dcsimg

Descubra como conseguir uma bolsa para Medicina Veterinária

Se você quer estudar Veterinária e acha que o curso é caro demais, não desanime. Conheça aqui opções para fazer essa faculdade pagando menos!

Medicina Veterinária é uma graduação que precisa de uma boa infraestrutura de laboratórios, animais para estudo e até fazendas-escola. Por isso, as mensalidades não saem tão em conta. Mas há alternativas para pagar menos.

Quase todas as faculdades particulares trabalham com alternativas para quem não pode arcar com o curso. Elas vão desde iniciativas governamentais como o ProUni até programas privados das próprias instituições.

Os requisitos para ganhar o benefício variam. Muitas bolsas são destinadas a alunos de baixa renda, enquanto outras premiam estudantes com boas notas. Isso tudo você vai saber direitinho aqui e agora. Confira!

Bolsas para estudar Medicina Veterinária

Há mais de um caminho para estudar Veterinária pagando menos. De modo geral, você pode conseguir uma bolsa caso se encaixe em alguma das situações detalhadas mais abaixo.

Mas preste atenção em uma coisa: alguns programas privados não incluem o curso de Veterinária.

Como cada faculdade define suas próprias regras, você tem que verificar em cada uma delas essa informação. Sempre leia atentamente os editais de oferta de bolsas antes de se inscrever.

Vamos às oportunidades:

Bolsas por perfil socioeconômico

Muitos programas de bolsas de estudo estão voltados a pessoas de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade social e econômica. Sem a ajuda da bolsa, esses estudantes não teriam como fazer Veterinária em uma faculdade particular.

Os requisitos podem variar, mas o mais comum é que o candidato tenha que comprovar, por meio de documentação, os ganhos mensais de cada um dos componentes de seu núcleo familiar. Se a renda da família for baixa, a chance de ganhar a bolsa aumenta.

O maior e mais conhecido programa de bolsas do Brasil é o Programa Universidade para Todos (ProUni), criado pelo governo federal. Nele, só pode concorrer quem tem renda bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Para participar do ProUni é necessário também ter feito o Enem e conseguido pelo menos 450 pontos na média geral das provas. Quem tirou zero na redação fica automaticamente de fora.

As inscrições para o ProUni acontecem duas vezes ao ano e devem ser feitas online, na página oficial do programa.

Além do ProUni, algumas faculdades mantêm programas de bolsas de estudo privadas, também focadas em estudantes de baixa renda. Fique ligado e se informe na instituição de seu interesse!

Bolsas por desempenho acadêmico

É muito comum as universidades oferecerem bolsas aos estudantes que se destacam nas notas. Os sistemas de premiação mais conhecidos são:

  • Notas do vestibular: em algumas instituições, os melhores colocados no vestibular ganham bolsas de estudo. Por exemplo: o primeiro colocado fica com bolsa de 100%, o segundo ganha 75% e assim por diante. Pode acontecer também de a faculdade dar bolsas parciais aos 50 ou 100 primeiros colocados.
  • Notas do Enem: muitas instituições adotam as notas do Enem como critério para descontos nas mensalidades. A premiação pode ser progressiva, chegando a bolsas de 100%.

Bolsa por convênio com empresas

Outra prática adotada por muitas instituições é a bolsa para quem trabalha em empresas parceiras da faculdade. O benefício se estende também aos familiares do trabalhador.

Cada universidade divulga em seu site a relação das empresas conveniadas. As listas costumam ser extensas e incluem associações, sindicatos e organizações de vários segmentos. Para conseguir o benefício, é necessário comprovar o vínculo com a empresa parceira.

Bolsa por transferência

Se você estuda em uma faculdade particular e quer pedir transferência para outra, é bem possível que ganhe desconto na matrícula e bolsa nas mensalidades até o fim do curso.

Esse sistema vem sendo usado por muitas instituições. A aprovação da transferência vai depender da disponibilidade de vagas e da compatibilidade entre as grades curriculares dos cursos. Isso tudo tem que ser verificado diretamente na secretaria da faculdade para a qual você pretende se transferir.

Desconto por pontualidade

É uma prática antiga que, felizmente, continua a ser adotada pela maioria das faculdades particulares: quem paga em dia as mensalidades tem direito a desconto, que costuma ficar na faixa dos 10%.

Financiamentos para estudar Medicina Veterinária

Uma alternativa às bolsas de estudo são os financiamentos. A diferença aqui é que o valor da ajuda deverá ser devolvido mais tarde.

De todo modo, financiar a graduação é uma saída para quem não tem como pagar as mensalidades do curso de Medicina Veterinária integralmente.

O agente financiador – que pode ser uma instituição bancária ou a própria faculdade – vai bancando as mensalidades (ou parte delas) durante o curso, o que torna o caminho do universitário muito mais leve em termos financeiros.

Um dos financiamentos mais conhecidos no Brasil é o FIES, uma iniciativa governamental que prioriza os estudantes de baixa renda.

O FIES tem um processo seletivo que usa como critério as notas do Enem. Para se inscrever é preciso apresentar mais do que zero na redação e pelo menos 450 pontos na média geral das provas. A inscrição é feita pelo site oficial do programa.

Fora o FIES, muitas faculdades brasileiras oferecem programas privados de financiamento. As regras podem variar de acordo com a instituição.

Mais uma vez, a dica aqui é entrar em contato direto com a faculdade de seu interesse para verificar as possibilidades e condições para financiar o curso de Veterinária.

Faculdades de Veterinária reconhecidas pelo MEC que oferecem bolsas de estudos

Cerca de 300 faculdades no Brasil oferecem graduação em Medicina Veterinária. A maioria delas é particular.

Selecionamos para você algumas opções de universidades reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC) e que recebem boas avaliações para seus cursos de Veterinária. Todas trabalham com o ProUni, o FIES e também com muitos programas privados de bolsas e financiamentos. Confira:

Veja também:

Conheça os cursos de Veterinária mais baratos do Brasil

Está animado para tentar uma bolsa no curso de Veterinária? Já tem uma faculdade em vista? Conte tudo aqui para a gente!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin