Conheça tudo sobre o curso de Agronomia a distância

Saiba como é a grade curricular, como funciona o curso e quais são as vantagens do EaD!

O profissional de Agronomia é responsável por atividades que envolvem desde o plantio à comercialização de produtos, assim como a criação de rebanhos. Os conhecimentos e técnicas dessa profissão são aprendidos ao longo da graduação.

O curso

O curso de Agronomia é ofertado apenas no grau bacharelado e de tecnólogo, assim como nas modalidades presencial, semipresencial e a distância (EaD).

A principal diferença entre o bacharelado e o curso tecnológico, além da duração, está no enfoque de cada graduação. O tecnológico possui duração média de três anos e é voltado para atender às demandas do mercado de trabalho, por esse motivo explora mais aspectos técnicos e práticos da área. Já o bacharelado tem aproximadamente cinco anos de duração e aborda de forma mais aprofundada tanto aspectos teóricos quanto práticos.

Ao falar das modalidades, no modelo presencial, todas as aulas, atividades e avaliações acontecem em sala de aula, na instituição de ensino. Já no formato semipresencial, até 20% da carga horária do curso acontece de forma on-line e o restante é feito presencialmente. Por fim, na modalidade EaD, até 100% das aulas e atividades são realizadas no formato virtual.

As instituições que disponibilizam o curso nessa modalidade o fazem por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Trata-se de uma plataforma on-line em que as aulas ocorrem ao vivo e também são gravadas, para que os alunos possam assistir a qualquer momento. Além disso, as atividades e as interações com os colegas de classe e o professor são feitas por meio da ferramenta. Normalmente, os cursos EaD possuem tutores além dos professores, que ficam disponíveis para tirar dúvidas e auxiliar os alunos quando necessário.

Por mais que o curso possa ser realizado de forma 100% virtual, algumas instituições também possuem algumas atividades ou avaliações presenciais. A carga horária pode variar.

É importante ressaltar que as diretrizes curriculares do Ministério da Educação (MEC) para o curso de Agronomia permanecem as mesmas, independente da modalidade. Por esse mesmo motivo, o estágio, as atividades complementares e o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) são obrigatórios em todos os formatos, inclusive no EaD.

Vantagens do EaD

O curso de ensino a distância é muito reconhecido por oferecer praticidade, afinal, os alunos podem estudar onde e quando quiserem e puderem. Mas existem outras vantagens nessa modalidade, veja:

  • Flexibilidade: por acontecer de forma virtual e ter aulas gravadas, o aluno faz seus próprios horários e pode aprender no momento e local em que achar melhor
  • Economia: as mensalidades dos cursos a distância são mais baratas. Segundo o Quero Bolsa, há mensalidades para essa graduação a partir de R$ 276,00
  • Diploma: o diploma da formação EaD é exatamente o mesmo que o da formação presencial
  • Facilita a conciliação de trabalho e estudos: como o aluno faz seus próprios horários para estudar, é mais fácil conciliar trabalho e estudos

Todas essas vantagens devem ser levadas em consideração no momento de escolha da modalidade de um curso, pois elas podem te ajudar a compreender se o formato atende o seu perfil de aluno.

Grade curricular do curso

A graduação de Agronomia é dividido em aulas teóricas e práticas. Nos primeiros anos, a grade é formada por conteúdos básicos como biologia, química e física. Ao longo do curso, aumenta o número de matérias específicas sobre solo e agricultura.

Confira abaixo as principais matérias da da grade curricular do curso:

  • Biologia celular
  • Botânica
  • Física
  • Introdução a Agronomia
  • Matemática
  • Química
  • Ecologia
  • Administração agrária
  • Zoologia
  • Bioquímica
  • Estatística
  • Genética
  • Geologia
  • Microbiologia
  • Construções rurais
  • Máquinas agrícolas
  • Solos
  • Topografia
  • Agrometeorologia
  • Produção vegetal
  • Agricultura
  • Doenças agrícolas

Mercado de trabalho

Para exercer a profissão de agrônomo, além da formação na área é preciso se inscrever no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

Feito isso, o profissional pode trabalhar em órgãos do governo, indústrias de alimentos e empresas de agronegócio e propriedades rurais. Dentre as funções desse profissional, estão o planejamento de safras e criações, administrar recursos naturais, lavouras, rebanhos, assim como desenvolver pesquisas para melhoramento do solo, processos e produtos agrícolas.

De acordo a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), o setor de agronegócio representou mais de 20% do PIB brasileiro em 2019. Portanto, trata-se de uma área que movimenta muito dinheiro e, por esse motivo, possui uma demanda significativa.

Onde estudar?

O diploma no curso de graduação de Agronomia é fundamental para exercer a profissão. Porém, para que o diploma seja válido em todo o território nacional, é necessário que o curso ofertado pela instituição de ensino seja autorizado e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC).

Por meio de uma avaliação, o órgão garante que a instituição tenha a estrutura e atenda aos padrões de qualidade necessários para ofertar a graduação. Veja a seguir algumas opções de centros universitários e universidade que oferecem o curso de Agronomia e outras graduações:

Pronto para se tornar um agrônomo? Responda nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin