dcsimg

Conheça a diferença entre Auxiliar e Técnico de Enfermagem

Enfermagem é uma profissão bastante procurada, porém, muitas vezes, as diferentes possibilidades de carreira que o setor oferece acabam confundindo quem tem interesse na área, mas ainda não conhece muito bem sobre a profissão.

Nesse momento é comum surgirem questionamentos como: afinal, o que faz um enfermeiro chefe? O que é enfermagem neonatal? Qual a diferença entre auxiliar e técnico de enfermagem? 

Tantas dúvidas acabam deixando os interessados na profissão angustiados, pois sempre bate aquela insegurança sobre qual carreira seguir. 

Pensando nisso, vamos mostrar neste artigo todas as informações sobre a profissão, assim, caso tenha interesse na área, você poderá decidir com o que trabalhar e onde estudar. Confira!

Qual a diferença entre auxiliar e técnico de enfermagem?

A principal diferença entre uma profissão e outra está no grau de escolaridade. 

Enquanto para ser técnico de enfermagem é necessário realizar um curso técnico de nível médio, para atuar como auxiliar é exigido um curso de capacitação profissional com menor duração, que, na maioria das vezes, não passa de um ano.

Porém, essas não são as únicas opções de carreira dentro da Enfermagem. Tem ainda a opção de atuar como enfermeiro, profissional que pode chegar até mesmo a liderar equipes. 

Para conquistar esse cargo, no entanto, é necessário ter um grau de escolaridade um pouco maior do que o auxiliar ou técnico de enfermagem: é exigido o ensino superior.  

Como ingressar na área de Enfermagem como auxiliar ou técnico?

Conforme mencionado acima, o tipo de curso escolhido define em qual área você atuará. 

Quem está com pressa de ingressar no mercado pode optar por fazer um curso de Auxiliar de Enfermagem, mas tenha em mente que esse profissional trabalha com procedimentos mais simples e executando tarefas de menor complexidade, sempre sob supervisão do enfermeiro.

O fato de ser um curso que oferece formação menos aprofundada acaba limitando um pouco a atuação desse profissional. Seu trabalho será basicamente esterilizar equipamentos, higienizar pacientes, fazer curativos, administrar medicamentos e aplicar vacinas, sempre em casos com baixa gravidade.

O curso técnico também é uma opção para quem deseja entrar logo no mercado de trabalho, porém, diferentemente do curso anterior, que dura cerca de um ano, o técnico tem duração média de 2 anos. 

Esse profissional já pode realizar tarefas um pouco mais complexas, como cuidar de pacientes em casos de média e alta complexidade, inclusive no pré e pós-operatório. Também pode atuar em clínicas de tratamento intensivo e centros cirúrgicos. Mas só pode atender pacientes em casos mais graves sob a supervisão do enfermeiro.

O que faz um enfermeiro?

Se você busca crescimento e almeja até mesmo ser um líder de equipe, é interessante fazer a faculdade de Enfermagem. Ela pode até levar mais tempo para ser concluída, mas te dará mais opções de carreira. Confira abaixo algumas delas:

  • Enfermagem estética
  • Enfermagem forense
  • Enfermagem geriátrica
  • Enfermagem médico-cirúrgica
  • Enfermagem obstétrica
  • Enfermagem offshore
  • Enfermagem pediátrica
  • Enfermagem psiquiátrica
  • Enfermagem de resgate
  • Enfermagem de saúde pública
  • Enfermagem do trabalho

O profissional que cursa ensino superior pode ainda atuar em Enfermagem geral, comandando equipes de técnicos e auxiliares de enfermagem no atendimento a pacientes. Tem também a opção de trabalhar como docente, ministrando aulas em cursos livres, técnicos e em faculdades.

Onde estudar para se tornar um enfermeiro

Por se tratar de uma área bem requisitada, o oferta do curso de Enfermagem é alta. Porém, no momento de escolher uma instituição de ensino é importante procurar por uma que entregue um ensino de qualidade, afinal essa é uma profissão que exige muita responsabilidade. 

A única forma de saber se a faculdade oferece de fato um ensino de qualidade é verificando se ela é reconhecida pelo MEC. Sem contar que apenas universidades autorizadas pelo órgão podem emitir certificados válidos. 

Para te ajudar nesse processo, selecionamos algumas opções de faculdades que atendem a esse pré-requisito. Além disso, todas possuem mensalidades acessíveis e oferecem programas de bolsas e desconto em mensalidades. Confira:

Veja também:

Enfermagem: saiba sobre a carreira e onde cursar

Faculdade de Enfermagem

Agora que você já sabe mais informações sobre essa profissão e qual a diferença entre auxiliar e técnico de enfermagem, conte abaixo nos comentários qual dessas carreiras pretende seguir!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin