Qual o curso técnico que mais emprega?

Ingressar rapidamente no mercado de trabalho é não só o desejo, mas a necessidade de muitos brasileiros atualmente. Só que para conseguir mais oportunidades e salários melhores, é importante ter ao menos uma formação de nível médio reconhecida pelo Ministério da Educação.

Encontre bolsas de estudo de até 80%

Os cursos técnicos são uma ótima alternativa para quem deseja ter uma capacitação teórica e prática em um curto espaço de tempo. Esta modalidade de nível médio possui muita credibilidade no mercado de trabalho e de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a procura cresce a cada ano. Mas afinal, o que é um curso técnico? Se você ficou curioso para saber como funciona a modalidade e qual o curso técnico que mais emprega, continue a leitura deste artigo.

O que é um curso técnico?

Os cursos técnicos fazem parte de uma categoria especial do Sistema de Ensino Brasileiro, reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e podem ser cursados durante o ensino médio ou após sua conclusão. Aliás, a principal diferença entre os cursos técnicos e a universidade é que enquanto o curso técnico forma trabalhadores e é focado na prática profissional, a graduação permite uma formação mais ampla com embasamento teórico mais profundo.

Dados do censo do IBGE de 2019 apontaram que dos 9,3 milhões de estudantes do ensino médio entrevistados, cerca de 7,1% cursaram também o ensino técnico. Esta busca entre os estudantes do ensino médio se dá porque o curso técnico tem como objetivo capacitar o aluno com conhecimentos teóricos e práticos para ingressar de forma rápida no mercado de trabalho.

Quais os tipos de curso técnico existentes?

No Brasil, os cursos técnicos estão divididos em 3 categorias básicas que o aluno pode escolher na hora de se matricular. Vamos descobrir mais sobre elas a seguir. Por serem bem flexíveis, os cursos técnicos podem ser feitos durante ou após a conclusão do ensino médio. Veja a seguir quais os tipos de curso técnico existentes:

Curso Técnico Integrado

Na modalidade de curso técnico integrado, o aluno inicia as disciplinas técnicas nos dois últimos anos do ensino médio, na mesma instituição. Desta forma, ao mesmo tempo em que o aluno aprende uma profissão, ele se forma no ensino médio. Na conclusão do curso técnico integrado, o aluno recebe dois diplomas: o de ensino médio e o do curso técnico escolhido.

Curso Técnico Concomitante

Como já diz o nome, a modalidade concomitante acontece em paralelo ao ensino médio. Ele é indicado para os alunos que desejam cursar o técnico ao longo de todo o ensino médio no contra turno das aulas. Sendo assim é possível fazer o ensino médio de manhã e o técnico a tarde na mesma instituição ou em instituições diferentes. 

Curso Técnico Subsequente

Também conhecido como profissionalizante, o curso técnico subsequente é uma ótima opção para os estudantes que já concluíram o ensino médio e desejam investir em uma formação mais rápida que a faculdade. Para cursá-lo, é necessário apresentar o diploma do ensino médio.

Quais os Eixos Tecnológicos dos Cursos Técnicos?

Atualmente existem vários tipos de cursos técnicos – cerca de 227, na verdade –  e com a chegada de novas profissões e áreas de estudo, este número tende a crescer. Eles estão divididos em áreas, também conhecidas como 13 eixos tecnológicos. Veja a seguir:

Ambiente e Saúde

O eixo de ambiente e saúde contempla cursos que estudam todas as metodologias relacionadas à melhoria contínua da qualidade de vida, da preservação da natureza e da biodiversidade. Os estudos desse eixo giram em torno de áreas como biossegurança; ciência, tecnologia e inovação; saúde e segurança no trabalho; responsabilidade e sustentabilidade social e ambiental.

Qual o curso técnico que mais emprega? - Guia da Carreira

Controle e Processos Industriais

O eixo de controle e processos industriais abrange os conhecimentos sobre processos e equipamentos mecânicos, elétricos e eletroeletrônicos; infraestrutura; instalação, operação e controle até a manutenção de processos industriais; etc.

Desenvolvimento Educacional e Social

O eixo de desenvolvimento educacional social estuda todas as atividades que se relacionam com o setor social e educativo. Nele estudam-se atividades voltadas para a preservação do respeito às diferenças interculturais e de inclusão social, a construção de hábitos e práticas saudáveis em sociedade, etc.

Gestão e Negócios

Este eixo explora técnicas, metodologias e mecanismos que visam eficiência, agilidade e produtividade na gestão de um negócio. Os cursos disponíveis nesta área passam pelo planejamento, avaliação e gerenciamento de pessoas e processos mercadológicos para instituições públicas e privadas.

Informação e Comunicação

Esta área de estudo abrange assuntos relacionados ao processamento de dados e de comunicação, desenvolvendo, implantando, operando e avaliando sistemas tecnológicos para telecomunicações, suporte técnico, arquitetura de redes e automação.

Infraestrutura

Voltado para a construção civil e transporte, este eixo desenvolve planos, operações e gerenciamento de soluções tecnológicas e de gestão para obras civis, hidráulica, geotécnica,  topografia, recursos híbridos, saneamento e controle de tráfego.

Militar

Este eixo se relaciona com a infraestrutura e os processos de formação militar. Seus estudos abrangem todas as áreas de atividade militar – Forças Armadas, Marinha do Brasil, Aeronáutica e Exército.

Produção Alimentícia

Todos os estudos relacionados à produção de produtos de origem vegetal e animal e à industrialização de alimentos e bebidas, desde seu planejamento, gerenciamento e processamento físico, químico e biológico fazem parte deste eixo. 

Produção Cultural e Design

Esse eixo é mais voltado para o universo cultural e abrange a análise, criação, edição e conservação de todas as representações, linguagens, códigos e projetos de produtos. Áreas como rádio, televisão, cinema, teatro, vídeo, fotografia e publicidade fazem parte deste eixo.

Produção Industrial

Este núcleo abrange cursos que compreendem técnicas de processo físico-químico, ações e tecnologias de sistemas e gestão da produção, além do tratamento e transformação de matéria-prima e substâncias.

Recursos Naturais

No eixo de recursos naturais, estuda-se as novas tecnologias e processos para a produção vegetal, mineral, animal, aquícola e pesqueira. Temas como extração, cultivo e produção desses recursos naturais fazem parte dos cursos deste eixo.

Segurança

Este eixo estuda tecnologias e  práticas relacionadas à proteção de indivíduo e patrimônio, seja no âmbito privado ou público, na defesa social, civil e segurança do trabalho.

Turismo, Hospitalidade e Lazer

Os cursos da área de turismo, hospitalidade e lazer são voltados para o planejamento de viagens e eventos, compreendem áreas como recepção, gastronomia, serviços de alimentação, entretenimento e demais interações humanas.

Quais as vantagens do curso técnico?

A grande vantagem de fazer um curso técnico é a possibilidade de ingressar no mercado de trabalho e ter a própria renda o quanto antes. Por estar em um nível entre o ensino médio e o ensino superior, estes cursos são considerados profissionalizantes e fazem com que o aluno saia na frente na busca por uma vaga.

A depender da modalidade, os cursos técnicos podem durar de um ano e meio a dois anos, bem menos tempo que uma graduação. Os salários também são bem mais atrativos que os destinados a profissionais que só têm o ensino fundamental ou médio.

Quais os cursos técnicos que mais empregam?

De acordo com dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), a profissão que mais gerou empregos no ano de 2019,  foi a de assistente administrativo. Foram 28.158 contratações ao todo, considerando profissionais de nível médio técnico e de nível superior.

Por possuir uma área de atuação muito ampla, Administração está sempre entre os cursos que mais contratam. Entretanto, com as mudanças que ocorreram nos últimos anos e a valorização da tecnologia, o mercado começou a aquecer a abrir oportunidades para outras profissões. Veja a seguir alguns dos cursos técnicos que estão em alta e são promissores para os próximos anos:

  • Técnico em Alimentos
  • Técnico de Desenvolvedor Mobile
  • Técnico em Energia e telecomunicações;
  • Técnico em Eletroeletrônica;
  • Técnico em Logística
  • Técnico em Metalmecânica
  • Técnico em Segurança do Trabalho
  • Técnico em Redes de Computadores

Onde estudar o técnico ou graduação?

Os cursos técnicos podem ser encontrados em diversas instituições espalhadas por todo país. A Quero Bolsa possui parceria com algumas delas e oferece bolsas de estudo de até 80% em cursos técnicos de diferentes áreas.

O processo para garantir uma bolsa em um curso técnico é bem simples e 100% virtual. Basta selecionar o curso e cidade onde pretende estudar no site da Quero Bolsa e pagar a taxa de adesão.

Mas se você quiser pular direto para a graduação, na Quero Bolsa você também encontra bolsas de estudo de até 80% em universidades parceiras reconhecidas pelo Ministério da Educação e com um ótimo padrão de ensino. Veja a seguir:

Leia mais:
Curso técnico é a mesma coisa que tecnólogo?
Como conseguir uma bolsa para cursos técnicos

E então, já sabe qual curso técnico fazer para ingressar no mercado de trabalho o mais rápido possível? Deixe sua escolha nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin