dcsimg

Quanto ganha um Médico?

Descubra o salário inicial do médico e até quanto esse profissional pode ganhar!

Médico

O médico é o profissional que se dedica à saúde humana, pesquisando, prevenindo, diagnosticando, tratando e curando doenças. Um médico pode ser generalista ou especialista e para exercer a profissão é necessário obter pelo menos o grau superior (bacharelado em Medicina, com duração de 6 anos) e registro junto ao Conselho Regional de Medicina.

A Medicina é uma das carreiras com mais possibilidade de especializações. Alergologia, anestesiologia, cirurgia, clínica geral, dermatologia, geriatria, ginecologia e obstetrícia, gastroenterologia, infectologia, neurocirurgia, nefrologia, urologia, pediatria e psiquiatria são algumas das áreas nas quais estes profissionais podem se especializar.

Médicos podem ter seu próprio consultório, trabalhar em clínicas e hospitais privados, atuar na rede pública de saúde, lecionar em universidades, exercer a função de pesquisadores em institutos e laboratórios, atuar como médicos do trabalho em empresas, como gestores em unidades de saúde ou uma combinação dessas possibilidades.

É bastante comum que médicos atuem em mais de uma instituição, como por exemplo, ser professor universitário e ter um consultório próprio, ou dar plantões em hospitais públicos e consultar em clínicas privadas.

A carreira de Medicina aparece nas pesquisas como a mais bem remunerada do País, e o curso superior de Medicina tem sido o mais concorrido dos vestibulares brasileiros há muitos anos.

Veja quanto ganha um médico!

Salário Mínimo Profissional do Médico

A Federação Nacional dos Médicos (Fenam) recomenda um salário mínimo de R$ 11.675 para 20 horas semanais de trabalho e esse valor é utilizado para orientar as convenções, acordos e negociações coletivas da categoria por parte dos sindicatos. Apesar da recomendação da Fenam, esse valor, na prática pode ser bem menor.

No entanto, a Lei nº 3.999, de 15 de dezembro de 1961 estabelece que qualquer profissional de Medicina deve ganhar pelo menos três salários mínimos por uma jornada de trabalho de  20 horas semanais. Mesmo assim, os profissionais da área ainda não têm, formalmente, um salário mínimo profissional válido em todo o território nacional.

Há um projeto Projeto de Lei em tramitação na Câmara dos Deputados que tenta fixar o piso salarial dos médicos em R$ 9 mil, com reajuste anual pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Ainda não há previsão quando este PL será aprovado.

Média salarial do médico

De acordo com o Guia de Profissões e Salários da Catho, a média salarial dos profissionais de Medicina em diferentes especialidades é:

  • Clínica Geral: R$ 6.490
  • Psiquiatra: R$ 6.541
  • Ginecologista: R$ 5.332
  • Pediatra: R$ 5.584
  • Cardiologista: R$ 6.970
  • Coordenador Médico: R$ 9.679
  • Administrador Hospitalar: R$ 5.465
  • Gerente médico: 14.287

Lembre-se de que os médicos costumam trabalhar em vários locais diferentes. Essas médias dizem respeito a apenas um dos empregos desse profissional.

Sobre a carreira do médico

O curso de Medicina dura seis anos e a residência médica, para quem quer se especializar, dura mais dois anos. São muitas as possibilidades de encaminhamento: existem 53 especialidades médicas reconhecidas no país.

Segundo estudo divulgado pelo Conselho Federal de Medicina em 2013, as especialidades que contam com o maior número de profissionais, concentrando 74% dos médicos titulados, são:

1. Pediatria
2. Ginecologia e Obstetrícia
3. Cirurgia Geral
4. Clínica Médica
5. Anestesiologia
6. Medicina do Trabalho,
7. Cardiologia
8. Ortopedia e Traumatologia
9. Oftalmologia
10. Radiologia e Diagnóstico por Imagem
11. Psiquiatria
12. Dermatologia
13. Otorrinolaringologia
14. Cirurgia Plástica
15. Medicina Intensiva

Do outro lado do ranking, as dez especialidades que reúnem o menor número de médicos titulados são:
1. Genética Médica
2. Cirurgia de Mão
3. Radioterapia

O mercado de medicina, embora concorrido nas grandes cidades, é promissor em todo o país. A taxa de empregabilidade dos recém-formados em medicina chega perto de 100%, e  o médico é o profissional com a menor taxa de desemprego do Brasil. Segundo estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) divulgado em 2013, 97,07% dos profissionais de medicina estão trabalhando
Os estados do Sul, Sudeste e Centro-Oeste são os que oferecem as melhores possibilidades de remuneração.

Onde estudar Medicina

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer o curso de Medicina:

Veja também:

Curso de Biomedicina

Seu sonho é seguir carreira em Medicina? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin