Conheça as diferenças entre Biomedicina e Biotecnologia

Você está em dúvida entre a área da Biomedicina e da Biotecnologia? Neste artigo, você conhece mais sobre essas carreiras, suas formações e suas diferenças. Acompanhe!

O que faz um biomédico?

O biomédico é o profissional responsável por estudar o comportamento de vírus, bactérias e outros micro-organismos no corpo humano e realizar análises, pesquisas e testes laboratoriais a fim de encontrar novos medicamentos e vacinas para combatê-los.

Para tanto, esses profissionais coletam e preparam amostras de materiais biológicos e ambientais, selecionam equipamentos e insumos, desenvolvem pesquisas técnico-científicas e operam equipamentos de diagnósticos por imagem e de radioterapia.

O principal local de atuação do biomédico é o laboratório. Eles também são encontrados em hospitais, órgãos públicos de saúde, bancos de sangue e de células tronco.

As áreas de atuação mais comuns da Biomedicina são: Análises clínicas; Análises ambientais; Indústrias; Análises bromatológicas; Biologia molecular; Genética; Reprodução humana; Citologia oncótica; Banco de sangue; Imagenologia.

Como é o curso de Biomedicina?

O curso de Biomedicina é de nível bacharelado e tem duração média de 4 anos. Durante o curso, os estudantes aprendem a identificar, classificar e estudar os microorganismos causadores de doenças e pesquisar medicamentos e vacinas para combatê-los.

Segundo as Diretrizes Curriculares Nacionais do curso, ele deve capacitar os alunos a realizar análises clínicas, citologia oncótica, análises hematológicas, análises moleculares, produção e análise de bioderivados, análises bromatológicas, análises ambientais, bioengenharia e análise por imagem.

Confira abaixo algumas das disciplinas do curso de Biomedicina:

  • Biofísica;
  • Biologia Molecular;
  • Bioética;
  • Citologia e Genética;
  • Diagnóstico por Imagem;
  • Farmacologia;
  • Fisiologia Humana;
  • Imunologia;
  • Microbiologia;
  • Parasitologia;
  • Patologia Humana;
  • Química e Bioquímica;
  • Virologia.

Para se formar, o estudante deve apresentar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e cumprir 20% da carga horária total do curso de estágio supervisionado obrigatório. Para atuar profissionalmente, o recém-formado precisa se credenciar no Conselho Regional de Biomedicina (CRBM).

O que faz o biotecnólogo?

O biotecnólogo ou biotecnologista é o responsável por utilizar técnicas laboratoriais para estudar organismos a nível molecular, realizar análises e mutações genéticas. Ele pode trabalhar na produção de biocombustíveis, no melhoramento genético de animais e grãos e na conservação de espécies.

Esses profissionais manipulam material genético, sintetizando seqüências de dna e modificando genes, manipulando expressão gênica e gerando organismos geneticamente modificados. Eles também podem analisar genomas, sequenciando-os, identificando genes e marcadores genéticos, aplicam técnicas de reprodução e multiplicação de organismos e elaboram projetos de pesquisa em biotecnologia e bioengenharia.

As principais áreas de atuação do biotecnólogo são Engenharia Genética, Terapia Genética, Clonagem, Células-Tronco, Transgênicos, Genômica e Bioinformática. Eles costumam trabalhar em universidades, centros de pesquisa e indústrias.

Como é o curso de Biotecnologia?

O curso de Biotecnologia também é um bacharelado com duração média de 4 anos. Essa graduação é bastante recente e ainda nem possui Diretrizes Curriculares. Em geral, o curso une conhecimentos das Ciências Biológicas e Ciências Biomédicas. Algumas instituições oferecem o curso de Engenharia de Biotecnologia.

Durante o curso de Biotecnologia, os estudantes aprendem a utilizar técnicas de biologia molecular para estudar e melhorar os organismos. Dê uma olhada na sequência em algumas disciplinas do curso:

  • Bioestatística;
  • Química Fundamental;
  • Bioquímica;
  • Biofísica;
  • Genética;
  • Embriologia e Células Troncos;
  • Microbiologia;
  • Imunologia;
  • Fisiologia;
  • Microbiologia Industrial;
  • Bioinformática;
  • Engenharia Genética;
  • Farmacologia;
  • Biotecnologia Ambiental;
  • Biotecnologia dos Alimentos.

Em geral, ao final do curso, as instituições cobram a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Já o estágio supervisionado não costuma ser obrigatório.

Quais as diferenças entre Biomedicina e Biotecnologia?

A Biomedicina e Biotecnologia são bastante próximas em sua formação, pois estudam principalmente Ciências Biológicas, e em sua atuação profissional, já que tanto o biomédico quanto o biotecnólogo trabalham, geralmente, em laboratórios. Ambas áreas podem trabalhar com manipulação de substâncias e de microrganismos para a fabricação de medicamentos ou a industrialização de alimentos.

A principal diferença entre as duas carreiras é que a Biomedicina foca no desenvolvimento científico e tecnológico da área da saúde humana. Já a Biotecnologia é multidisciplinar; ela aplica conhecimentos químicos e biológicos e de novas tecnologias não só para a área da saúde, bem como para as áreas química, ambiental e de alimentos também.

Para os que desejam trabalhar com análises clínicas, realizando exames laboratoriais, por exemplo, ser pesquisador na área de genética ou atuar no diagnóstico por imagem, a melhor opção é a Biomedicina.

Já aqueles que pretendem trabalhar no setor de biocombustíveis, de commodities, de melhoramento genético animal ou de conservação de espécies, a carreira da Biotecnologia é a melhor escolha.

Onde estudar Biomedicina e Biotecnologia?

Gostou de conhecer mais sobre os cursos de Biomedicina e de Biotecnologia? Além de escolher um curso que seja a sua cara, você também precisa pesquisar mais sobre a instituição de ensino que pretende ingressar e ver suas avaliações no Ministério da Educação (MEC).

Algumas instituições particulares oferecem bolsas de estudos, descontos nas mensalidades e ingresso sem burocracia, com ou sem a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Se interessou? Então, confira abaixo algumas faculdades bem reconhecidas pelo MEC para você estudar pagando pouco, no ensino presencial ou a distância:

Veja também: Saiba mais sobre o curso de Biomedicina

E você, já sabe onde se irá cursar Biomedicina ou Biotecnologia? Compartilha com a gente nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin