dcsimg

Quanto ganha um Historiador?

Você sabe quanto ganha um Historiador? Conheça mais sobre a profissão, o mercado de trabalho e a média salarial!

Quanto ganha um Jornalista?

O Historiador estuda, pesquisa e analisa acontecimentos do passado e seu impacto nos tempos atuais.

O Brasil oferece um amplo campo de atuação para esse profissional, especialmente nas redes de ensino pública e privada. Crescem também as oportunidades no mercado editorial  e em empresas interessadas no resgate da memória corporativa.

O salário de um historiador varia de acordo com o tempo de experiência e formação. Universidades públicas chegam a oferecer vencimentos de até R$ 17.000! O mercado é concorrido e exige títulos de mestrado e doutorado para uma boa colocação profissional.

Descubra quanto ganha um Historiador, como está o mercado de trabalho para este profissional e onde estudar!

Salário Mínimo Profissional do Historiador

A Lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008, estabelece que o salário mínimo para todos os profissionais do magistério nas redes municipais, estaduais e federais de ensino é de R$ 1.917, com reajustes anuais.

Esses valores podem mudar de estado para estado, desde que respeitado o valor mínimo.

Para o  historiador que não atua no magistério, o piso é definido de acordo com a região e campo de atuação. Os valores são estipulados em convenções e acordos dos sindicatos equivalentes em cada estado. Em São Paulo, por exemplo, o piso salarial é de R$ 2.380.

Salário Médio de um Historiador

O grande campo de atuação do historiador ainda está nas escolas, universidades, museus, institutos de pesquisa e centros culturais. A maioria também trabalha como professor – ou seja, além do diploma de bacharel, o profissional também possui o diploma superior de licenciatura em História reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Pesquisa realizada pela Wage Indicator Foundation revelou os valores médios pagos aos historiadores brasileiros. Confira:

  • Início de carreira: média de R$ 1.800
  • Nível intermediário: média de R$ 3.300
  • Com experiência: R$ 4.500

No campo da docência, os valores apresentam as maiores diferenças. Veja a seguir:

  • Professor na rede pública de ensino: de R$ 950 a R$ 1.800
  • Professor na rede privada: de R$ 1.000 a  R$ 3.600.
  • Professor em universidade privada: de R$ 1.800 a R$ 4.500.
  • Professor em universidade pública: de R$ 4.360 a R$ 8.810.
  • Professor titular em universidade pública: de R$ 7.620 a R$ 17.000.

Em outros campos de atividade, como consultoria, manutenção de acervo, produção de livros didáticos e biografias os ganhos podem ultrapassar os R$ 5.000 mensais.

Em museus ou como arquivistas, os historiadores podem faturar entre R$ 1.500 e R$ 3.000 por mês.

Concursos Públicos para Historiadores

Os concursos públicos para historiadores são frequentes e a maioria oferece vagas de professor. Existe também a possibilidade de assumir cargos administrativos em museus e centros de pesquisa.

No geral, os empregos públicos para historiadores pagam bons salários. Veja alguns exemplos de remuneração oferecida em concursos recentes:

  • Prefeitura de Joinville (SC): R$ 8.613
  • Prefeitura de São Francisco do Maranhão (MA): R$ 6.000
  • Universidade Estadual de Campinas (SP): R$ 3.881
  • Universidade do Estado do Amazonas (AM): R$ 10.700

O Mercado de Trabalho para Historiador

O Projeto de Lei 4699/12, ainda em tramitação no Senado, regulamenta a profissão de historiador e torna obrigatória a posse de um diploma de curso superior em História (graduação ou pós-graduação) para que o profissional possa atuar legalmente na área.

O PL não estabelece pisos salariais ou salário mínimo profissional, mas aumenta as exigências de formação no setor – o que deve se refletir positivamente na qualidade de ensino e no trabalho dos historiadores em geral.

Além da docência, o mercado para historiadores segue crescendo em outros setores, dentre os quais podemos citar:

  • Assessoria em assuntos históricos para produções de TV, teatro, cinema, internet, etc.
  • Avaliação e produção de materiais didáticos
  • Consultoria em turismo histórico
  • Organização de exposições e eventos sobre História
  • Preservação do patrimônio histórico
  • Produção de livros (romances, biografias, pesquisas)

Onde estudar para trabalhar como Historiador

O curso de História é oferecido nas modalidades Bacharelado e Licenciatura e tem, em média, 4 anos de duração.  É encontrado com facilidade nas principais universidades públicas e privadas do País. Alguns também podem ser feitos a distância, com diploma reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Grande parte das graduações em História ofertadas no Brasil é em licenciatura. Mas se o interesse é trabalhar em empresas ou com pesquisa, o bacharelado é a opção mais adequada.

Conheça algumas das principais universidades reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso de História.

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Quanto ganha um Professor de História

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin