Tudo sobre o curso de cinema

Prepare a sua pipoca e o guaraná bem geladinho! Afinal, o assunto hoje no Guia da Carreira é o curso de Cinema. Quem não tem um filme favorito? Aquele que nos lembra nossos melhores momentos da infância… um romance arrebatador… uma comédia que nossa barriga até dói de tanto rir… ou aquele terror que a gente morre de medo e não consegue nem dormir sozinho!

Tudo sobre o curso de cinema

Toda história precisa de alguém para contá-la. E o cinema faz isso em formato audiovisual. A formação em cinema permite aproximar as mentes criativas das técnicas de filmagem, edição, roteiro, direção, fotografia, cenografia e sonoplastia.

Luz, câmera, ação! Chegou a hora de conhecer mais sobre o curso de Cinema, suas modalidades e principais áreas de atuação no mercado de trabalho.

Como é o curso de Cinema?

Apesar de existirem muitas escolas de cinema famosas no exterior, vamos focar nas possibilidades existentes aqui no Brasil. A primeira coisa a se atentar é ao nome do próprio curso, que pode ser diferente conforme a faculdade pesquisada, porém com grades curriculares semelhantes. Alguns dos nomes são:

  • Cinema e Audiovisual
  • Audiovisual
  • Produção Audiovisual
  • Comunicação Visual

Isso acontece para poder oferecer ao estudante outras opções de trabalho além de fazer filmes para o cinema. Mais abaixo falaremos sobre o mercado de trabalho para o graduado nesta área.

Além dos nomes, também existem três modalidades diferentes para o curso de Cinema: bacharelado, licenciatura e tecnólogo. O curso é majoritariamente presencial e pode ser ofertado em turno integral ou parcial (matutino, vespertino ou noturno).

Bacharelado em Cinema

O bacharelado é a formação mais comum destas três. Tem duração em média de quatro anos, estágio supervisionado, produção de um TCC (trabalho de conclusão de curso) e oferece uma formação mais abrangente, promovendo estudos teóricos e práticas em laboratório.

Alguns cursos também exigem que além do trabalho teórico (TCC) seja apresentado um filme produzido pelo próprio aluno.

Licenciatura em Cinema

A única faculdade no Brasil a oferecer o modelo de licenciatura em Cinema é a Universidade Federal Fluminense (UFF), em Niterói (RJ). A licenciatura é um modelo de curso voltado para formar educadores, como em Letras, História, Matemática, Física e outras disciplinas.

O tempo para se formar na licenciatura também é de em média quatro anos, permitindo que o formado atue posteriormente como professor ou pesquisador na área, em escolas livres de cinema, oficinas e práticas educativas em museus e outros espaços culturais.

Tecnólogo em Cinema

Os cursos tecnólogos se popularizaram muito nos últimos anos por oferecer uma formação superior  robusta, mas compacta, que permite terminar o curso em média em 5 semestres (dois anos e meio). Em algumas faculdades o estágio pode ser opcional, mas o TCC é sempre requisitado ao final do curso e é etapa obrigatória para se formar.

Os cursos tecnólogos são focados nas áreas técnicas e nos procedimentos para produzir materiais audiovisuais. O tecnólogo em cinema domina a operação, supervisão e gestão das tecnologias empregadas para que uma produção audiovisual possa ser produzida com excelência.

O que se estuda em um curso de Cinema?

Apesar de se moldarem conforme o perfil que a faculdade quer formar para o mercado de trabalho, as grades curriculares dos cursos de Cinema contam com bastantes semelhanças, com a alteração do nome de algumas disciplinas conforme  decisão individual da instituição. 

Alguns campi com outros cursos de artes, humanidades e comunicação oferecem ao aluno a possibilidade de cursar outras matérias opcionais que contemplem seus interesses. 

Em geral, o aluno de cinema precisa conhecer fundamentos teóricos da história da profissão e das artes, desenvolver suas habilidades críticas e as etapas de produção de um filme. 

Para ilustrar com mais clareza o que você vai aprender no curso, preparamos uma lista com algumas das disciplinas oferecidas na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em sua grade curricular implementada no ano de 2015:

  • Fotografia
  • Teoria da Literatura
  • Universos da Arte
  • Expressões Cinematográficas
  • História do Cinema
  • Montagem Cinematográfica
  • Som
  • Escrita Criativa
  • Cinema Brasileiro
  • Direção de Produção
  • Gêneros Cinematográficos
  • Cinema Documentário 
  • Teoria do Cinema
  • Universos da Arte
  • Roteirização
  • Direção Cinematográfica
  • Pós-Cinemas
  • Produção Executiva
  • Análise Fílmica 
  • Dramaturgia

Como é o mercado de trabalho para Cinema?

A maioria das faculdades brasileiras busca formar cineastas competentes para trabalhar em diferentes áreas, pois o mercado do audiovisual é amplo e necessário em diferentes empresas, ou feito de forma empreendedora.

A primeira opção para um cineasta é a produção de filmes longa ou curta-metragem que podem ser exibidos em cinemas, plataformas de streaming, DVDs, mostras artísticas, entre outros. O fomento cultural estimulado por programas e leis do poder público aquece este setor há décadas.

Os canais de televisão abertos e por assinatura e as agências publicitárias também precisam de cineastas para suas produções audiovisuais. O mercado corporativo é outro que contrata profissionais de cinema para a produção de filmes institucionais. Na maioria dos casos, uma produtora é contratada por essas empresas para realizar este serviço e fornecer toda a equipe necessária.

Uma obra audiovisual exige muitos profissionais da área para que uma ideia possa, primeiramente, parar no papel (ser roteirizada e planejada) e, depois, sair do papel (ser filmada e editada).

O profissional de cinema precisa ter, além de sua criatividade, domínio nas áreas técnicas para qual quer se candidatar a uma vaga. É muito importante ainda saber trabalhar em equipe. 

Quer um exemplo? Lembre-se dos créditos de um filme e o número de nomes que aparecem na produção. Se relacionar bem com as pessoas é essencial para que os trabalhos fluam bem e indicações para trabalhos futuros possam surgir.

Onde posso estudar Cinema?

Apesar de parecer um curso incomum, a graduação em Cinema está disponível em diversas cidades do Brasil, mas em sua maioria em universidades particulares. Algumas opções de faculdades públicas são:

  • Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
  • Universidade Federal do Pará (UFPA)
  • Universidade Federal Fluminense (UFF)
  • Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)
  • Universidade Federal do Ceará (UFC)
  • Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
  • Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT)
  • Universidade Federal de Pelotas (UFPel)
  • Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR)
  • Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Goiás (IFG)

As vagas nas faculdades públicas costumam ser muito disputadas e infelizmente na maioria das vezes ficam distantes da cidade de muitas pessoas. Por outro lado, o curso de cinema também é considerado de “grife” em algumas universidades particulares nos grandes centros do país.

Se você está interessado no curso, vale a pena conferir no site das instituições de ensino onde o curso é oferecido todos os detalhes da grade de disciplinas, valores e oportunidades de bolsas de estudo. É possível estudar Cinema pagando uma mensalidade justa.

Na lista a seguir, separamos algumas faculdades presentes em diferentes estados e devidamente reconhecidas pelo MEC que contam com programas variados de ingresso (vestibular próprio, Enem, ingresso direto, portador de diploma), mas com uma coisa em comum: menos burocracia e bons preços.

Leia também: Rádio e TV – saiba mais sobre este curso

E, aí? Você tem o sonho de ser cineasta? O curso é o que você imaginava?

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin
Descubra a faculdade certa para você!