Veja tudo sobre fazer um curso de Engenharia de Alimentos EAD

O engenheiro de alimentos é o profissional que desenvolve produtos e processos na área de produção de alimentos. Sua função é manter a qualidade e segurança dos produtos. Para isso, ele é responsável pela fabricação, conservação, armazenamento e transporte dos alimentos da indústria. 

Na criação de novos produtos alimentícios, o engenheiro de alimentos pode desenvolver novas fórmulas, de forma a conseguir a cor, o sabor, a textura, a consistência e o valor nutricional desejado. 

Como é o curso de Engenharia de Alimentos EAD?

O curso de Engenharia de Alimentos é uma graduação de nível bacharelado e têm duração média de 5 anos. Ela é oferecida nas modalidades presencial e a distância. Essa graduação habilita profissionais a lidar com todas as etapas da industrialização de alimentos, da escolha das matérias-primas até a comercialização.

A grade curricular de Engenharia de Alimentos tem disciplinas das áreas de Exatas, Informática, Economia, Administração e Meio Ambiente. Confira algumas matérias do curso:

  • Análise Química de Alimentos e Bioprodutos;
  • Bioquímica dos Alimentos;
  • Controle de Qualidade;
  • Cálculo;
  • Desenvolvimento de Produtos;
  • Eletricidade Industrial;
  • Embalagens para Alimentos;
  • Físico-química;
  • Gestão Ambiental;
  • Gestão por Processos;
  • Higiene e Legislação dos Alimentos;
  • Instalações Industriais para Engenharia de Alimentos;
  • Microbiologia dos Alimentos;
  • Nutrição;
  • Ética e Tecnologia.

Ao longo do curso, os estudantes são incentivados a desenvolver as habilidades de cooperação, comunicação e liderança com atividades complementares, como trabalhos de iniciação científica, projetos multidisciplinares, visitas teóricas, trabalhos em equipe, desenvolvimento de protótipos, monitorias, participação em empresas juniores e outras atividades empreendedoras.

Para se formar, o estudante precisa cumprir a carga horária obrigatória de 210 horas de estágio supervisionado e apresentar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Para atuar profissionalmente, ainda é necessário que o graduado se credencie no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA).

No curso a distância, a maior parte das aulas ocorre virtualmente no Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), onde o estudante também acessa suas atividades, materiais de apoio e tira dúvidas com os professores.

Quais as vantagens do curso EAD?

Os cursos da modalidade a distância são cada vez mais buscados. Isso porque ela apresenta diversas vantagens aos que desejam cursar o ensino superior. O principal benefício é o valor reduzido das mensalidades.

Além disso, o estudante pode economizar com transporte e alimentação. Outra economia é a de tempo, já que o EAD é flexível e permite que o aluno escolha o melhor horário para estudar. 

A frequência das atividades presenciais, sejam aulas ou provas, é definida por cada instituição. Por fim, o diploma dos cursos a distância tem o mesmo valor do diploma de cursos presenciais.

Quanto custa o curso de Engenharia de Alimentos EAD?

A valor das mensalidade do curso de Engenharia de Alimentos presencial varia de R$ 600,00 a R$ 1.600,00. Já no ensino a distância, as mensalidades são menores; o curso custa, em média, R$ 600,00 por mês.

Quais as áreas de atuação da Engenharia de Alimentos?

A principal área de atuação dos engenheiro de alimentos é na indústria alimentícia, de alimentos e de bebidas. Eles também atuam nas indústrias fornecedoras de equipamentos, embalagens e aditivos.

Esses profissionais ainda podem trabalhar em linhas de produção industrial de supermercados, em grandes restaurantes, na fiscalização de padrões de qualidade de alimentos, na automação de processos, no tratamento de resíduos e em consultoria alimentar.

Entre as atribuições dos engenheiros de alimentos descritas na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), estão:

  • Desenvolver produtos e processos da área de produção de alimentos, controlando sua qualidade;
  • Gerenciar processos e elaboram projetos de produção de alimentos;
  • Coordenar equipes;
  • Prestar consultoria, assessoria e assistência técnica.

Qual é o salário de um engenheiro de alimentos?

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), consultados pelo site Salario.com.br, a média salarial de um engenheiro de alimentos no Brasil é de R$ 4.591,16. 

A faixa salarial dos engenheiro de alimentos em regime CLT fica entre R$ 3.000,00 (salário mediana da pesquisa), R$ 4.190,30 (média do piso salarial 2020) e R$ 12.907,42 (teto salarial).

Onde cursar Engenharia de Alimentos EAD?

O que você achou da graduação em Engenharia de Alimentos EAD? Além de escolher um curso, também é preciso pesquisar sobre a instituição de ensino que você pretende ingressar e ver suas avaliações no Ministério da Educação (MEC).

Algumas faculdades particulares oferecem bolsas de estudos, descontos nas mensalidades e ingresso sem burocracia. Se interessou? Então, confira estas faculdades bem reconhecidas pelo MEC para você estudar pagando pouco:

Leia mais: Conheça os vários tipos de Engenharia e o que cada uma delas estuda!

Já decidiu onde você irá cursar Engenharia de Alimentos EAD? Compartilha com a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin