Defeitos para entrevista de emprego: saiba o que responder

Entre várias perguntas possíveis de surgir em uma entrevista de emprego, uma delas quase sempre se destaca: “Quais são os seus defeitos?”. E nem todo mundo sabe como responder essa pergunta com sinceridade e objetividade. Afinal, em uma entrevista de emprego é comum querermos nos destacar por nossas especialidades e qualidades, e não por características que deixamos a desejar.

Defeitos para entrevista de empregoNo entanto, os recrutadores já sabem que perguntar sobre defeitos é uma zona instável, que deixa muitos candidatos nervosos e inseguros. Não à toa, essa pergunta surge sempre em entrevistas de emprego: para te testar sob pressão, analisar sua capacidade de expor pontos negativos e propor melhorias a eles.

Por isso, não se preocupe: preparamos algumas dicas para te ajudar a mandar bem nessa etapa da conversa. Se te perguntarem quais são seus pontos fracos, saiba como responder sobre defeitos para entrevista de emprego de forma assertiva. Vamos lá?

Quais defeitos falar na entrevista de emprego?

Não existe resposta certa para essa pergunta. Cada pessoa tem pontos fracos e fortes, cabe a cada um se interpretar da melhor maneira e ser honesto na hora de destacar defeitos e qualidades. No entanto, seja sincero na sua resposta e procure demonstrar como esse defeito impacta sua produtividade e já comentar o que você tem feito para amenizar esse problema. Esse é o pulo do gato!

Na hora da ansiedade, é comum que candidatos optem por citar como defeitos algumas características neutras e que não dizem muito sobre você, como “perfeccionismo” ou “senso de urgência”. Na verdade, citá-las como defeitos mostra mais que você não sabe, de fato, quais são seus defeitos ou como melhorá-los. Por isso, evite!

Pense bastante nisso antes de ir para sua entrevista de emprego, e opte também por destacar defeitos que fazem sentido no contexto profissional. Mencionar dificuldades com prazos ou vergonha de se relacionar com colegas é uma coisa, já destacar problemas pessoais que não cabem no contexto é outra coisa. Cuidado para não causar uma má impressão. 

De toda forma, recomendamos que você faça uma autoanálise durante a preparação para uma entrevista de emprego. Seja sincero consigo mesmo: destaque os seus pontos fortes como profissional e seus pontos a desejar. 

Em relação aos defeitos, pense no que você pode fazer para melhorá-los. É muito interessante que, quando te perguntarem por defeitos em uma entrevista de emprego, você saiba não apenas listá-los com honestidade mas também já apresentar uma solução que você tem adotado para amenizar o impacto desse defeito na realização das suas tarefas. Isso demonstra não apenas autoconhecimento mas também proatividade, é um super ponto positivo.

Exemplo: 

“Tenho uma certa dificuldade em me organizar e cumprir com prazos. Sem querer, me perdia nas minhas tarefas e acaba deixando coisas importantes passarem. Por isso, passei a utilizar um planner e aplicativos de agenda e listas para me organizar melhor, e conseguir cumprir com todas as minhas demandas sem esquecer de nada!”

Outro exemplo:

“Sou uma pessoa muito tímida e isso me prejudica na hora de realizar reuniões ou apresentações em grupo no ambiente de trabalho. Sempre tive muita vergonha de falar em público ou expor minhas ideias. Porém, tenho trabalhado para melhorar isso, com acompanhamento psicológico e mentoria profissional para me desenvolver com mais segurança. Com o tempo, tenho me tornado um profissional mais confiante e cada vez menos tímido!”

Pense bem em como apresentar os seus defeitos de maneira direta, para que o recrutador entenda que você reconhece seus pontos a melhorar e já tem tomado providências para isso. Procure passar confiança até no momento de expor suas inseguranças! Geralmente, esse momento na entrevista é bastante breve, então procure se expressar de forma clara para passar uma impressão de ser uma pessoa segura de si.

O que não dizer ao mencionar defeitos na entrevista de emprego?

Como já mencionamos acima, evite citar defeitos muito pessoais ou informais na entrevista de emprego. Evite também adjetivos genéricos, como “perfeccionismo”, “sinceridade” ou “ansiedade”. Esses termos não caracterizam muito bem defeitos e acabam demonstrando inconsistência no seu discurso durante a entrevista. Seja direto, verdadeiro consigo mesmo e evite enrolar o entrevistador. Ele quer te conhecer, então apresente-se da melhor forma!

Como se preparar para perguntas na entrevista de emprego?

Uma entrevista de emprego é um momento decisivo na carreira de qualquer pessoa. Para os recrutadores, você é só mais um candidato entre diversas opções que se inscreveram para a vaga, então é preciso se destacar entre os demais. 

Portanto, antes de encarar o recrutador frente a frente, prepare-se. Demonstre que você se preparou para aquele momento, que você leva aquela experiência a sério e quer estar ali. 

Liste os seus defeitos, qualidades e responda perguntas que frequentemente são questionadas em entrevistas. Saiba como dar o melhor de si! Você precisa mostrar que tem competência e conhecimento necessários para assumir o cargo que está buscando. E para isso, você precisa convencer o entrevistador de que você é a pessoa perfeita para a vaga.

Estou desempregado e quero me destacar na busca por emprego. O que fazer?

Para traçar novos trilhos em sua carreira e mudar de vida, é preciso se preparar. Além de estudar para mandar bem em entrevistas de emprego, outros fatores também podem ajudar e muito na conquista da tão sonhada vaga na sua área de atuação. 

Veja mais: 10 dicas para um currículo perfeito

Um currículo que chama a atenção já é um ótimo primeiro passo para te diferenciar dos demais candidatos. Cursos, especializações e até mesmo estar fazendo uma graduação são ótimas formas de se destacar nessa etapa.

Portanto, se você já possui o ensino médio completo e ainda não está realizando o ensino superior, cogite essa possibilidade. Para a sua trajetória profissional, cursar a graduação dos seus sonhos é um super diferencial – e ao entrar na faculdade, novas portas no mercado de trabalho são abertas. Oportunidades de vagas que exigem mais experiência e oferecem salários melhores surgirão. Estudar é um ótimo caminho para quem quer um futuro melhor!

No entanto, na hora de escolher uma graduação para cursar o ensino superior, é importante filtrar sua busca para instituições de qualidade e que possuam reconhecimento do Ministério da Educação (MEC). Para facilitar sua vida, separamos algumas opções abaixo:

As faculdades particulares citadas acima oferecem diversas opções de cursos de graduação, entre eles alguns dos mais procurados pelos estudantes: Direito, Engenharia Civil, Odontologia, Pedagogia, Educação Física, Psicologia e muito mais. Ainda é possível filtrar possibilidades através da cidade em que você deseja estudar, da modalidade de ensino (EAD ou presencial) do período (matutino, noturno ou integral) e o que mais você precisar.

Nunca foi tão fácil ingressar no ensino superior e se especializar na sua área para crescer na carreira.

Leia também: Entrevista de emprego: saiba como se sair bem

Essas dicas foram úteis para você? Esperamos que esse texto tenha te ajudado na sua trajetória profissional, e desejamos boa sorte na busca da tão sonhada vaga!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!