Descubra o preço da faculdade de Engenharia Mecatrônica

Saiba quanto custa investir no curso de Engenharia Mecatrônica, que é sucesso no mercado de trabalho!

A Mecatrônica reúne alguns dos conhecimentos mais disputados das engenharias: mecânica, eletrônica, automação, computação e gestão.

Não é de se espantar que esteja entre as profissões mais badaladas do momento.

E quando uma área está em alta, já sabe: as salas de aula ficam lotadas!

Mas será que é caro investir em um curso de Engenharia Mecatrônica? Será que tem jeito de estudar pagando menos?

A seguir, descubra o preço da faculdade de Engenharia Mecatrônica!

Preço da faculdade de Engenharia Mecatrônica

Em média, as faculdades particulares de Engenharia Mecatrônica têm mensalidades na casa dos R$ 1.250.

Mas tudo pode mudar dependendo da instituição que você escolher e da modalidade de ensino.

Nas mais caras, as mensalidades podem saltar para mais de R$ 2.000 por mês. Nas mais baratas, oscilam entre R$ 900 e R$ 1.200.

Para quem precisa estudar Engenharia Mecatrônica com mais economia, optar por um curso a distância talvez seja a melhor solução.

No EAD há um equilíbrio entre aulas online (as teóricas) e presenciais (as práticas). Ou seja, o aluno estuda parte de casa e parte na faculdade, em laboratórios equipados com tudo que é preciso para lidar com eletricidade e circuitos, máquinas, informática, eletromagnetismo, pneumática, hidráulica, automação e robótica.

As mensalidades dos cursos a distância são bem mais atraentes que as dos presenciais. Variam entre R$ 500 e R$ 750, aproximadamente. Mesmo nas mais caras, raramente ultrapassam os R$ 850 mensais.

O formato tem reconhecido do MEC e isso quer dizer que o futuro profissional terá diploma válido no mercado de trabalho, inclusive com direto a se credenciar no CREA.

O curso de Engenharia Mecatrônica

Como todas as engenharias, a Mecatrônica é um bacharelado com cinco anos de duração.

A princípio, a gente pode pensar que não é um curso tão popular quanto a Civil, a Elétrica ou a de Produção, mas tudo muda quando nos damos conta de que Engenharia Mecatrônica e Engenharia de Controle e Automação são a mesma coisa.

Aí o cenário é outro: há um maior poder de escolha de faculdades e diversos formatos de estudos.

Durante o curso os estudantes vão conhecer os passos necessários para controlar e automatizar equipamentos e processos produtivos.

Trata-se de uma graduação com bastante mão na massa, para que os alunos apossam dominar os principais processos, sistemas de produção, componentes, dispositivos eletrônicos, instrumentos, montagem de máquinas elétricas, planejamento e instalação de sistemas.

A grade curricular traz matérias sobre:

  • Métodos Numéricos
  • Circuitos Elétricos
  • Circuitos Lógicos
  • Conversão de Energia
  • Controle de Sistemas Dinâmicos
  • Eletromagnetismo
  • Eletrônica Analógica e Digital
  • Instrumentação Eletroeletrônica
  • Materiais Elétricos
  • Matemática
  • Mecânica Aplicada
  • Modelagem, Análise e Simulação de Sistemas
  • Qualidade de Energia
  • Sistemas Mecânicos
  • Sistemas Contínuos e Discretos
  • Pneumática e Hidráulica.

Além disso, a graduação é muito procurada por quem curte construir robôs. Também tem uma pegada forte na parte de gestão de projetos e equipes de trabalho, estudos de viabilidade, consultoria e análise.

Os maiores empregadores dos engenheiros mecatrônicos são a indústria, concessionárias de energia, empresas de automação predial, centros de pesquisa e desenvolvimento, empresas de tecnologia e consultorias.

Como fazer uma faculdade de Engenharia Mecatrônica sem pagar nada

Com um pouco de esforço dá para fazer uma faculdade de Engenharia Mecatrônica de graça, ou pagando apenas metade do valor.

Para isso é preciso se dedicar a tirar uma boa nota no Enem.

É quem um desempenho alto no exame aumenta as chances de entrar numa universidade pública, conseguir bolsa de estudo ou obter financiamentos.

Pelo ProUni é possível entrar na disputa por uma bolsa de estudos em faculdade privada de qualidade. Todos os semestres o programa distribui milhares de vagas em Engenharia Mecatrônica. Para conseguir o benefício o candidato precisa superar a concorrência. O ProUni serve para cursos presenciais e a distância.

Também é possível obter descontos de até 75% nas próprias faculdades ou pesquisar a disponibilidade do curso em sites de bolsas de estudos.

Se não rolar bolsa, dá para tentar financiar a faculdade. O FIES oferece crédito estudantil a juros baixos, com prazo para pagamento bem amigável. Para participar do FIES também é preciso ter feito o Enem, mas geralmente a concorrência é mais baixa que no ProUni.

Outra saída interessante é parcelar as mensalidades por meio de programas parceiros das faculdades. O parcelamento é sem juros e a contratação do serviço é feita sem burocracia ou processo seletivo.

Onde encontrar uma faculdade de Engenharia Mecatrônica

“Mecatrônica” não aparece com muita frequência nas buscas por cursos em faculdades brasileiras porque o Ministério da Educação (MEC) está uniformizando os nomes de todas as engenharias no Brasil.

Nos próximos anos, a Engenharia Mecatrônica deve ser oferecida apenas como Engenharia de Controle e Automação. Lembre-se disso na hora que for fazer sua pesquisa.

A graduação está disponível em quase 200 faculdades brasileiras, com uma oferta significativa no formato a distância. São quase 40 mil matriculados por todo o país.

Como a oferta é ampla, vale dar aquela pesquisada na qualidade da instituição antes de decidir onde estudar. Faculdades com boas notas junto ao MEC e que são conceituadas no mercado de trabalho – como é o caso, por exemplo, do Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)  – devem ter prioridade sobre as demais.

Para outras engenharias similares, como é o caso da Engenharia Mecânica ou da Engenharia Elétrica, vale dar uma olhada em faculdades como a Cruzeiro do Sul Virtual (a distância), a Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) e a Universidade Cidade de São Paulo (UNICID).

Veja também:

Quanto ganha um Engenheiro de Controle e Automação?

Pensando em seguir pelo caminho da Engenharia Mecatrônica? O que achou das mensalidades? Conte para a gente nos comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin