Veja tudo sobre fazer uma faculdade de Comércio Exterior EAD

Durante sua pesquisa por uma faculdade, o curso de Comércio Exterior EAD surgiu como uma opção? Então agora é hora de entender todos os principais detalhes dessa graduação e ver algumas dicas para você entrar logo na faculdade.

A graduação de Comércio Exterior pode ser encontrado de duas formas: bacharelado ou tecnológico. O mais buscado costuma ser o tecnológico, já que a formação é mais rápida e voltada diretamente para a atuação prática no mercado de trabalho.

Nesse tipo de curso de nível superior, Comércio Exterior está entre os cursos do eixo tecnológico de Gestão e Negócios, de acordo com a classificação do Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia do Ministério da Educação (MEC).

Esse eixo possui 13 cursos e é um dos principais para quem busca por áreas relacionadas à administração, gestão e negócios.

Ainda tratando popularidade, a busca pelos cursos de ensino a distância (EAD) tem crescido a cada semestre letivo. Dados do Censo da Educação Superior de 2018, divulgado pelo MEC em 2019, mostraram que pela primeira vez há mais vagas em cursos EAD do que em cursos presenciais no ensino superior do Brasil.

Sabendo desse crescimento, entenda mais sobre como é a faculdade de Comércio Exterior EAD.

Como é o curso de Comércio Exterior EAD?

O curso de Comércio Exterior trabalha na formação de profissionais que possam atuar na área gerencial de empresas que trabalhem com negociações com outros países. Como citado acima, ele pode ser oferecido de duas formas (bacharelado e tecnológico), ambos com diplomas do ensino superior.

O mais popular deles, o de nível tecnológico, possui uma carga horária de 1.600h, e o curso costuma ter uma duração média entre 2 e 3 anos. Nele, o aluno terá disciplinas mais voltadas à prática profissional direta, com assuntos que são fundamentais no dia a dia da carreira, como:

  • Contratos Internacionais;
  • Importação e Exportação;
  • Logística internacional;
  • Legislação aduaneira;
  • Transações Cambiais.

Na modalidade EAD, os estudantes podem encontrar duas formas de realizar o curso:

  • Virtual: Nesta modalidade, praticamente todo o curso é disponibilizado no ambiente virtual de aprendizagem (AVA) da faculdade. Os encontros nos polos de apoio presencial da universidade são mais raros, espalhados ao longo do curso. Mas, mesmo assim, o curso precisa ter uma carga horária mínima de 20% do total do curso com atividades presenciais, que costumam ser provas finais, apresentação de projetos e trabalhos e aulas práticas.
  • Semipresencial: Nesse tipo de curso EAD, os encontros são mais frequentes e acontecem com uma periodicidade maior. Dependendo da faculdade ou da disciplina, os estudantes podem até precisar ir semanalmente ao polo da faculdade. Esses encontros geralmente trazem provas, atividades em grupo e apresentação de trabalhos, mas o conteúdo de aulas continua em sua maioria disponível de forma virtual.

Nas duas modalidades, os alunos de Comércio Exterior EAD possuem tutores disponíveis para ajudar com as disciplinas e atividades do curso. Nos fóruns virtuais, os estudantes podem conversar e debater entre si sobre os conteúdos vistos em aulas.

Grade curricular

Como dito anteriormente, a grade curricular do curso tecnológico de Comércio Exterior é principalmente voltada para as atividades do dia a dia profissional. O bacharelado inclui algumas disciplinas que aprofundam na área teórica do curso, mas ambas modalidades possuem matérias semelhantes.

Veja parte da grade de Comércio Exterior EAD, segundo o site Quero Bolsa:

  • Direito Internacional;
  • Economia Internacional;
  • Gestão Aduaneira em Exportação e Importação;
  • Gestão de Logística e Transportes;
  • Legislação do Comércio Exterior;
  • Marketing Internacional;
  • Negociação do Comércio Exterior;
  • Sistemática de Exportação e Importação.

Qual o valor da mensalidade do curso de Comércio Exterior EAD?

Em levantamento usando como base os valores das mensalidades do curso de Comércio Exterior EAD disponíveis no Quero Bolsa, é possível identificar que o preço pode variar entre R$ 200 e R$ 500 para o curso tecnológico a distância.

Para o curso tecnológico presencial, os valores possuem variação média entre R$ 650 e R$ 1.200 ao mês. Para o bacharelado, os valores para o curso presencial podem ultrapassar R$ 1.500 na mensalidade.

Outras vantagens da faculdade de Comércio Exterior EAD?

Além dos preços mais baixos, há outros fatores importantes que levam os estudantes a optarem por estudar na modalidade EAD em vez do ensino presencial. Essas razões são parte fundamental do crescimento de vagas e alunos matriculados em cursos a distância.

Veja algumas vantagens:

  • O diploma do curso EAD possui o mesmo valor que o diploma presencial. A única exigência é que a faculdade que oferece a graduação seja reconhecida pelo MEC e tenha o curso certificado;
  • Com os horários flexíveis do EAD, os alunos podem adaptar sua rotina de acordo com sua necessidade;
  • Para quem já trabalha, os cursos EAD são formas de conciliar atividades na empresa e na faculdade;
  • Faculdades brasileiras contam com polos de apoio espalhados por todas as regiões do país, democratizando o acesso ao ensino superior para quem mora fora dos grandes centros urbanos.

Faculdades de Comércio Exterior EAD

Se você se interessou pelo curso de Comércio Exterior EAD, vamos te ajudar com o próximo passo, que é escolher a faculdade.

Na lista abaixo, há cinco universidades que possuem os cursos EAD reconhecidos pelo MEC, com unidades em todo o Brasil e ainda são bem avaliadas pelo mercado de trabalho.

Veja algumas opções:

Essas instituições também oferecem diversas formas de acesso, como nota do Enem, programas do governo (Prouni e Fies) e bolsas de estudo que deixam as mensalidades mais acessíveis.

Veja também: O que é Comércio Exterior?

E então, prefere o curso de Comércio Exterior EAD ou presencial? Conte para a gente o que achou nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin