dcsimg

Conheça opções de faculdades de Engenharia Elétrica EAD

Sabia que é possível cursar Engenharia Elétrica a distância com diploma reconhecido pelo MEC e tudo? Descubra como agora mesmo!

O Ensino a Distância (EAD) é uma realidade cada vez mais presente nas universidades brasileiras. De acordo com o último Censo da Educação Superior, cerca de 40% das vagas abertas em cursos superiores são para a modalidade a distância.

Inclusive aquelas carreiras mais tradicionais e que exigem aulas de laboratório, como é o caso das Engenharias, são oferecidas hoje em dia no sistema a distância. Entre elas, está a de Engenharia Elétrica.

Há no país mais de 20 cursos de Engenharia Elétrica EAD autorizados pelo Ministério da Educação (MEC). Dá para estudar em várias cidades de muitos estados, com todas as vantagens do ensino a distância. E antes que você ache que vai “tirar o diploma” sem nunca colocar os pés numa sala de aula, a gente já adianta: o curso tem atividades presenciais (provas, trabalhos, aulas, laboratórios), que acontecem nos polos de apoio.

Conheça aqui algumas das melhores opções de faculdades de Engenharia Elétrica EAD, saiba como funciona o curso, as principais matérias e descubra se o diploma tem a mesma validade do presencial!

Onde posso fazer Engenharia Elétrica EAD?

Entre as mais de 20 instituições de ensino que oferecem Engenharia Elétrica EAD, destacamos algumas das principais:

Só para citar alguns exemplos, na Estácio  é possível fazer Engenharia Elétrica EAD em cidades como Salvador (BA), Vitória (ES), Vila Velha (ES), Belo Horizonte (MG), Niterói (RJ) e Porto Alegre (RS), entre outras.

Já a Cruzeiro do Sul leva seu curso a cidades como Brasília (DF), Londrina (PR), João Pessoa (PB), São Luís (MA) e Caraguatatuba (SP), por exemplo.

Na Anhanguera, Engenharia Elétrica EAD está disponível em algumas capitais do Norte e Nordeste (Macapá, Manaus, Maceió e Salvador) e também em municípios menores, como Arapiraca (AL), Feira de Santana, Juazeiro, Lauro de Freitas (todas na Bahia) e nas cearenses Boa Viagem e Itapipoca, só para citar algumas.

A lista de cidades não para por aí. Consultando diretamente os sites das instituições você vai ver que é possível fazer essa graduação em muitos outros pontos do país.

Como é o curso de Engenharia Elétrica EAD?

Em geral, a graduação em Engenharia Elétrica EAD é oferecida na modalidade semipresencial, que é o mais adequado aos cursos que necessitam de um maior equilíbrio entre a parte presencial e a distância.

Muitas outras graduações, como algumas da área de Saúde e outras Engenharias (Civil, Mecânica, de Produção…), também costumam ser oferecidas no nesse formato.

No caso da Engenharia Elétrica, há um bom número de atividades que devem ser feitas presencialmente. As principais são as práticas de laboratório, mas também entram aí algumas aulas e tarefas como apresentação de trabalhos e realização de provas.

Toda a parte presencial é feita em um polo de apoio. Você terá que comparecer ao polo uma ou mais vezes por semana, dependendo da exigência de cada faculdade. Por isso é importante encontrar um curso com polo de apoio perto de você.

Os polos têm a infraestrutura básica necessária para as atividades presenciais: laboratórios, sala de informática e espaços para reuniões, apresentações e para algumas teleaulas, que você poderá assistir junto ao tutor do curso e seus colegas.

Já a parte a distância é toda feita pela internet, em um ambiente virtual preparado especificamente para o curso de Engenharia Elétrica. O acesso a esse ambiente é feito por meio de uma senha que você recebe na hora da matrícula.

Nele, está todo o conteúdo teórico do curso: textos, exercícios, vídeos e outros materiais interativos. Muitas aulas também poderão ser assistidas online. Algumas delas são gravadas pelo professores e publicadas no ambiente virtual, enquanto outras são transmitidas ao vivo, em tempo real, a partir de uma das unidades da faculdade em qualquer ponto do Brasil.

Em uma graduação tão complexa como a de Engenharia Elétrica, organização e disciplina são fundamentais. Para ajudar, o ambiente virtual conta com cronogramas semanais de atividades, que vão indicando as tarefas prioritárias.

Para tirar dúvidas e comentar sobre os pontos mais importantes de cada matéria, existem os fóruns de debates, chats e e-mails. Além disso, os tutores do curso estão sempre à disposição, tanto no ambiente virtual como no polo de apoio.

Como você pode ver, mesmo na modalidade semipresencial, as principais vantagens do sistema EAD estão garantidas: a flexibilidade de horários, a comodidade de poder estudar em casa durante boa parte do tempo e a economia com itens como transporte e alimentação. Isso sem falar da própria mensalidade, que costuma ser mais barata nos cursos a distância.

O que se estuda em Engenharia Elétrica EAD?

O curso de Engenharia Elétrica é um bacharelado com duração média de cinco anos. Seu conteúdo é equivalente ao do curso presencial, e algumas das principais matérias estudadas são estas:

  • Álgebra Linear
  • Automação de Processos e Robótica
  • Cálculo Diferencial e Integral
  • Cálculo Numérico
  • Cálculo Vetorial
  • Circuitos Digitais
  • Circuitos Elétricos
  • Comunicação de Dados
  • Conversão Eletromecânica de Energia
  • Desenho Técnico
  • Distribuição de Energia Elétrica
  • Eletricidade Aplicada
  • Eletromagnetismo
  • Eletrônica
  • Eletrônica de Potência
  • Física Teórica Experimental
  • Geometria Analítica
  • Geração de Energia Elétrica
  • Instalações Elétricas Industriais
  • Instalações de Baixa Tensão
  • Linguagem de Programação
  • Lógica de Programação
  • Máquinas Elétricas e Acionamentos
  • Materiais Elétricos
  • Mecânica Geral
  • Modelagem e Análise de Sistemas Dinâmicos
  • Planejamento Energético
  • Probabilidade e Estatística Aplicada à Engenharia
  • Processamento Digital de Sinais
  • Química Geral
  • Química dos Materiais
  • Redes de Computadores
  • Redes Industriais e Sistemas Supervisórios
  • Resistência dos Materiais
  • Subestação
  • Transmissão de Energia Elétrica

Além disso, existem os estágios supervisionados, que geralmente começam a partir da segunda metade do curso e representam a oportunidade de vivenciar a profissão atuando em empresas reais. E, no último ano, o aluno deverá fazer o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) e apresentá-lo a uma banca formada por professores.

Mesmo sendo um curso a distância, tanto os estágios quanto a apresentação do TCC deverão ser feitos, é claro, de forma presencial.

O diploma de Engenharia Elétrica EAD tem a mesma validade do presencial?

Sim, o diploma tem a mesma validade – isso, é claro, desde que a faculdade e o curso estejam credenciados pelo MEC.

A informação sobre a modalidade do curso (se ele é presencial ou a distância) nem sequer aparece impressa no diploma. Ou seja, eles são iguaizinhos e um vale tanto quanto o outro.

Veja também:

Vale a pena fazer faculdade a distância? Entenda?

O que achou do curso de Engenharia Elétrica EAD? E das opções de faculdade? Faça aqui seus comentários!

Compartilhar
Facebook Twitter Google Linkedin