dcsimg

Técnico em Saúde Bucal: saiba como é e onde fazer

Saiba mais sobre a profissão de técnico em Saúde Bucal e descubra se esta é a área que você procura!

Gosta da área de saúde e pensa em ingressar rapidamente no mercado de trabalho? Um curso técnico pode ser uma boa opção.

Tanto pessoas já formadas no ensino médio quanto estudantes podem fazer um curso técnico e adquirir qualificação profissional para começar uma carreira promissora.

Hoje nós falaremos sobre o curso técnico em Saúde Bucal. Você vai saber o que se estuda durante a formação, como é o mercado de trabalho e onde estudar. Confira:

Técnico em Saúde Bucal: como é o curso

Assim como os outros cursos técnicos, a formação em Saúde Bucal é profissionalizante e pode ser feita por pessoas formadas ou alunos que estejam cursando o segundo ano do ensino médio.

Em algumas instituições, é exigida a idade mínima de 16 anos. Já em outras, o requisito é que o estudante tenha 18 anos.

O curso técnico em Saúde Bucal tem duração média que varia de 16 meses a dois anos e meio e prepara os futuros profissionais para as seguintes atividades:

  • Promoção, prevenção e controle de doenças bucais.
  • Orientação de grupos e pessoas a respeito da saúde bucal.
  • Supervisão do trabalho do auxiliar em saúde bucal (ASB) em consultório dentário.
  • Controle de estoque e gerenciamento da manutenção de equipamentos em consultório dentário.
  • Realização de estudos relativos à saúde bucal.
  • Atendimento clínico a pacientes, sob supervisão do cirurgião-dentista.

O que se estuda no curso técnico em Saúde Bucal

Conheça algumas das disciplinas que integram a grade curricular do curso técnico em Saúde Bucal:

  • Anatomia e Fisiologia Bucal
  • Radiologia Bucal
  • Técnicas de Higiene Dental
  • Periodontia
  • Técnicas Restauradoras
  • Noções em Cirurgia Odontológica 
  • Microbiologia e Imunologia
  • Promoção da Saúde e Prevenção no Trabalho
  • Saúde Ambiental
  • Psicologia Aplicada
  • Material, Instrumental e Equipamentos
  • Primeiros Socorros

Além das atividades curriculares, o aluno deve concluir um estágio para se formar na área.

O mercado de trabalho e as áreas de atuação para o técnico em Saúde Bucal

Uma tendência que está em alta no campo da Odontologia é a do trabalho em equipe. O serviço que antes ficava totalmente restrito ao cirurgião-dentista agora pode ser dividido entre profissionais técnicos na área. Isso significa que há uma grande procura pelo técnico em Saúde Bucal no mercado de trabalho atualmente.

O profissional formado no curso técnico em Saúde Bucal é habilitado a atuar prestando assistência ao cirurgião-dentista em todas as etapas da consulta: recepção, acomodação, preparação dos procedimentos clínicos e atendimento ao paciente.

Ele pode trabalhar tanto em clínicas, hospitais e consultórios odontológicos como também no Sistema Único de Saúde (SUS). 

Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o CAGED, houve um aumento de 5.37% nas contratações com carteira assinada para este profissional. Dentre os setores que mais empregam o técnico em Saúde Bucal, estão:

  • Atividades odontológicas com realização de procedimentos cirúrgicos.
  • Serviços de diagnóstico por imagem.
  • Serviços de prótese dentária.
  • Atividade médica ambulatorial.

Para atuar na profissão, é necessário obter o registro do Conselho Regional de Odontologia (CRO) do estado em que atua.

Como se tornar um técnico em Saúde Bucal

Como vimos, para atuar na área é necessário se formar em um curso técnico em Saúde Bucal e obter o registro profissional.

O curso é oferecido gratuitamente por meio do Pronatec, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego, em instituições públicas do Sistema S (SENAI, SENAC, SENAR e SENAT) e em instituições particulares de ensino superior e profissionalizante.

Algumas instituições, como o Centro Educacional Anhanguera oferecem cursos livres na área de Saúde Bucal, voltados para quem busca por noções da profissão e não tem condições de ingressar em um curso técnico no momento.

Técnico em Saúde Bucal ou curso superior em Odontologia: qual o mais vantajoso?

Sabemos que, nos dias de hoje, profissionais com ensino superior encontram melhores oportunidades no mercado de trabalho, maiores salários e menos chance de enfrentar o desemprego.

O técnico em Saúde Bucal é um curso que forma profissionais de nível médio, que prestarão auxílio ao cirurgião-dentista durante o atendimento. Com um salário médio de R$1.602, o técnico em Saúde Bucal tem um atuação limitada, não podendo abrir consultórios próprios ou prestar concurso para cargos de nível superior.

Já o curso superior em Odontologia oferece muito mais oportunidades de carreira. Além de poder atuar como cirurgião-dentista, o profissional tem a oportunidade de se especializar em diversas áreas como:

  • Dentística restauradora
  • Endodontia
  • Implantodontia
  • Ortodontia
  • Periodontia

Com um salário médio de R$5.367, o dentista pode trabalhar em clínicas, hospitais, postos de saúde, escolas, sindicatos e até mesmo abrir consultório próprio. Também é possível prestar concurso para a rede pública, em cargos de nível superior.

Curso superior em Odontologia

Pessoas que se identificam com a área de Saúde Bucal, e têm condições de ingressar em uma graduação, podem optar pelo curso de Odontologia e atuar como cirurgião-dentista. O curso é oferecido na modalidade presencial e tem duração de cinco anos.

Selecionamos algumas instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que oferecem o curso de Odontologia, com facilidades de pagamento:

Vale ressaltar que instituições como a Anhanguera e a Faculdade Pitágoras contam com mensalidades acessíveis e ainda oferecem benefícios como descontos na mensalidade, bolsas de estudos, convênios e financiamentos sem burocracia.

Leia também:

Saiba quais são os melhores cursos do Pronatec

Odontologia: carreira, perfil e mercado de trabalho

Pretende atuar como técnico em Saúde Bucal? Conte para a gente nos comentários o que te atrai nesta profissão!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin