dcsimg

Quanto ganha um Assessor de Imprensa?

Você sabe quanto ganha um Assessor de Imprensa? Conheça mais sobre a carreira, o mercado de trabalho e a média salarial deste profissional!

assessor_imprensa_600

O Assessor de Imprensa é o profissional da área de Comunicação Social que tem a função de ampliar e fortalecer a imagem dos seus clientes (empresas privadas, instituições públicas, políticos e celebridades) junto à imprensa.

Boa parte dos assessores de imprensa é formada em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo ou Relações Públicas. É uma atividade sempre em alta no Brasil e que se fortaleceu bastante nos últimos anos com a profissionalização do mercado e a realização de grandes eventos esportivos internacionais no País.

A prova desse crescimento se reflete nos salários pagos aos assessores de imprensa, que podem ultrapassar os R$ 10 mil.

Conheça a seguir mais detalhes sobre essa profissão, como está o mercado de trabalho e onde estudar para se tornar um Assessor de Imprensa!

Salário Mínimo Profissional do Assessor de Imprensa

Assessores de imprensa não contam com um salário mínimo profissional único com validade em todo o País. Os pisos salariais são definidos pelos sindicatos de cada estado e variam de região para região.

Veja alguns valores praticados pelo País:

  • Distrito Federal: R$ 3.528 (7 horas)
  • Ceará: R$ 3.018
  • Bahia: R$ 2.800 (7 horas diárias)
  • Paraná: R$ 2.735
  • São Paulo: R$ 2.500 (5 horas)
  • Maranhão: R$ 2.216

Como se trata de uma área em que o trabalho autônomo é muito comum, os jornalistas e Relações Públicas (RPs) que trabalham com Assessoria de Imprensa têm à disposição uma tabela de honorários para usar como referência na hora de cobrar por um trabalho.

Veja alguns exemplos sugeridos pelo Sindicato dos Jornalistas de São Paulo:

  • Hora de trabalho: R$ 292
  • Diária em eventos e entrevistas coletivas (segunda a sábado): R$ 334
  • Diária em eventos e entrevistas coletivas (domingo): R$ 669
  • Redação de notícias: R$ 314
  • Redação de discursos: R$ 377

 

Salário Médio de um Assessor de Imprensa

De acordo com pesquisa do Banco Nacional de Empregos (BNE), o salário médio de um assessor de imprensa no Brasil é de R$ 4.867.

A pesquisa revela que um assessor experiente, atuando em grandes empresas, pode receber salários próximos de R$ 11 mil.

Veja quanto ganha este profissional em empresas de diferentes portes:

  • Pequena: de R$ 1.699 a R$ 4.855
  • Média: de R$ 2.549 a R$ 7.282
  • Grande: de R$ 3.824 a R$ 10.923

Por tempo de experiência, as médias salariais são as seguintes:

  • Até 2 anos de experiência: R$ 2.690
  • 2 a 4 anos de experiência: R$ 3.498
  • 4 a 6 anos de experiência: R$ 4.549
  • 6 a 8 anos de experiência: R$ 5.912
  • Mais de 8 anos de experiência: R$ 7.686

Outra pesquisa, do Guia de Profissões e Salários da Catho, indica que o salário médio de um Assessor de Imprensa é de R$ 2.294 no Brasil.

A maior média salarial deste profissional registrada pela Catho é de R$ 4.390 e a menor, R$ 1.200.

Ainda de acordo com a Catho, os setores que melhor remuneram os assessores são, nesta ordem:

  1. Empresas especializadas em assessoria: R$ 2.262
  2. Empresas de diversão e entretenimento: R$ 2.192
  3. Empresas de comunicação: R$ 1.816
  4. Empresas de educação e idiomas: R$ 1.651

Concursos Públicos para Assessor de Imprensa

Existe uma razoável oferta de concursos públicos para Jornalistas ou RPs que pretendem atuar como assessores de imprensa no serviço público.

Os salários, em geral, ficam dentro da média nacional. Um ponto positivo é a diversidade de instituições que oferecem vagas para assessores: prefeituras, institutos, fundações e conselhos profissionais, entre outros. Veja alguns exemplos:

  • Prefeitura de Monte Azul Paulista (SP): R$ 2.050
  • Conselho Regional de Psicologia – 10ª Região: R$ 1.600
  • Procuradoria da República no Acre: R$ 4.277
  • Instituto Dom Moacyr (AC): R$ 3.000
  • Departamento de Imprensa Oficial do Estado do Espírito Santo: R$ 2.700

Sobre a carreira de Assessor de Imprensa

A Assessoria de Imprensa é um dos ramos mais procurados por jornalistas e RPs que trabalham fora dos veículos de comunicação. Na verdade, uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) junto com a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), revela que quase 70% desses profissionais atuam como Assessores de Imprensa. Ou seja: é uma área concorridíssima! Para se dar bem o candidato vai ter que investir bastante em estudo, formação e, principalmente, em criar bons relacionamentos com a mídia e a possível clientela.

Os motivos para essa preferência são muitos. O principal deles, talvez, é que a Assessoria de Imprensa está entre os ramos mais bem pagos da Comunicação, com salários que vão de 5 a 20 salários mínimos. Mas outros fatores também contam: a grande maioria dos entrevistados pela pesquisa da UFSC, por exemplo, se diz satisfeita com suas funções e revela que as relações interpessoais e a experiência de trabalho são os fatores que mais contribuem para sua permanência na área.

O mercado para assessoria tradicional, em geral, está saturado. As melhores oportunidades estão hoje nas mídias digitais e na comunicação empresarial. Grandes centros urbanos, principalmente nas regiões Sul e Sudeste do País, concentram o maior número de vagas para este profissional.

Como se tornar um Assessor de Imprensa

Para atuar como Assessor de Imprensa é preciso fazer uma faculdade de Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo ou Relações Públicas. Existem inúmeras opções de cursos em todo o País, com um porém: estão entre os mais concorridos das universidades, principalmente nas públicas.

O curso de Comunicação Social é oferecido na modalidade bacharelado e em diferentes habilitações, sendo as mais comuns Jornalismo, Publicidade e Propaganda, Cinema, Relações Públicas e Produção Editorial. Tem, em média, quatro anos de duração e pode ser feito tanto presencialmente como a distância.

Conheça algumas das principais universidades reconhecidas pelo MEC que oferecem esta formação:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Curso de Comunicação Social

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin