dcsimg

Conheça tudo sobre o curso de Radiologia e veja onde estudar

Quer trabalhar na área da Saúde fazendo uma faculdade que só exige três anos de estudo? O curso de Radiologia pode ser o seu caminho. Confira!

Radiologia é um Curso Superior de Tecnologia (CST), também conhecido como curso tecnológico ou de tecnólogo. Oferece uma formação rápida, de nível universitário, voltada para o mercado e com boa empregabilidade.

A carga horária é de 2.400 horas, que significam três anos de faculdade. O profissional da Radiologia tem alta responsabilidade, pois trabalha diretamente com pacientes e opera máquinas que conhecimento técnico preciso. Os resultados são decisivos para os diagnósticos!

Por isso, uma boa faculdade é fundamental. No Brasil, cerca de 150 instituições oferecem essa graduação, que tem foco na área de Ciências Biológicas, mas também matérias voltadas à Física e à tecnologia.

Veja agora mesmo como é o curso de Radiologia, quais são as principais matérias, como é o mercado de trabalho para o radiologista e dicas de boas faculdades que oferecem essa graduação!

Como é o curso de Radiologia?

Antes de começar, esclarecemos: não confunda o tecnólogo em Radiologia com o curso técnico em Radiologia. O tecnólogo em Radiologia é de nível superior, oferecido por faculdades. Já o técnico não é um curso universitário, mas sim uma formação de nível médio.

A faculdade de Radiologia forma profissionais preparados para:

  • Aplicar radiação ionizante como terapia na radioterapia e na medicina nuclear
  • Obter imagens na radiologia industrial
  • Obter imagens com ressonância magnética
  • Obter imagens na radiologia veterinária
  • Obter imagens na radiologia médica
  • Obter imagens na radiologia odontológica
  • Monitorar e gerenciar os rejeitos radiológicos
  • Supervisionar aplicações de radiografia
  • Coordenar equipes de trabalho nos serviços de diagnóstico por imagens
  • Desenvolver e gerenciar programas de controle de qualidade e radioproteção
  • Realizar testes de controle de qualidade nos serviços de diagnóstico por imagem
  • Emitir parecer técnico

Para poder exercer todas essas tarefas, é preciso muito preparo. Além da base teórica, o curso investe bastante no lado prático da profissão. Por esse motivo, bons laboratórios na faculdade são essenciais.

Antes de escolher a instituição onde você vai estudar, é bom verificar qual a estrutura oferecida. A Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica, órgão ligado ao Ministério da Educação (MEC), recomenda que os cursos de Radiologia tenham:

  • Biblioteca com acervo específico e atualizado
  • Laboratório de informática com programas e equipamentos compatíveis com o curso
  • Laboratório de Anatomia e Fisiologia
  • Laboratório de Dosimetria e Radioproteção
  • Laboratório de Física
  • Laboratório de Imaginologia
  • Laboratório de Processamento e Análise de Imagens
  • Laboratório de Radiologia
  • Laboratório de Semiótica e Suporte Básico à Vida

Faculdades de renome, como a Anhanguera e a Cruzeiro do Sul, atendem plenamente aos requisitos do MEC.

O esforço de três anos para obter o diploma costuma valer a pena. O curso de Radiologia forma profissionais para atuar em um campo muito específico dentro dos hospitais, clínicas e empresas.

Esse foco bem definido pode facilitar a vida do estudante recém-formado na hora de encontrar trabalho. Veja alguns lugares em que o radiologista pode trabalhar:

  • Hospitais
  • Clínicas e Policlínicas
  • Laboratórios
  • Indústrias
  • Institutos e Centros de Pesquisa

O que se estuda no curso de Radiologia?

Os primeiros semestres começam com disciplinas básicas, como Física e Matemática Aplicada. Logo no início já entram também matérias da área da Saúde, como Anatomia e Fisiologia.

As matérias mais específicas vão entrando com o decorrer da graduação. São os casos, por exemplo, de Radioterapia, Tomografia Computadorizada e Ressonância Magnética Nuclear.

Veja a seguir algumas das principais disciplinas:

  • Anatomia Humana
  • Anatomia Radiológica
  • Biossegurança e Radioproteção
  • Controle de Qualidade em Radiologia
  • Epidemiologia e Saúde Pública
  • Exames Radiológicos Contrastados
  • Física Básica e Matemática Aplicada
  • Física Radiológica
  • Fisiologia Humana
  • Mamografia e Densitometria Óssea
  • Medicina Nuclear
  • Meios de Contraste e Hemodinâmica
  • Neuroanatomia Radiológica
  • Procedimentos de Enfermagem em Ambiente Hospitalar
  • Processamento de Imagens Convencionais e Digitais
  • Psicologia em Saúde
  • Radiobiologia
  • Radiologia Industrial
  • Radiologia Odontológica
  • Radiologia Veterinária
  • Radioterapia
  • Ressonância Magnética Nuclear
  • Técnicas Radiológicas
  • Tecnologia em Radiodiagnóstico e Terapia
  • Tomografia Computadorizada
  • Ultrassonografia e Litotripsia Extracorpórea

Fazem parte da grade curricular também os estágios supervisionados, que acontecem em ambientes reais de trabalho e são orientados por professores e profissionais da área.

Onde posso estudar Radiologia?

A oferta de cursos de Radiologia é ampla no país. No meio de tantas opções, o primeiro cuidado a tomar é verificar se a faculdade e o curso estão credenciados pelo MEC. Reforçamos que somente cursos autorizados pelo Ministério podem emitir diplomas válidos em todo o país.

Outro ponto importante para o curso de Radiologia é ter bons laboratórios, com equipamentos atualizados.

Tendo em vista esses critérios, separamos para você uma pequena lista de faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC, que contam com boa infraestrutura física e de recursos humanos para oferecer o curso de Radiologia. Anote:

Veja também:

Qual o salário de Radiologia?

Vai mesmo fazer o curso de Radiologia? Já escolheu sua faculdade? Conte para a gente aqui nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin