dcsimg

Quanto ganha um Nutrólogo?

Você sabe quanto ganha um Nutrólogo? Conheça mais sobre esta especialidade e veja como está o mercado de trabalho para este profissional!

O nutrólogo – ou nutrologista – é o médico responsável por diagnosticar, prevenir e tratar efeitos causados pelos hábitos alimentares, observando carências ou excessos resultantes da alimentação.

É uma especialidade médica relativamente recente, que vem crescendo junto com a criação de políticas de combate às epidemias de obesidade, hipertensão e diabetes pelas quais o Brasil (e o mundo) inteiro está passando.

Também tem sido impulsionada pela necessidade de promover hábitos alimentares mais saudáveis para a população em geral.

Descubra quanto ganha um Nutrólogo no Brasil e onde encontrar as melhores oportunidades de trabalho nesta área!

Salário Mínimo Profissional do Nutrólogo

O piso salarial dos médicos nutrólogos é fixado pela Lei nº 3.999 de 15 de dezembro de 1961, que estabelece três salários mínimos por uma jornada de 20 horas semanais.

Iniciativas em andamento tentam aumentar esta remuneração mínima para os seguintes valores:

  • O Projeto de Lei 2750/2011 propõe um piso salarial de R$ 9 mil para os médicos, com reajuste anual pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).  O PL ainda está em tramitação na Câmara dos Deputados.
  • A Federação Nacional dos Médicos (Fenam) recomenda um valor de R$ 11,6 mil por 20 horas semanais de trabalho para qualquer especialidade médica, o que inclui os Nutrólogos.  Esse valor tem sido usado como referência para orientar acordos e negociações coletivas da categoria por parte dos sindicatos.

 

Salário Médio de um Nutrólogo

O Site Nacional de Empregos (Sine) aponta que a média salarial geral do nutrólogo é de R$ 8.601.

O Sine revela também os salários de nutrólogos em diversos estágios de experiência profissional em empresas de portes distintos. Os valores podem variar de R$ 4,5 mil até mais de R$ 14 mil!

Veja como é a variação salarial dos nutrólogos que atuam em empresas de pequeno, médio e grande porte:

Nutrólogo Júnior (2 a 4 anos de experiência)

  • Mínimo: R$ 4.490
  • Média: R$ 5.837
  • Máximo: R$ 7.588

Nutrólogo Pleno (4 a 6 anos de experiência)

  • Mínimo: R$ 5.612
  • Média: R$ 7.296
  • Máximo: R$ 9.485

Nutrólogo Sênior (6 a 8 anos de experiência)

  • Mínimo: R$ 7.016
  • Média: R$ 9.121
  • Máximo: R$ 11.857

Nutrólogo Master (mais de 8 anos de experiência)

  • Mínimo: R$ 8.770
  • Média: R$ 11.401
  • Máximo: R$ 14.821

Nutrólogos costumam a trabalhar em mais de uma instituição, acumulando diferentes fontes de renda. Por isso, os rendimentos reais desses profissionais podem ser superiores aos salários médios apresentados aqui.

Outras Oportunidades para Nutrólogos

O serviço público brasileiro oferece  bons salários para nutrólogos, especialmente em áreas que apresentam, historicamente, as maiores carências alimentares.

Para nutrólogos em formação ou em início de carreira, os poderes municipais, estaduais e federal oferecem vagas com salários iniciais na faixa dos R$ 10 mil.

Veja algumas oportunidades oferecidas pelo serviço público brasileiro:

  • Programa Mais Médicos do Governo Federal: R$ 10.000  para nutrólogos dispostos a trabalhar em cidades do interior do País com maior vulnerabilidade social.
  • Prefeitura de São Paulo: R$ 10.000 por 40 horas semanais para nutrólogos em início de carreira.
  • Governo do Estado de São Paulo: R$ 14.700 por um regime de 40 horas semanais.

Concursos Públicos para Nutrólogo

Nutrólogos interessados em seguir carreira pública encontram uma boa variedade de concursos por todo o País, principalmente para atuar em ambulatórios e hospitais públicos.  Os salários mudam de acordo com a carga horária e o porte do município.

Veja alguns exemplos:

  • Prefeitura de Belo Horizonte (MG): R$ 14.902 (40 horas semanais)
  • Prefeitura de Florianópolis (SC): R$ 9.372 (40 horas semanais)
  • Secretaria de Estado de Saúde do Estado do Acre (AC): R$ 8.160 (30 horas semanais)
  • Fundação de Saúde e Assistência de Caçapava (SP): R$ 7.160 (20 horas semanais)
  • Hospital e Maternidade de Uberlândia (MG): R$ 2.712 (15 horas semanais)
  • Secretaria da Saúde do Estado da Bahia: R$ 2.225 (30 horas semanais)

Sobre a Carreira do Nutrólogo

A humanidade sofre com problemas de alimentação. Hoje, metade da população está obesa ou com sobrepeso e vem desenvolvendo rapidamente doenças derivadas dessa situação, como diabetes,  hipertensão e alterações hormonais que podem levar a males como depressão ou câncer.

No outro extremo, a falta de nutrientes adequados tem causado efeitos devastadores no desenvolvimento das crianças e jovens que vivem nas regiões mais carentes do País.

Em resumo: mais do que nunca, a atuação do nutrólogo tornou-se imprescindível para cuidar da saúde da população.

No entanto, ainda temos uma quantidade insuficiente nutrólogos em atividade no Brasil: pouco mais de 1.200, de acordo com o Conselho Federal de Medicina. E a maioria deles (78%) trabalha nas regiões Sudeste e Sul – o que deixa as regiões Nordeste (especialmente o semiárido), Norte e Centro-Oeste ainda mais vulneráveis.

A Nutrologia é uma área multidisciplinar e atua muito próxima à Medicina Esportiva, Cardiologia, Endocrinologia e Gastrenterologia, além de integrar equipes com nutricionistas, enfermeiros, fisioterapeutas e psicoterapeutas.

Dentre as suas funções principais, podemos citar:

  • Cuidar clinicamente de distúrbios alimentares, como compulsão alimentar, anorexia e bulimia.
  • Correção de problemas de peso.
  • Recuperação de estados de subnutrição ou nutrição inadequada.
  • Acompanhamento de pessoas com necessidades nutricionais especiais, como idosos, crianças e atletas.
  • Promoção da saúde e bem-estar.

Uma dúvida muito comum entre os interessados na área é saber diferenciar as atuações do Nutrólogo e do Nutricionista.

  • O nutrólogo é o médico capacitado a diagnosticar e tratar doenças causadas por nutrição inadequada, tais como obesidade, hipertensão arterial, gastrite e diabetes.
  • O nutricionista é formado em Nutrição e cuida da qualidade dos alimentos e pode prescrever dietas, mas não está habilitado a diagnosticar e tratar pacientes com transtornos ou deficiências alimentares.

Como se tornar um Nutrólogo

Para se tornar nutrólogo é preciso ingressar em um curso de Medicina reconhecido pelo MEC, com seis anos de duração, e, na sequência, passar por uma Especialização de dois anos em Nutrologia.

O curso de Medicina é um dos mais concorridos do Brasil e pode ser encontrado nas principais universidades públicas e privadas do País.

Veja algumas universidades reconhecidas pelo MEC que oferecem o curso de Medicina:

Universidades Privadas:

Universidades Públicas:

Veja também:

Qual a diferença entre Nutrição e Nutrologia?

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin