dcsimg

Quanto ganha um Engenheiro Ambiental?

Descubra o salário inicial do engenheiro ambiental e até quanto esse profissional pode ganhar!

Quanto ganha um Engenheiro Ambiental?

A engenharia ambiental é o ramo da engenharia dedicado a analisar impactos ambientais e propor soluções para alcançar o desenvolvimento sustentável.

O engenheiro ambiental é um profissional de grau superior que atua na identificação, manejo, tratamento e controle de problemas ambientais, assim como na apresentação, planejamento, execução e monitoração das soluções para esses problemas. O engenheiro ambiental também está capacitado a criar essas soluções respeitando a natureza, a sociedade e os tratados e leis ambientais nacionais e internacionais.

Entre as áreas de especialização da engenharia ambiental, podemos citar: tratamento de água e esgotos, mineração, gestão de recursos hídricos, poluição da água/solo/ar, remediação de áreas degradadas, planejamento energético e energias renováveis, tecnologias limpas, economia ambiental, educação ambiental, auditorias e diagnósticos ambientais, gerenciamento de resíduos sólidos, entre outras.

A engenharia ambiental está entre as carreiras mais promissoras do Brasil, sendo que o salário de um engenheiro, mesmo em início de carreira, é um dos mais altos do país.

Salário Mínimo Profissional do Engenheiro Ambiental

De acordo a Lei 4.950-A/66, de 1966, que regulamenta a remuneração dos profissionais diplomados em Engenharia, Química, Arquitetura, Agronomia e Veterinária, a tabela salarial do profissional do engenheiro está vinculada ao valor do salário mínimo vigente e à jornada diária do profissional, independentemente do seu local de atuação.

  • Jornada de 6 horas: 6 salários mínimos
  • Jornada de 7 horas: 7,25 salários mínimos
  • Jornada de 8 horas: 8,5 salários mínimos

Média Salarial do Engenheiro Ambiental

A engenharia ambiental está entre as profissões mais bem pagas do Brasil, com salários iniciais acima dos R$ 4.000,00.

Uma pesquisa salarial do site de Emprego Catho indica o salário médio nacional para diferentes cargos da engenharia:

  • Estágio em Engenharia Ambiental: R$ 882,67
  • Analista Ambiental: R$ 3.097,28
  • Engenheiro Ambiental: R$ 5.542,22
  • Supervisor de Meio Ambiente: R$ 4.102,85
  • Gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente: R$ 12.527,49
  • Supervisor de Mineração: R$ 5.155,01

Sobre a Carreira de Engenharia Ambiental

A profissão de engenheiro é regulamentada no Brasil desde 1933. Para exercê-la, é necessário fazer o curso superior de engenharia, com duração média de cinco anos, e obter registro no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA). Os engenheiros ambientais também fazem parte dessa categoria, sendo que a profissão surgiu no Brasil em 1992 e foi regulamentada em 2000.

A graduação em engenharia ambiental dura 5 anos e após o curso superior é possível fazer especializações em subáreas da engenharia ambiental, ou em áreas complementares, como a segurança do trabalho. Profissionais de outras engenharias, como mecânica, química ou civil, também podem fazer uma especialização para se tornarem engenheiros ambientais.

Uma forte habilidade em ciências exatas e grande consciência ecológica são características fundamentais de um bom engenheiro ambiental. Esse profissional pode atuar em diversos setores da economia: empresas privadas, terceiro setor,  empresas de economia mista (pública e privada), órgãos públicos (municipais, estaduais e federais), associações e organizações de interesse público e organizações não governamentais.

Tecnologia ambiental, recursos hídricos, geotecnia ambiental e gestão ambiental são as quatro grandes áreas de atuação do engenheiro ambiental, que pode exercer funções como:

  • planejamento ambiental
  • estudos de impacto ambiental
  • gerenciamento ambiental na empresa
  • estudos de clima
  • projetos de abastecimento e tratamento de água
  • tratamento de esgotos sanitários e industriais
  • mapeamento e recuperação de áreas degradadas
  • produção de biocombustíveis
  • drenagem urbana

O mercado para engenheiros ambientais está em alta. De acordo com pesquisa da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), 3 em cada 4 graduandos do curso já estavam empregados em até um ano depois da formatura (dados de 2011).

Fatores como uma maior consciência ecológica e ambiental, legislação mais restritiva e acordos internacionais de proteção ao meio ambiente, juntamente com o desenvolvimento do país em vários setores, fazem com que a demanda por esse profissional tenha crescido nos últimos anos e a tendência é que a engenharia ambiental continue a ser uma carreira promissora e atrativa, tanto em remuneração como em empregabilidade.

Uma pesquisa publicada na revista Forbes mostra que a engenharia ambiental é uma das 15 profissões mais promissoras até 2020, ocupando o quarto lugar. A indústria é um dos setores que mais precisam de engenheiros ambientais atualmente, e também a que oferece maior quantidade de vagas e remuneração mais atraente. Petróleo e gás, mineração, indústria química e farmacêutica são alguns exemplos de empresas que buscam esses profissionais.

Onde estudar Engenharia Ambiental

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Engenharia Ambiental:


Veja também:

Curso de Gestão Ambiental

Ficou interessado em ingressar na carreira de Engenharia Ambiental? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin