dcsimg

Conheça as diferentes áreas da Medicina e veja onde estudar

Você se interessa pelas profissões da área da Saúde? Então descubra as áreas da Medicina que você pode escolher e quais faculdades cursar!

O curso de Medicina é conhecido por ser um dos mais puxados e com grande concorrência em todas as universidades.

No entanto, a procura só cresce. Surgem no mercado cada vez mais possibilidades de atuação, aliadas a novas tecnologias e, como recompensa, altos salários.

Justamente por isso, pode ficar difícil escolher entre as áreas da Medicina na hora de seguir a sua carreira profissional.

Então, saiba mais sobre os diferentes campos que você poderá trabalhar e descubra onde estudar!

Como é o curso de Medicina?

A formação em Medicina tem duração média de 6 anos e ocorre em período integral, além de ser exigido a realização de pesquisas e plantões em hospitais.

Durante os primeiros dois anos de curso, você vai aprender sobre fundamentos básicos, como anatomia, fisiologia e patologia. Depois, as aulas vão ficando cada vez mais específicas, aprofundando em processos celulares e moleculares, sintomas de doenças, entre outros.

Em algumas universidades, você pode participar de disciplinas práticas já nos primeiros semestres. No entanto, o atendimento a pacientes só é permitido a partir do terceiro ano.

Durante os últimos dois anos de formação, os alunos fazem o chamado internato, que é como se fosse um estágio nas áreas da Medicina. É nesse momento que você vai praticar mais, podendo circular pelos campos da clínica, cirurgia, pediatria, obstetrícia, ginecologia e atenção primária à saúde.

No internato, você poderá fornecer atendimento em Unidades Básicas de Saúde (UBS), hospitais, prontos-socorros, UTIs e ambulatórios.

Você pensa que acabou? Depois de formado, os estudantes de Medicina que quiserem se especializar em uma das áreas do campo, devem fazer dois anos de residência médica.

Quais são as áreas da Medicina que eu posso escolher?

Agora que você já sabe como funciona o curso de Medicina, veja abaixo uma lista das áreas nas quais você pode se especializar:

Acupuntura: tratamento de medicina tradicional chinesa, com aplicação de agulhas em pontos determinados do corpo humano.

Alergia e imunologia: estuda os mecanismos de defesa do organismo.

Anestesiologia: analisa a dor e a aplicação de medicamentos anestésicos.

Angiologia: trata de doenças do sistema circulatório (artérias e veias).

Cancerologia: estuda o câncer.

Cardiologia: estuda doenças que estejam relacionadas ao coração.

Cirurgia: realiza intervenções manuais ou instrumentais no corpo humano.

Clínica médica: trata problemas relacionados ao organismo no geral.

Coloproctologia: estuda doenças do intestino grosso, reto e ânus.

Dermatologia: trata doenças da pele.

Endocrinologia e metabologia: estuda os distúrbios hormonais e os relacionados ao metabolismo.

Endoscopia: analisa os mecanismos fisiopatológicos, diagnóstico e tratamentos de doenças passíveis de abordagem por cirurgia.

Enfermagem: trabalha no apoio a pacientes que se recuperam de doenças ou cirurgias e atua na prevenção de doenças.

Gastroenterologia: trata o sistema digestivo.

Genética médica: estuda os genes e as doenças genéticas.

Geriatria: trata doenças provocadas pelo envelhecimento.

Ginecologia e obstetrícia: estuda o sistema reprodutor feminino, a gravidez e o parto.

Hematologia e hemoterapia: estuda componentes do sangue, seu uso terapêutico e seus componentes.

Homeopatia: prática de clínica geral baseada em medicamentos preparados com substâncias naturais.

Infectologia: trata infecções causadas por vírus, bactérias e fungos.

Mastologia: estuda as glândulas mamárias.

Medicina de família e comunidade: estuda o paciente inserido em contexto familiar e comunitário e as doenças que podem estar correlacionadas.

Medicina do trabalho: estuda a prevenção e o tratamento de doenças causadas pelo ambiente de trabalho ou por práticas profissionais.

Medicina de tráfego: estuda a manutenção do bem-estar físico, psíquico e social dos indivíduos que se deslocam, qualquer que seja o meio que propicie a sua mobilidade.

Medicina esportiva: estuda a prevenção e o tratamento de distúrbios causados por atividades esportivas. Fornece orientação médica e acompanha equipes e times.

Medicina física e reabilitação: destina-se a restabelecer as funções que foram prejudicadas em decorrência de determinadas doenças, através de diferentes recursos, trabalhando, inclusive, em conjunto com outras especialidades médicas.

Medicina intensiva: cuida de pacientes graves, com recursos tecnológicos e humanos no tratamento de doenças ou complicações.

Medicina legal e perícia médica: trabalha com a realização de autópsias, exames de DNA e de corpo de delito. Oferece também suporte à investigação de crimes.

Medicina nuclear: utiliza materiais radioativos com finalidade diagnóstica e terapêutica.

Medicina preventiva e social: atua na prevenção de doenças.

Nefrologia: estuda doenças causadas nos rins.

Neurocirurgia: trata de doenças do sistema nervoso central e periférico passíveis de cirurgia.

Neurologia: estuda e trata distúrbios do sistema nervoso.

Nutrologia: pesquisa e avalia distúrbios do comportamento alimentar.

Oftalmologia: trata problemas e doenças relacionadas aos olhos.

Ortopedia e traumatologia: atua no tratamento de doenças nos ossos e músculos.

Otorrinolaringologia: estuda e trata doenças do ouvido, nariz, boca e garganta.

Patologia: analisa doenças em geral sob determinados aspectos, envolvendo ciência básica e prática clínica.

Patologia clínica/Medicina Laboratorial: área responsável por exames laboratoriais.

Pediatria: estuda e trata o desenvolvimento das crianças.

Pneumologia: estuda e trata doenças causadas nos pulmões.

Psiquiatria: trata transtornos mentais e comportamentais.

Radiologia e diagnóstico por imagem: realiza exames radiológicos e fornece diagnóstico por imagens.

Radioterapia: tratamento realizado por meio de radiação.

Reumatologia: trata doenças relacionadas a cartilagens e articulações.

Urologia: estuda e trata doenças das vias urinárias e do sistema reprodutor masculino.

Onde fazer um curso de Medicina?

Se o seu negócio é estudar algum curso dentro de Medicina, é importante escolher uma faculdade que seja aprovada pelo MEC. Conheça as principais:

Veja também:

Existe faculdade de Medicina a distância no Brasil? Entenda
Existe faculdade de Odontologia a distância? Entenda

E você? Está querendo fazer um curso de formação em Medicina ou algum outro curso na área da Saúde? Conta para gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin