Engenharia de Computação x Ciência da Computação: Veja tudo!

Está procurando cursos da área de Informática e Computação e as graduações de Engenharia de Computação e Ciência da Computação apareceram como opção?

Neste texto você vai entender melhor como é cada um desses cursos, suas diferenças e semelhanças, o mercado de trabalho para cada um dos formados nessas áreas, os salários para cada profissão e algumas dicas para começar logo uma faculdade e iniciar essa carreira.

Se você se interessa por Informática, Computação e tecnologia, está no caminho certo para escolher qual curso estudar na faculdade. Entenda melhor cada uma dessas duas opções!

Conheça o curso de Engenharia da Computação

O curso de Engenharia da Computação é um bacharelado que tem duração média de cinco anos para ser concluído (ou dez semestres, dependendo de como cada instituição divide o ano letivo). 

Assim como grande parte dos cursos de engenharia do país, essa graduação costuma ser oferecida em período integral, ou seja, o estudante tem aulas no período da manhã e da tarde no seu dia.

A principal capacitação para essa área e projetar hardwares e softwares. Hardwares são as partes físicas da estrutura de um computador, como o monitor, teclado e peças que são componentes para o seu funcionamento. Já os softwares são os programas e aplicativos que fazem o computador rodar.

O curso é composto por diversas disciplinas de áreas como Computação, Matemática, Física e Química, e vai preparar os estudantes para atuar nas áreas que estão em tendência do mercado tecnológico.

Os cursos podem ser encontrados na modalidade presencial e no ensino a distância (EAD), tanto online como semipresencial, que variam a quantidade de aulas presenciais ao longo do curso.

Mercado de trabalho

O profissional de Engenharia da Computação tem sua atuação voltada para o desenvolvimento de Hardwares e Softwares e podem atuar com diversas tendências do mercado da informática. Algumas das principais são Análise de Dados, Inteligência Artificial e Programação de Aplicativos para dispositivos móveis.

Com o mercado aquecido, algumas das principais oportunidades da área de Engenharia da Computação são encontradas em empresas do ramo da informática, automobilística, farmacêutica e em telecomunicações.

Quanto ganha um engenheiro da computação?

Segundo levantamento realizado pelo Quero Bolsa, plataforma de inserção de estudantes no ensino superior, o salário médio de um engenheiro da computação no Brasil é de R$ 6.790,00 por mês.

Veja o salário em algumas das principais especialidades da carreira na Engenharia da Computação, segundo o Quero Bolsa:

  • Engenheiros de Sistemas Operacionais em Computacao: R$ 7.504,00 por mês
  • Engenheiro de Aplicativos em Computacao: R$ 7.485,00 por mês
  • Engenheiro de equipamentos em computação: R$ 5.506,00 por mês

Os dados foram retirados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de 2019 pelo Quero Bolsa.

Conheça o curso de Ciência da Computação

O curso de Ciência da Computação pode ser encontrado em dois diferentes tipos de formação: bacharelado e licenciatura, ambos com duração média de quatro anos para serem concluídos.

O bacharelado é focado em transformar o estudante em um profissional que atue diretamente com a Ciência da Computação, geralmente desenvolvendo e gerenciando softwares e analisando sistemas de informação.

Já a licenciatura vai formar professores que podem trabalhar no ensino básico (fundamental e médio) lecionando informática e computação.

Assim como o curso de Engenharia da Computação, é preciso ter afinidade com as Ciências Exatas, principalmente com a Matemática. O curso exige bastante cálculo para preparar os estudantes para a atuação no dia a dia profissional.

Essa graduação também pode ser oferecida tanto presencialmente como nas modalidades do EAD e semipresencial.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho da Ciência da Computação também é bastante aquecido e, assim como na Engenharia da Computação, abrange diversas oportunidades. Hoje em dia, é muito comum que qualquer empresa, de qualquer tamanho, que precise e utilize redes de computadores tenha cientistas da Computação no seu quadro de funcionários.

Quanto ganha um cientista da computação?

O Quero Bolsa também levantou pelo Caged os salários dos cientistas da computação no Brasil. Em média, esse profissional ganhou R$ 2.911 por mês em 2019. Veja a remuneração de algumas especialidades da área, segundo o Quero Bolsa:

  • Programador de Sistemas de Informação: R$ 3.060,00 por mês
  • Programador de Máquinas: R$ 2.848,00 por mês
  • Programador de Multimídia: R$ 2.824,00 por mês

Onde estudar?

Se você está interessado em algum desses cursos ou as outras diversas possibilidades de graduação na área de Tecnologia da Informação (TI), deve pesquisar por boas universidades que formam profissionais capacitados para ter destaque nesse mercado de trabalho aquecido e competitivo.

Por isso, devem optar por faculdades que sejam bem avaliadas pelas empresas e, principalmente, que sejam certificadas junto ao Ministério da Educação (MEC).

Veja algumas instituições com esse perfil:

Além de reconhecidas pelo MEC e com bons olhares do mercado de trabalho, essas faculdades podem oferecer os cursos com bolsas de estudo que facilitam a permanência dos alunos até o fim da graduação.

Veja também:
Engenharia da Computação: profissão e mercado
Ciência da Computação: curso, carreira e mercado

E então, está mais interessado pela Engenharia da Computação ou pela Ciência da Computação? Conte a sua opinião para a gente nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin