dcsimg

Quanto ganha um Engenheiro Mecatrônico?

Você sabe quanto ganha um Engenheiro Mecatrônico? Conheça mais sobre a profissão, o mercado de trabalho e a média salarial deste profissional!

analista_indice

O Engenheiro Mecatrônico é responsável pelo desenvolvimento, implantação e manutenção de sistemas automatizados em indústrias e empresas.

A Mecatrônica, também conhecida como Engenharia de Controle e Automação, é uma área muito dinâmica das engenharias, que alia conhecimentos de mecânica, eletrônica (a palavra “mecatrônica” vem da junção desses dois saberes) e computação.

O Brasil oferece boas oportunidades para os engenheiros mecatrônicos, principalmente na indústria automobilística – umas das maiores do mundo – e em fábricas de eletroeletrônicos, autopeças e metalúrgicas.

Descubra quanto ganha um Engenheiro Mecatrônico e como está o mercado de trabalho para este profissional!

Média salarial do Engenheiro Mecatrônico

A engenharia mecatrônica é uma profissão bem remunerada, com salários que ultrapassam os R$ 3.000 para iniciantes e R$ 6.300 para os mais experientes. No Brasil, o ganho médio de um engenheiro mecatrônico é R$ 4.026, segundo o Guia de Profissões e Salários da Catho.

Assim como na maioria das engenharias, na mecatrônica também se verifica a tendência de valorização dos profissionais capazes de conciliar habilidades técnicas (conhecimentos específicos) e gerenciais (capacidade de comunicação e relacionamento, visão estratégica). Esse perfil de profissional, além de ser bem remunerado, tem sido cada vez mais disputado por empresas que buscam melhorar seus processos.

Uma pesquisa realizada pela consultoria Robert Half para a Revista Exame revelou que cargos de alta gerência desempenhados por engenheiros, como diretor de logística (supply chain) ou diretor de engenharia chegam a ultrapassar os 60 salários mínimos. Veja na lista abaixo os valores médios pagos pelas grandes empresas a esses profissionais:

  • Diretor de supply chain (logística): entre R$ 25.000 e R$ 50.000
  • Diretor de Engenharia:  entre R$ 25.000 e R$ 47.000
  • Diretor de Operações: entre R$ 20.000 e R$ 42.000
  • Gerente de Projetos: entre R$ 7.000 e R$ 25.000
  • Gerente de Melhoria Contínua: entre R$ 12.000 e R$ 26.000
  • Engenheiro de P&D/Projetos/Planejamento: entre R$ 6.000 e R$ 12.500
  • Coordenador de Manutenção: entre R$ 7.000 e R$ 16.000
  • Engenheiro de Produção/Processos: entre R$ 6.000 e R$ 17.500

(fonte: Robert Half 2015 Salary Guide)

Para quem deseja seguir carreira pública, há uma variedade de concursos para engenheiros mecatrônicos. Muitos deles oferecem vagas nas universidades federais e prefeituras pelo interior do país em cargos de docência e supervisão técnica. Os ganhos iniciais costumam a ser um pouco mais baixos que a média paga pela indústria, mas pode haver compensação com gratificações, abonos e estabilidade profissional.

Salário Mínimo Profissional do Engenheiro Mecatrônico

A profissão de engenheiro é regulamentada pela Lei 4.950/A de 22 de abril de 1966 que estabelece critérios para a jornada e remuneração dos profissionais de Engenharia, Arquitetura e Agronomia. Existe, portanto, um Salário Mínimo Profissional definido por lei, válido em todo o país. Este salário está vinculado ao salário mínimo vigente e varia de acordo com a jornada diária de trabalho.

  • Jornada de 6 horas: 6 salários mínimos
  • Jornada de 7 horas: 7,25 salários mínimos
  • Jornada de 8 horas: 8,5 salários mínimos

Sobre a Carreira de Engenheiro Mecatrônico

O trabalho do engenheiro mecatrônico é fundamental para o desenvolvimento da indústria e da inovação tecnológica no país.  É uma atividade complexa, que une conhecimento de mecânica, eletrônica e computação.

A base da Engenharia Mecatrônica é a tecnologia e isso significa manter-se sempre atualizado com relação às novidades da área, especialmente com o que acontece nos principais mercados de inovação (Estados Unidos, Alemanha, Japão, China, Espanha). A expectativa é que a crescente modernização das indústrias exija trabalho de engenheiros mecatrônicos cada vez mais especializados, com fluência em inglês, alemão e espanhol.

Com uma das maiores indústrias automobilísticas do planeta, o Brasil oferece um bom campo de atuação para os engenheiros mecatrônicos. O País também é sede da Zona Franca de Manaus, um polo de 720 indústrias que atuam principalmente nas áreas de eletrodomésticos, informática e motocicletas. Além disso, temos a Petrobras, grandes usinas hidrelétricas, indústrias farmacêuticas e siderúrgicas.

Nelas, o engenheiro mecatrônico atua na pesquisa e desenvolvimento de novos produtos,  controle e automação de processos, projetos de controle de qualidade, manutenção de equipamentos, desenvolvimento de software e gestão.

Além da indústria, há possibilidade de trabalho nas universidades e institutos de pesquisa na área de robótica, desenvolvimento de software e equipamentos.

As oportunidades distribuem-se pelo interior das regiões Sul, Sudeste, Norte (Zona Franca de Manaus) e, mais recentemente, em alguns estados do Centro-Oeste (Mato Grosso, Mato Grosso do Sul) e Nordeste (Bahia e Ceará).

Como se Tornar um Engenheiro Mecatrônico

O curso de Engenharia Mecatrônica é do tipo bacharelado, com duração de 5 anos, e está disponível nas principais universidades federais e privadas do país. No Brasil, o curso pode ter outras denominações, como a Engenharia Mecânica (com ênfase em Mecatrônica) e Engenharia de Controle e Automação.

É um curso que demanda muita dedicação e conhecimento profundo de matemática, física e computação.  A Mecatrônica é uma espécie de “futuro das engenharias”, por conciliar conhecimentos da Engenharia Mecânica e Eletrônica. Também é voltada à inovação tecnológica na área da automação, que exige atualização constante e atenção às novidades tecnológicas que surgem no Brasil e no exterior.

O curso habilita o aluno a criar projetos de automação em indústrias, operar, construir e dar manutenção em diversos tipos de máquinas, além de projetar sistemas para controle de equipamentos.

Veja algumas das principais universidades reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso de Engenharia Mecatrônica:

Privadas:

Públicas:

Veja também:

Curso de Engenharia Mecatrônica

Você pretende seguir a carreira de Engenheiro Mecatrônico? Deixe um comentário!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin