Saiba tudo sobre o curso Design de Produto EaD

Conheça a grade curricular do curso de Design de Produto e saiba quais são as vantagens do EaD.

Também conhecido como Design Industrial, a graduação em Design de Produto forma profissionais para trabalhar na criação e desenvolvimento de produtos. Muitos objetos utilizados no nosso dia a dia passaram pelas mãos de um designer de produto para chegar até nós, como móveis, eletrodomésticos, embalagens e utensílios em geral.

O curso é oferecido nos graus bacharelado, com quatro anos de duração, e tecnológico, com aproximadamente dois anos. A principal diferença entre esses dois tipos de graduação é que o tecnólogo busca atender às demandas do mercado de trabalho e proporcionar um enfoque mais rápido no mercado de trabalho, por isso ele é mais curto e possui uma ênfase maior em atividades práticas. Já o bacharelado, por ser mais longo, consegue abordar de forma mais aprofundada conteúdos teóricos e práticos.

Além dos graus, é possível encontrá-lo nas modalidades presencial ou a distância (EaD), que são formas nas quais o processo de ensino e aprendizagem ocorre.

O conteúdo da graduação EaD é o mesmo trabalhado no curso presencial, mas a forma como esses conteúdos são trabalhados é distinta. Isso porque no ensino a distância as aulas acontecem virtualmente, por meio do uso de equipamentos tecnológicos.

As instituições de ensino contam com plataformas online conhecidas como Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA). Ao acessá-la, os alunos podem entrar em contato com o professor, acessar aulas ao vivo e conteúdos gravados, assim como materiais de estudo e atividades, tudo feito no ambiente virtual.

Algumas instituições podem solicitar algumas atividades ou avaliações presenciais, mesmo sendo um curso EaD. A quantidade de atividades pode ter variações.

É importante ressaltar que essa modalidade conta com tutores, profissionais responsáveis por tirar dúvidas dos alunos e auxiliá-los no que for necessário.

Nos cursos que possuem mais aulas práticas, normalmente as disciplinas possuem encontros presenciais ou acontecem com auxílio de diversas ferramentas tecnológicas, para não interferir no aprendizado dos formandos.

Vantagens do EaD

Embora a modalidade de ensino a distância exista no Brasil desde 1996 e esteja em ascensão, afinal, entre 2017 e 2018 houve um aumento de 17% no número de matrículas para cursos EaD.

Confira abaixo quais são as principais vantagens desse tipo de curso:

  • Flexibilidade: por acontecer de forma virtual e ter aulas gravadas, o aluno faz seus próprios horários e pode aprender no momento e local em que achar melhor
  • Economia: as mensalidades dos cursos a distância são mais baratas. De acordo com o Quero Bolsa, é possível encontrar mensalidades a partir de R$187,00
  • Diploma: o diploma da formação EaD é exatamente o mesmo que o da formação presencial
  • Facilita a conciliação de trabalho e estudos: como o aluno faz seus próprios horários para estudar, é mais fácil conciliar trabalho e estudos

Grade curricular do curso

A formação de um designer de produto inclui aprendizados sobre arte, tecnologia, mercado além de técnicas de desenho. Para isso, ela conta com as seguintes disciplinas:

  • Fundamentos do Design de Produto
  • Fundamentos da linguagem visual
  • Desenho de perspectiva
  • Ergonomia
  • História da arte
  • Materiais
  • Desenho vetorial
  • Desenho técnico
  • Administração industrial
  • Inovação tecnológica
  • Design gráfico
  • Maquetes
  • Modelagem
  • Design tipográfico

Algumas instituições podem solicitar a realização do estágio, assim como o desenvolvimento e a entrega do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). A entrega de atividades complementares é obrigatória.

Mercado de trabalho

Após a formação, esse profissional pode exercer funções como desenvolver soluções para objetos já existentes ou projetos para novos levando em consideração aspectos como funcionalidade e estética.

Para isso, ele faz levantamentos sobre os materiais que serão necessário para produzir determinado produto, quais serão os custos e as técnicas necessárias. Normalmente o desenvolvimento de um produto envolve atividades como pesquisa de campo, desenho de projetos, montagem de um protótipo ou modelo, execução de testes e ajustes finais.

O mercado de trabalho para o designer de produto inclui empresas de design ou de fabricação de produtos como automóveis, jóias, brinquedos, eletrodomésticos, eletrônicos ou móveis. Esse profissional também pode trabalhar como autônomo.

Onde estudar?

Um diploma de graduação pode aumentar as chances de ingresso no mercado de trabalho, de ser promovido ou até mesmo de receber aumento salarial. De acordo com a Organização para a Cooperação de Desenvolvimento Econômico (OCDE), profissionais com diploma de nível superior podem ganhar até 140% a mais do que aqueles que não possuem.

No entanto, para que ele seja válido em todo território nacional o curso deve ser autorizado e reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Por meio de uma avaliação, o órgão identifica se a instituição possui a estrutura necessária para ofertar a graduação.

Veja a seguir algumas opções de faculdades, universidades ou centros universitários que oferecem cursos presenciais e a distância, segundo as diretrizes do MEC:

Leia também:
Design de Produto: conheça o curso, profissão e onde estudar
Descubra o que se estuda em Design
Conheça o curso de Design Gráfico

Pronto para se tornar um designer de moda? Responda nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin