares e técnicos de enfermagem está em alta. Além de clínicas e hospitais,  o profissional da área passou a lidar com gestão hospitalar, resgate e atendimento domiciliar (“home care”). A organização de grandes eventos culturais e esportivos também deve, obrigatoriamente, contratar profissionais da enfermagem, que ficam de plantão no local para qualquer emergência.

Veja a seguir qual o salário de Enfermagem, onde estão as melhores oportunidades e as diversas áreas de atuação desta carreira.  Conheça também algumas das principais faculdades reconhecidas pelo MEC que oferecem esta graduação!

Piso Salarial de Enfermagem

Não existe um salário mínimo profissional ou piso salarial único para enfermeiros no Brasil. O valor depende das convenções e acordos coletivos firmados entre os sindicatos de cada região e os empregadores. Por isso, uma mesma cidade pode ter diferentes pisos salariais.

O Conselho Federal de Enfermagem (COFEN) criou uma tabela de valores com o  intuito de normatizar os serviços prestados pelos profissionais de Enfermagem. Seguem exemplos de valores para alguns dos procedimentos mais comuns:

  • Verificação da respiração/ pulso e pressão sanguínea: R$ 25
  • Cuidados gerais e montagem de respirador artificial: R$ 30
  • Verificação de temperatura: R$ 5
  • Realização de teste de glicemia: R$ 10
  • Troca de curativo: R$ 25
  • Retirada de pontos: R$ 32
  • Coleta de sangue para exames laboratoriais: R$ 18

Salário Médio de Enfermagem

O salário médio de Enfermagem varia em função do cargo que o profissional ocupa e o estado onde atua.

De acordo como Guia de Profissões e Salários da Catho, um enfermeiro pode ganhar de R$ 1.562 até R$ 9.600. Veja as diferenças salariais abaixo para diferentes cargos:

Gerente de Enfermagem

  • Menor salário: R$ 4.700
  • Média salarial: R$ 6.395
  • Maior salário: R$ 9.600

Enfermeiro

  • Menor salário: R$ 1.562
  • Média salarial: R$ 2.919
  • Maior salário: R$ 4.642

Enfermeiro-Chefe

  • Menor salário: R$ 1.900
  • Média salarial: R$ 2.905
  • Maior salário: R$ 4.500

Coordenador de Enfermagem

  • Menor salário: R$ 2.598
  • Média salarial: R$ 3.876
  • Maior salário: R$ 6.000

Enfermeiro “home care” ou Visitador (cuida do paciente em casa)

  • Menor salário: R$ 1.900
  • Média salarial: R$ 2.426
  • Maior salário: R$ 3.500

Enfermeiro Responsável Técnico

  • Menor salário: R$ 1.932
  • Média salarial: R$ 2.713
  • Maior salário: R$ 4.200

Enfermeiro do Trabalho

  • Menor salário: R$ 2.024
  • Média salarial: R$ 3.142
  • Maior salário: R$ 4.500

Enfermeiro Auditor

  • Menor salário: R$ 2.600
  • Média salarial: R$ 3.533
  • Maior salário: R$ 5.000

Enfermeiro Obstetra

  • Menor salário: R$ 3.150
  • Média salarial: R$ 4.027
  • Maior salário: R$ 5.000

Para técnicos e auxiliares de enfermagem, os salários são os seguintes:

Técnico em Enfermagem

  • Menor salário: R$ 1.089
  • Média salarial: R$ 1.647
  • Maior salário: R$ 2.571

Técnico em Enfermagem do Trabalho

  • Menor salário: R$ 1.175
  • Média salarial: R$ 1.802
  • Maior salário: R$ 2.756

Auxiliar de Enfermagem

  • Menor salário: R$ 902
  • Média salarial: R$ 1.580
  • Maior salário: R$ 2.450

Auxiliar de Enfermagem do Trabalho

  • Menor salário: R$ 1.390
  • Média salarial: R$ 1.800
  • Maior salário: R$ 2.304

A pesquisa da Wage Indicator Foundation revela outros valores para cargos ocupados pelo pessoal de Enfermagem. Confira:

Enfermeiro de UTI

  • Menor salário: R$ 2.177
  • Média salarial: R$ 2.995
  • Maior salário: R$ 3.567

Enfermeiro Pediátrico

  • Menor salário: R$ 2.344
  • Média salarial: R$ 3.299
  • Maior salário: R$ 3.967

Auxiliar de Enfermagem

  • Menor salário: R$ 1.108
  • Média salarial: R$ 1.575
  • Maior salário: R$ 1.904

Os maiores empregadores de profissionais de Enfermagem são os hospitais e clínicas. Nesses estabelecimentos, os salários começam em R$ 2.500 e podem chegar a R$ 6.000, dependendo do porte da instituição e do cargo oferecido.

Uma curiosidade: nos cargos ocupados por enfermeiros e auxiliares de enfermagem a presença feminina é dominante, cerca de 70%. Já os trabalhos que exigem mais força física, como o enfermeiro de ambulância, por exemplo, a presença masculina chega a 73%.

Concursos Públicos para Profissionais de Enfermagem

Há bastante oferta de concursos públicos para profissionais de Enfermagem. Os valores vão de R$ 1.400 a mais de R$ 8.000. A maioria das vagas é para trabalhar em hospitais, institutos e postos de saúde, mas existem boas possibilidades também no setor da docência e nas Forças Armadas.

Veja abaixo exemplos de valores retirados de concursos recentes:

  • Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro: R$ 2.517
  • Prefeitura Municipal de Salvador: R$ 6.075
  • Prefeitura Municipal de Belo Horizonte: R$ 5.250
  • Secretaria de Saúde do Distrito Federal: R$ 8.067
  • Universidade Estadual de Campinas (Unicamp): R$ 5.433
  • Exército Brasileiro: R$ 8.300
  • Secretaria Municipal de Saúde de Manaus: R$ 6.900
  • Instituto Pasteur: R$ 1.464

Sobre a carreira  de Enfermagem

A carreira de Enfermagem possui três categorias profissionais. O grau de formação e as responsabilidades de cada um deles são bem diferentes:

  • Enfermeiro: é o bacharel em enfermagem e o único, dentre os três, que está habilitado a realizar procedimentos mais complexos.
  • Técnico em Enfermagem: profissional de nível técnico apto a realizar procedimentos de média complexidade sob a supervisão de um enfermeiro.
  • Auxiliar de Enfermagem: profissional apto a prestar cuidados básicos em pacientes que não apresentem risco ou complexidade, sob a supervisão de um enfermeiro.

O mercado de trabalho para os profissionais de Enfermagem está em alta. O crescimento da população e ampliação de serviços públicos de atenção básica de saúde, como o Programa Saúde da Família, são alguns dos fatores que contribuíram para o aumento de oportunidades de trabalho na área.

Para exercer a profissão, é obrigatório o registro junto ao Conselho Regional de Enfermagem.

Onde estudar Enfermagem

O curso de Enfermagem é oferecido na modalidade bacharelado, dura em média quatro anos e pode ser encontrado em universidades públicas e privadas de todo o País.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Enfermagem:

Veja também:

Curso de Enfermagem

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin