Conheça tudo sobre a faculdade de Automação Industrial

Interessado(a) em ingressar na faculdade de Automação Industrial? Neste artigo, você conhece mais sobre esse curso e sua atuação no mercado de trabalho. Confira!

A automação industrial nada mais é do que a aplicação de técnicas, softwares e equipamentos em processos industriais. A automação reduz o trabalho manual, aumentando a segurança tanto para os humanos quanto para o material fabricado.

O profissional de automação industrial é responsável pela modernização dos processos produtivos no setor industrial, com objetivo de maximizar a produtividade e a competitividade das empresas.

Ele é quem projeta e gerencia a instalação e uso de sistemas automatizados de controle e supervisão de processos industriais, sempre respeitando as normas técnicas, de qualidade, de saúde e segurança e de meio ambiente.

Como é o curso de Automação Industrial?

O curso superior de Automação Industrial é de nível tecnólogo e pertence ao eixo de Controle e Processos Industriais.

Os cursos tecnólogos são mais focados na prática do mercado de trabalho e oferecem formação mais rápida. O tecnólogo em Automação Industrial dura de 2 anos e meio a 3 anos.

Essa graduação habilita os alunos a projetar máquinas, equipamentos, componentes robóticos, sistemas de integração e automação. Eles também aprendem a gerenciar processos industriais e desenvolver e instalar sistemas digitais, softwares e linguagens de programação.

Para se formar, o graduando precisa apresentar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). O estágio supervisionado não é obrigatório para esse curso tecnólogo.

Confira algumas disciplinas do tecnólogo em automação industrial:

  • Matemática e Física Aplicada;
  • Eletrônica analógica e digital;
  • Algoritmos e Programação;
  • Instalações elétricas industriais;
  • Desenho técnico;
  • Sistemas de Controle e Supervisórios;
  • Redes industriais;
  • Manutenção industrial;
  • Segurança do Trabalho;
  • Fabricação mecânica;
  • Planejamento e Gestão;
  • Cálculo;
  • Design de Sistemas Automáticos;
  • Eletrotécnica;
  • Geometria Analítica;
  • Mecânica dos Fluídos;
  • Robótica Industrial;
  • Tecnologia, Sociedade e Meio Ambiente.

Além das aulas teóricas, os graduandos de automação industrial têm aulas práticas em laboratórios de informática, automação industrial, eletrônica, hidráulica e pneumática, instalações elétricas e redes industriais.

Quanto custa o tecnólogo em automação industrial?

Os cursos tecnólogos em Automação Industrial na modalidades presencial custam, em média, R$ 300 por mês. Já para a modalidade a distância, as mensalidades são, em média, R$ 150.

O que faz um tecnólogo em automação industrial?

Os tecnólogos em automação industrial trabalham em diversos setores da indústrias, entre eles: metalúrgico, petroquímico, automobilístico, químico, alimentício, agrícola e farmacêutico.

Nessas empresas, eles podem ocupar os cargos de desenvolvedor, supervisor, integrador, mantenedor e consultor de sistemas e tecnologias de automação. Entre as funções desempenhadas pelo tecnólogos em automação industrial, estão:

  • Planejamento, implantação, manutenção e gerenciamento dos diferentes sistemas, como redes industriais, sistemas de supervisão, eletricidade e eletrônica industrial, programação de robôs e controladores programáveis;
  • Planejar, integrar, realizar as manutenções corretiva, preventiva e preditiva em máquinas;
  • Implementar sistemas automatizados, interpretando o projeto, planejando a instalação, considerando sua complexidade e extensão;
  • Programar, parametrizar e ajustar equipamentos do sistema, interpretando o projeto e efetuando os testes;
  • Validar a instalação elétrica para que atenda as especificações do projeto de instalação;
  • Manter a performance do processo produtivo através da parametrização e ajuste de equipamentos;
  • Definir soluções, equipamentos e materiais, verificando as alternativas de automação do processo, selecionando a mais viável, considerando os aspectos técnicos e econômicos;
  • Especificar equipamentos, interpretando catálogos e manuais de fabricantes e interagindo com fornecedores;
  • Documentar tecnicamente o projeto, emitindo memorial descritivo e elaborando manual de utilização e manutenção do sistema automatizado;
  • Desenvolver ações coerentes com a política referente à qualidade total e ao   sistema de garantia de qualidade implementados pela empresa;
  • Analisar as alternativas de racionalização de energia a partir de sistemas automatizados;
  • Respeitar e fazer respeitar os procedimentos técnicos, legislação específica de saúde, segurança e meio ambiente.

Quanto ganha um tecnólogo em automação industrial?

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), levantados pelo site Salario.com.br, a média salarial de um tecnólogo em automação industrial no Brasil é de R$ 3.347,52.

A faixa salarial do tecnólogo em automação industrial em regime de CLT fica entre R$ 2.500,00 (salário mediano da pesquisa), R$ 3.055,24 (média do piso salarial 2020) e o teto salarial de R$ 8.780,21.

Onde cursar Automação Industrial?

Gostou de conhecer mais sobre o curso tecnólogo em Automação Industrial? Além de escolher o curso, é importante você também pesquisar sobre a instituição de ensino que pretende ingressar e ver suas avaliações no Ministério da Educação (MEC).

Algumas instituições privadas oferecem bolsas de estudos, descontos nas mensalidades e ingresso sem burocracia, com ou sem a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Se interessou? Então, confira estas faculdades bem reconhecidas pelo MEC para você estudar pagando pouco, no ensino presencial ou a distância:

Leia mais: Descubra os tecnólogos mais bem pagos

Já decidiu onde você irá cursar o tecnólogo em Automação Industrial? Compartilhe com a gente nos comentários abaixo!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin