dcsimg

Descubra quais são os cursos técnicos em alta no momento

Veja detalhes sobre os cursos técnicos que estão em alta no momento e saiba em que faculdades estudar para aumentar as chances de empregabilidade!

Ao decidir qual carreira seguir, alguns fatores devem ser levados em consideração. Saber quais profissões estarão em alta nos próximos anos, em termos de salários e empregabilidade, é fundamental nesse processo de escolha.

Para quem busca por oportunidades de entrar no mercado de trabalho, os cursos técnicos são uma boa opção. Eles fornecem aos alunos as habilidades práticas e teóricas necessárias para entrar no mercado de trabalho. A qualificação técnica aumenta as chances de se conseguir um emprego e, aliada ao diploma do curso superior, permite com que o profissional cresça em sua carreira. 

Atualmente, o setor que mais gera oportunidades é o da Tecnologia. Com o avanço digital, a demanda por profissionais como desenvolvedores, designers, analistas e afins vem aumentando e ainda há pouca oferta de candidatos qualificados.

Neste artigo você irá conhecer os cursos técnicos que estão em alta, com muita procura no mercado. Além disso, listamos também faculdades reconhecidas pelo MEC onde você poderá encontrar cursos técnicos gratuitos e cursos superiores que irão aumentar suas chances de empregabilidade. Confira:

Cursos técnicos em alta

Os cursos técnicos que estão em alta no momento são aqueles mais promissores, cujas profissões oferecem bons salários iniciais, baixa oferta de profissionais e alta demanda. Saiba quais são os principais:

Técnico em Rede de Computadores

Responsável pelo armazenamento, execução, análise e circulação dos dados de uma empresa, o profissional da área de Tecnologia da Informação (TI) é um dos mais requisitados pelas empresas hoje. Cursos desse segmento capacitam o aluno a atuar na área, cujo salário gira em torno dos R$3.000.

Técnico em Meio Ambiente

A sustentabilidade é uma das principais preocupações das sociedades modernas. Assim, muitas empresas vêm procurando por profissionais capacitados a realizar atividades como conduzir, implementar e controlar projetos e sistemas voltados para questões ambientais, além de fiscalizar a atuação das organizações neste quesito, garantindo que a empresa atue dentro da lei ambiental. O salário médio para o Técnico em Meio Ambiente atualmente é de R$2.700.

Técnico em Informática 

O curso de Técnico em Informática, também conhecido como Técnico em Desenvolvimento de Sistemas, é outro curso da área de TI que forma profissionais muito procurados pelas empresas.

O técnico em informática é versátil: ele pode atuar desde o conserto e manutenção de computadores até em desenvolvimento de softwares (como aplicativos de celular) e programação para a web. Quanto mais especializado, maiores são as oportunidades de emprego, cujo salário inicial é de R$3.000.

Técnico em Gestão de Recursos Humanos

O Técnico em Recursos Humanos é o profissional que atua no departamento pessoal de uma empresa, sendo responsável por atividades como: recrutamento e seleção de profissionais, gestão de pessoas, treinamento e desenvolvimento de funcionários, demissão de profissionais, entre outros.

Sendo a área de Recursos Humanos fundamental em qualquer empresa, a demanda por esse profissional é sempre alta e o salário pode chegar a R$8.700.

Técnico em Logística

A Logística é uma área estratégica das empresas. É ela a responsável pelo gerenciamento de toda a cadeia de suprimentos, desde a produção até a distribuição de um produto. 

Assim, no curso Técnico em Logística o aluno será capacitado a atuar no planejamento e coordenação das operações, ficando apto a se responsabilizar por tarefas como comprar, armazenar, movimentar e distribuir materiais e produtos e executar programas de manutenção de máquinas e equipamentos, entre outros. O salário médio é de R$3.000.

Técnico em Segurança do Trabalho

O técnico em Segurança do Trabalho é o profissional que atua em conjunto com os engenheiros de uma empresa a fim de garantir a segurança no ambiente de trabalho, principalmente nas indústrias.

Sua função é promover ações preventivas, que devem estar de acordo com as Normas Regulamentadoras, identificando fatores de risco, elaborando políticas de segurança, aplicando medidas de redução de danos, fiscalizando o cumprimento das normas e desenvolvendo ações educativas nas áreas de saúde, higiene e segurança do trabalho.

Muito procurado pelas empresas, um técnico em Segurança do Trabalho bem capacitado pode ganhar até R$5.000.

Técnico em Enfermagem

Uma área em que sempre há demanda por profissionais qualificados é a da Saúde. Com o aumento da expectativa de vida e o consequente envelhecimento da população, a procura por técnicos em Enfermagem, principalmente capacitados a cuidar de idosos, está em alta. 

Este profissional atua ao lado de enfermeiros e médicos, auxiliando a equipe nos cuidados com pacientes: administração de medicamentos, assistência à internação, realização de curativos, aplicação de vacinas, banhos em pacientes e troca de lençóis de leitos são algumas das suas funções. O salário médio chega a R$4.500.

Técnico em Automação

O Técnico em Automação é o responsável pela manutenção, medição, testes e controle dos sistemas da automação na produção industrial. Com os avanços da tecnologia, é cada vez maior a procura por profissionais de automação capazes de coordenar equipes de instalação em montagem nas indústrias.

Durante o curso, o aluno aprende sobre sistemas de automação, como sensores, redes, robôs, entre outros. O salário médio gira em torno de R$4.200.

Técnico em Mecânica

Uma profissão que está sempre em alta é a do profissional em Mecânica, uma vez que todos os processos nas fábricas e indústrias é mecanizado. Durante o curso, o aluno aprende a fabricar, montar e instalar máquinas e se torna capacitado a atuar como responsável por manter o maquinário em funcionamento. O salário médio do técnico em Mecânica é de R$3.500.

Técnico em Estética

Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC), o mercado de estética cresceu 567% no Brasil nos últimos cinco anos. Assim, a área se torna promissora para quem quer entrar no mercado de beleza, seja como empreendedor ou como funcionário de clínicas e institutos de estética e salões. O salário inicial para profissionais capacitados chega a R$3.800.

Onde estudar

Atualmente, diversas instituições de ensino são parceiras do Pronatec, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego criado pelo Governo Federal para oferecer cursos técnicos e profissionalizantes gratuitamente a alunos de baixa renda.

Dentre elas, podemos citar o SENAI, SENAC, SENAR, SENAT, além de diversos institutos e colégios particulares. Além disso, algumas faculdades particulares também participam do programa.

Listamos abaixo algumas faculdades particulares que são autorizadas pelo MEC a oferecer cursos técnicos e profissionalizantes que estão em alta no momento:

As instituições listadas acima oferecem ainda cursos universitários de grau tecnológico, com duração de 2 a 3 anos, que têm alta empregabilidade. Há cursos de tecnologia em todas as áreas que mostramos neste artigo: a vantagem é obter o diploma de nível superior e se tornar um profissional ainda mais valorizado pelo mercado!

Elas ainda oferecem facilidades no pagamento como descontos, convênios, financiamentos e bolsas de estudo. Vale a pena se informar na faculdade desejada para saber quais cursos estão disponíveis.

Veja também:

Descubra quais os cursos técnicos mais valorizados

Descubra quais carreiras estarão em alta até 2020

Pretende fazer um curso técnico? Conta para a gente nos comentários qual profissão gostaria de exercer!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin