Entenda por que se comemora o Dia do Trabalho

Conheça a história por trás do feriado do dia 1º de maio e entenda a sua importância

O Dia do Trabalho é celebrado como feriado nacional no dia 1º de maio. Como todo feriado, trata-se de uma data em que aproveitamos para dar uma pausa nas obrigações do dia a dia. O problema é que fazemos isso, muitas vezes, sem parar para refletir sobre a importância da data celebrada.

Refletir sobre a importância do Dia do Trabalho e sobre o que essa data representa, contudo, é fundamental para todos os profissionais e futuros profissionais. Vamos entender o porquê disso?

Por que 1º de maio é o Dia do Trabalho?

A origem do dia do trabalho remonta ao período correspondente à Segunda Revolução Industrial – da segunda metade do século XIX à primeira metade do século XX. Nesta época, com o domínio de novas tecnologias, o aumento de capacidade produtiva tornou-se o grande objetivo das indústrias.

Os trabalhadores, por sua vez, eram vistos como meras ferramentas necessárias para que esse objetivo fosse alcançado. As jornadas de trabalho eram exaustivas, muitas vezes insalubres, e os direitos trabalhistas ainda não existiam. 

Revolta de Haymarket

Cansados dessa situação, em maio de 1886, trabalhadores de Chicago, Estados Unidos, articularam greves e foram às ruas para reivindicar a redução de suas jornadas de trabalho de 13 horas para 8 horas diárias.

As manifestações, a princípio pacíficas, ganharam contornos violentos a partir de intervenções policiais que, no dia 3 de maio, causaram a morte de uma pessoa e deixaram outras tantas feridas.

Em resposta à brutalidade policial e a fim de demonstrar que a luta pela redução da jornada de trabalho seguiria firme apesar das represálias, os manifestantes organizaram um grande protesto para ocorrer no dia seguinte, 4 de maio, na praça Haymarket.

Neste protesto, entretanto, um indivíduo não identificado lançou uma bomba contra os policiais que, então, iniciaram um tiroteio. Resultado: cerca de 100 feridos, entre civis e policiais, e pelo menos 8 vítimas fatais.

Entenda por que se comemora o dia do trabalho - Guia da Carreira

Embora não se saiba, até hoje, quem efetivamente foi o responsável por essa bomba, 8 manifestantes foram presos pelo ocorrido. Após o julgamento, que foi considerado bastante controverso, 7 dos acusados foram condenados à morte e um foi condenado a 15 anos de prisão.

As sentenças, contudo, não abalaram a força dos movimentos de trabalhadores nos Estados Unidos. Pelo contrário: muitas pessoas consideraram o julgamento como uma grande farsa e os condenados tornaram-se mártires.

Dos 7 homens sentenciados à morte, 4 foram enforcados e um cometeu suicídio antes da sua execução. Os outros dois tiveram suas penas inicialmente convertidas em prisão perpétua, até que, em 1893, o então governador do estado de Illinois, John Peter Altgeld, anulou as sentenças destes dois homens e também do que cumpria pena de 15 anos de prisão.

Isso ocorreu porque, após estudar o caso, Altgeld concluiu que os oito homens considerados culpados pela bomba lançada na tragédia de Haymarket não tiveram a oportunidade de um julgamento justo. Assim, considerou correto fazer justiça antes tarde do que nunca, libertando os três sobreviventes.

Todo esse conflito da Revolta de Haymarket e seus desdobramentos fortaleceram os movimentos trabalhistas da época, e não só nos Estados Unidos. Exemplo disto foi a manifestação ocorrida em Paris em 1889, na qual trabalhadores franceses também reivindicaram a redução de suas jornadas de trabalho e, a fim de homenagear os mártires de Chicago, o fizeram em maio daquele ano, no dia 1º.

Anos depois, o dia 1º de maio – que marcou, em 1886, o início das greves trabalhistas que culminaram na Revolta de Haymarket – foi sendo reconhecido por diversos países como o Dia do Trabalho e, assim, tornou-se uma data comemorativa internacional. 

Dia do Trabalho no Brasil e no mundo

Agora que você já sabe que, no Brasil e em vários outros países do mundo, o Dia do Trabalho é celebrado em 1º de maio como forma de homenagem à luta travada por trabalhadores de Chicago em 1886, aqui vai uma curiosidade: nos Estados Unidos e no Canadá, o feriado do Dia do Trabalho (Labor Day) não é comemorado em maio, e sim na primeira segunda-feira de setembro.

Os demais países que celebram o Dia do Trabalho aderiram à data de 1º de maio como padrão, mas não são todos os que tomam este dia como feriado. O primeiro país a instituir o Dia do Trabalho como feriado nacional foi a França, em 1919. No Brasil, embora já fosse celebrado, o feriado foi oficialmente reconhecido em setembro de 1924, pelo então Presidente da República Artur Bernardes.

Importância do Dia do Trabalho

O Dia do Trabalho é uma data que representa a luta por direitos trabalhistas que se mantém ativa, desde o século XIX, devido à coragem e ao esforço de trabalhadores de todo o mundo.

Por isso, além de homenagear aqueles que, ao longo da história, dedicaram suas vidas a reivindicar melhores condições de trabalho para todos nós, ao celebrar os direitos trabalhistas, o dia 1º de maio serve para nos lembrar da importância destes direitos e do quão difícil foi conquistá-los.

Refletir sobre tudo isso é fundamental, pois, como trabalhadores e estudantes (futuros trabalhadores), não podemos nos manter alheios à importância das questões trabalhistas, seja qual for nossa área de atuação profissional!

Veja também: Lista de cursos de graduação e pós-graduação para começar ou aprimorar a sua carreira.

E você, já conhecia a história do feriado do Dia do Trabalho? Conta pra gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!